Chelsea recebe Burnley para abrir sua temporada na Premier League

Para a abertura da nova temporada na Premier League, o atual campeão, Chelsea, receberá o Bunrley em Stamford Bridge neste sábado (12/08) às 11h (horário de Brasília). Com transmissão ao vivo na ESPN + e o twitter do @chelseabrasil acompanhará todos os lances em tempo real. O time comandado pelo técnico Antonio Conte tem a primeira partida contra um adversário que terminou a última edição do campeonato na 16ª posição.

Primeira rodada da Premier League e campeão com mudanças

O elenco do Chelsea passa por algumas mudanças, devido à chegada de jogadores como o atacante Álvaro Morata, o meia Tiemoue Bakayoko, o zagueiro Antonio Rüdiger e o goleiro Willy Caballero. Uma peça importante não faz mais parte do elenco, é o caso do meia Nemanja Matic (vendido para o Manchester United), Nathaniel Chalobah (vendido para o Watford), Nathan Aké (vendido para o Bournemouth) e o goleiro Asmir Begovic (vindido para o Bournemouth).. O atacante Diego Costa segue afastado. Eden Hazard continua se recuperando de lesão.

Com a expectativas de novos jogadores integrando o elenco por meio de transações neste mercado de transferências que chamou a atenção, os torcedores azuis aguardam anuncios de reforços que deixarão o time que terminou com a taça nas mãos, ainda mais forte. Conte pode contar com o zagueiro Andreas Christensen, que retornou de empréstimo.

Burnley com baixas importantes e o desafio de encarar o Chelsea campeão

O técnico Sean Dyche perdeu algumas peças importantes no elenco, como o zagueiro Michael Keane  (vendido para o Everton) e o seu artilheiro na última edição da Premier League Andre Gray (vendido para o Watford), avançado que marcou nove tentos. O desafio é grande, enfrentar o atual campeão em Stamford Bridge. Um ex-blue foi contratado para fortalecer o elenco, trata-se do meio campista Jack Cork, jogador que foi emprestado muitas vezes pelo time azul até chegar em definitivo no Swansea City e ser vendido ao Burnley.

Prováveis Escalações

Chelsea (3-4-3): Thibaut Courtois; Antonio Rüdiger, David Luiz e Gary Cahill; Cézar Azpilicueta, N’Golo Kanté, Cesc Fàbregas e Marcos Alonso; Willian, Pedro e Àlvaro Morata.

Burnley (4-4-2): Tom Heaton; Matthew Lowton, Stephen Ward, James Tarkowski e Kevin Long; Robbie Brady, Jeff Hendrick, Scott Arfield e Ashley Barnes; Sam Vokes.

Entrevistas pré-jogo

Antonio Conte (Chelsea)

Antonio Conte em entrevista coletiva (Foto: Action Images via Reuters)

O técnico do Chelsea destacou pontos importantes na última temporada, principalmente a importância de seus jogadores terem confiado em suas ideias de futebol e as seguido, a formação (3-4-3) e noticias sobre Álvaro Morata.

“Normalmente quando você chega depois de uma má temporada, há motivação, especialmente para um grande time como o Chelsea. Terminar em décimo na tabela (temporada 2015/16) não foi boa e por esta razão eu sabia, dentro de cada um jogador que havia uma grande motivação”.

“Então, nós trabalhamos muito duro para melhorar nossos táticos e físicos aspectos e tenho que dizer obrigado para meus jogadores, porque todo técnico têm muitas ideias sobre futebol, mas você têm que transferir estas deias para seus jogadores e eles devem acreditar nas suas ideias”.

“Foi uma grande e crucial decisão nos termos de vencermos a liga na última temporada”.

“Nós começamos a jogar com quatro atrás mas apesar do fato de termos vencido nossos primeiros três jogos, eu não estava satisfeito porque eu não via o balanço certo no meu time durante aquelas partidas e eu senti como se qualquer coisa pudesse acontecer. Mas a nova solução estava na minha mente no inicio da temporada porque eu sabia que tinha os jogadores com as características certas para jogar naquela formação”.

Antonio Conte também falou sobre a titularidade do atacante Álvaro Morata.

“Álvaro é realmente um grande jogador, ele ainda é um jogador jovem apesar de ter muita experiência”.

“Ele precisa jogar regularmente, ele é um jogador que eu confio muito. Eu acredito que ele têm bons prospectos para o Chelsea – para agora e o futuro”.

“Ele vai começar neste fim de semana? Ele está trabalhando bem e começando a entender nossa ideia de futebol”.

Sean Dyche (Burnley)

Sean Dyche na partida que levou o Burnley de volta para a Premier League (Foto: Action Images)

O comandante do Burnley comentou sobre a falta que o jogador André Gray fará para o time, mas afirma que não são um time que conta com apenas um jogador para obter sucesso e que estão prontos para grandes desafios.

“André tinha ainda um ano de contrato, o que é sempre um tempo complicado”.

“É difícil para o jogador porque eles têm que tomar uma decisão, difícil para nós como um clube, porque frequentemente financeiramente um jogador supera o clube no seu lado do contrato, o que sempre permanece privado”.

“Então, decisões tem de ser tomadas. O tempo não é o ideal, nós sabemos disso”.

“Mas nós já passamos por isso antes. Na minha primeira temporada completa aqui, Charlie Austion saiu dois dias antes da temporada e então a emergência de Danny Ings e Sam Vokes veio e nós fomos promovidos”.

“Isso não garante nada agora, mas abre o pensamento para outros jogadores”.

“É outro bom jogador que  está saindo do prédio, mas há uma chance de outro de nossos bons jogadores jogar e fazer seu nome, de qualquer forma física ou forma que esteja”.

“Nós definitivamente não somos um time de um único homem Nós somos um grupo e um time que pode entrar em um desafio”

Fique de Olho

Tom Heaton em treino com a Seleção Inglesa (Foto: FA Staff)

O goleiro e capitão da equipe do Burnley é um dos ícones do elenco do time e também da Seleção Inglesa. Ágil, bem colocado e experiente, o arqueiro de 31 anos poderá “fechar o gol” na partida contra o Chelsea. Cabe ao ataque poderosos dos Blues encontrar uma forma de furar a defesa e balançar as redes de Stamford Bridge.

Histórico Recente

Willian comemora gol contra Burnley (Foto: Andrew Couldridge / REUTERS)

O retrospecto recente é favorável aos Blues, com seis partidas jogadas na Premier League pelos dois times, o Chelsea venceu quatro e apenas duas partidas terminadas em empate. Nenhuma vitória para o Burnley. Na temporada passada, venceu de goleada (3-0) em Stamford Bridge e empatou em Turff Mor por um placar de (1-1).

Curiosidades

  • Desde que subiu para a primeira divisão, o Burnley nunca venceu o Chelsea;
  • Chelsea e Burnley têm seus jogadores regularmente convocados á Seleção Inglesa.

 

Category: English Premier League

Tags:

Article by: Thiago D'Almeida