chel-v-manu

Chelsea busca ascensão na Premier League no reencontro com José Mourinho, agora no Manchester United

O estádio Stamford Bridge recebe, neste domingo (23), o clássico mais importante da Inglaterra nos últimos anos. Chelsea e Manchester United se enfrentam na partida que marca o reencontro de José Mourinho com seu último clube, parceria histórica tanto para os Blues como para o treinador português.

O derby terá cobertura ao vivo do canal ESPN+ e da plataforma Watch ESPN, a partir das 13:00. O Chelsea Brasil também acompanhará, lance a lance, no seu Twitter @ChelseaBrasil.

Goleada contra o atual campeão empolgou o Chelsea, que busca aproximação dos líderes da Premier League 

Sem participar de competições europeias nesta temporada, o Chelsea teve a semana dedicada à preparação para o jogo. Na rodada passada da Premier League, disputada no último final de semana, os Blues receberam os atuais campeões nacionais, e não tomaram conhecimento do adversário.

Em uma partida muito boa por parte dos comandados de Antonio Conte, a vitória foi construída no primeiro tempo, com gols de Diego Costa e Eden Hazard. Já na segunda etapa, Victor Moses definiu o placar em 3 a 0, numa partida dedicada ao brasileiro Willian, dispensado do compromisso após o falecimento de sua mãe.

Vitória convincente pela UEFA Europa League anima os planos do Manchester United

Os Red Devils entraram em campo na última quinta-feira (20), pela UEFA Europa League. Sem dificuldades, a equipe inglesa venceu o Fenerbahçe por 4 a 1 em Old Trafford e assumiu a liderança do grupo A na competição. O francês Paul Pogba anotou dois tentos, enquanto Anthony Martial e Jesse Lingard marcaram uma vez cada. Robin van Persie, ex-atleta do United, descontou para os turcos.

Já a situação da equipe na Premier League não é tão boa assim. Dentre todas as equipe consideradas “grandes”, o United está em último, ocupando a sétima posição na tabela, com 14 pontos ganhos, dois a menos que o Chelsea, próximo adversário, e cinco a menos que o líder, o rival Manchester City.

A partida deste domingo marca ainda o reencontro entre Chelsea e José Mourinho. Após duas temporadas e meia, o português foi demitido dos Blues, em dezembro do ano passado, na campanha que resultou em um fraco décimo lugar.

Possíveis Escalações:

Chelsea (3-4-3): Thibaut Courtois; César Azpilicueta, Gary Cahill, David Luiz; Vicor Moses, N’Golo Kante, Nemanja Matic, Marcos Alonso; Willian, Eden Hazard e Diego Costa

Manchester United (4-3-3): David De Gea; Matteo Darmian, Chris Smalling, Eric Bailly, Luke Shaw; Michael Carrick, Paul Pogba, Juan Mata; Wayne Rooney, Anthony Martial, Zlatan Ibrahimovic

Entrevista Pré-Jogo:

Antonio Conte (Chelsea)

Conte prega muito respeito a José Mourinho, que reencontra o Chelsea (Foto: Reuters)
Conte prega muito respeito a José Mourinho, que reencontra o Chelsea (Foto: Reuters)

Perguntado sobre o reencontro dos Blues com José Mourinho, Antonio Conte pregou muito respeito à história construída pela treinador português:

“Eu tenho um grande respeito por ele”, afirmou Conte. “Ele conquistou três títulos aqui e acho que ele foi importante para o clube. Acredito que ele mereça uma boa recepção, porque escreveu parte da história do clube”.

Conte também falou sobre o fato dos adversários deste domingo terem disputado duas partidas nesta semana, ao contrário do Chelsea, que não joga desde o último sábado:

“Eu não quero este tipo de vantagem. Isso quer dizer que você não jogou na Champions ou Europa League. Acho que o Chelsea tinha que jogar este tipo de torneio”.

Finalmente, o treinador italiano falou sobre a nova formação da equipe, que conta com três zagueiros. Nessa atual disposição, a defesa ainda não sofreu gols.

“Estou contente, porque após tantos jogos em que levamos dois ou três gols, nós mudamos isso. Nós mudamos a forma de jogar. Sabemos que temos que continuar trabalhando e melhorando neste caminho”, disse Conte.

José Mourinho (Manchester United)

Mourinho voltará a Stamford Bridge dez meses após sua demissão (Foto: SKYSports)
Mourinho voltará a Stamford Bridge dez meses após sua demissão (Foto: SKYSports)

A entrevista de José Mourinho não podia ter sido diferente. Após a partida pela UEFA Europa League, o treinador do Manchester United foi alvo de muitas perguntas sobre seu retorno a Stamford Bridge, e comentou seu reencontro com o antigo clube:

“Trabalhando na Premier League, eu sabia que, mais cedo ou mais tarde, teria que enfrentar o Chelsea em Stamfrod Bridge.”

“Antes de jogar lá pela Inter, eu nunca tinha perdido em casa, é um recorde que está no Guinness. Na última temporada, perdi dois ou três jogos em Stamford Bridge, então não posso mais usar o mesmo discurso porque já perdi lá.”

José Mourinho também foi perguntado sobre o começo de temporada do seu ex-clube, agora rival:

“Eu não tenho que analisar o início de temporada deles, mas eu olho para a tabela e vejo onde eles estão. Estão em boa posição, então não podem ter tido um começo ruim se estão naquele lugar da tabela.”

Histórico

O Chelsea não perde para o Manchester United desde 28 de outubro de 2012. Naquela ocasião, os Red Devils venceram por 3 a 2 em Stamford Bridge, num jogo marcado por polêmicas de arbitragem. Desde então, foram nove jogos, com cinco vitórias dos Blues e quatro empates.

Além disso, nos últimos sete clássicos, seis deles tiveram, no máximo, dois gols marcados. A exceção fica com a vitória do Chelsea em janeiro de 2014, por 3 a 1 – hat-trick de Samuel Eto’o.

Aproximadamente oito anos depois, as equipes ainda são lembradas pela final da UEFA Champions League 2007/08. Os Blues estiveram a uma cobrança de pênaltis do inédito título, mas o escorregão do capitão John Terry deu vida à disputa, e o título acabou na mão dos adversários.

Fique de Olho

Mesmo aos 35 anos, Ibrahimovic continua um atacante temido e perigoso
Mesmo aos 35 anos, Ibrahimovic continua um atacante temido e perigoso

Possivelmente a grande contratação da Premier League para esta temporada, Zlatan Ibrahimovic não começou 2016/17 chamando a atenção que costuma. O sueco chegou a Manchester na última janela de transferências, após o fim de seu contrato com o PSG.

Aos 35 anos, Ibrahimovic chegou fazendo gols. Seu primeiro tento foi o na final da Supercopa da Inglaterra, contra o Leicester City, que deu o título aos Red Devils. Ao longo da temporada, já marcou seis gols em 12 jogos, e corre por fora na lista de artilheiros da Premier League, com quatro gols (três a menos que Diego Costa, atual líder).

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: