1454531018494_lc_galleryImage_Watford_s_Sebastian_Proed

Chelsea pressiona na segunda etapa, para em Gomes e fica no empate com o Watford

Nesta quarta-feira, o Chelsea buscou manter a sua sequência invicta em partida diante do Watford, fora de casa. Vendo por esse lado, os Blues cumpriram seu objetivo, mas ficou a sensação de que a tarefa não foi concluída com êxito. 0 a 0 no Vicarage Road e um remoto sonho de estar na próxima Champions League segue cada vez mais distante. A próxima partida será diante do Manchester United, no Stamford Bridge, no próximo domingo, às 14h.

Primeiro tempo movimentado é marcado pelo equilíbrio

O Chelsea começou a partida impondo um ritmo forte e fazendo pressão no campo defensivo do Watford, que pouco trocava passes. Mas, ao se passarem cerca de 10 minutos, o fogo inicial se apagou e as equipes passaram a jogar com bastante equilíbrio.

O jogo seguiu com alternâncias de domínio na posse de bola e nenhuma grande oportunidade até os 26 minutos, quando Ighalo exigiu defesa de Courtois. Por um curto período de tempo, os donos d acasa acabaram crescendo, dificultando bastante a saída de bola dos Blues. Outra boa chance surgiu aos 28, quando Capoue finalizou cruzado e assustou a meta do Chelsea.

O que restou para o Chelsea foi apostar em contra-ataques. E, dessa forma, por muito pouco a rede de Gomes não balançou. Com o Watford em cima, Oscar conseguiu descolar um bom lançamento do campo de defesa buscando Diego Costa. O atacante conseguiu passar pela marcação do zagueiro e obter a finalização, que passou muito próxima da meta.

A partida voltou a ter movimentação apenas nos minutos finais da primeira etapa. Primeiro, Azpilicueta bateu forte, de fora da área, levando perigo. Na sequência, Diego Costa e Paredes acabaram se estranhando após uma troca de gentilezas, e a partida parou por um tempo. Ambos os jogadores receberam cartão amarelo no momento que antecedeu o apito do árbitro.

Chelsea cria mais, mas para em Gomes

A etapa final começou com boas oportunidades para ambos os lados. Pelo Chelsea, Fàbregas fez um ótimo lançamento para Oscar, que acabou demorando demais na conclusão. No rebote, Mikel chutou, mas o chute foi desviado. Já o Watford teve a sua tentativa com Holebas, que tabelou com Deeney e finalizou na rede pelo lado de fora.

Entretanto, após o início frenético, o segundo tempo acabou mostrando uma face bastante contida, sem que ninguém se arriscasse. Tanto que, apenas aos 24 minutos, voltou-se a ter emoção na partida. E foi com Oscar, que finalizou forte e exigiu Gomes. Após a entrada de Hazard no lugar de Matic, o Chelsea passou a ter mais controle das ações. Aos 32 minutos, depois de bom passe de Willian, o belga entregou para Ivanovic, que bateu firme e fez com que Gomes praticasse uma excepcional defesa.

As chances continuaram. E, dessa vez, foi o próprio Hazard quem desperdiçou, após errar em domínio e permitir a saída tranquila de Gomes. No minuto seguinte, o belga avançou pela esquerda e cruzou buscando Diego Costa, que desviou e colocou a bola na rede pelo lado de fora.  Já na reta final, novamente, Gomes. Defesa espetacular em cabeçada de Diego Costa, buscando a bola no ângulo. No ritmo de pressão do Chelsea, a partida encerrou-se, consagrando o goleiro do Watford como o herói do empate.

FICHA TÉCNICA

WATFORD (4-4-2): Gomes; Paredes (Nyom), Prödl, Cathcart e Holebas; Behrami, Watson, Capoue (Suárez) e Jurado (Abdi); Deeney e Ighalo.

CHELSEA (4-2-3-1): Courtois; Ivanovic, Zouma, Terry e Azpilicueta; Mikel, Matic (Hazard), Willian, Fabregas e Oscar; Diego Costa.

CARTÕES AMARELOS: Paredes e Prodl (Watford), Diego Costa (Chelsea).

ESTÁDIO: Vicarage Road

PÚBLICO:  20.910 torcedores

ÁRBITRO: Mike Dean

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: