12805737_911244222328137_2032498227414913035_n

Após vencer Southampton, Chelsea visita Norwich

No último sábado (27), o Chelsea foi ao St. Mary Stadium e no fim da partida venceu o Southampton, com gol de Branislav Ivanovic. Em seu novo desafio, válido pela Premier League, o clube londrino volta a jogar fora de casa, desta vez contra o Norwich, atual 17º colocado na tabela. O encontro acontece nesta terça-feira (1º), às 16h45 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal ESPN Brasil. Você também acompanha tudo sobre o jogo em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

Pato pode estrear e Terry segue fora

O treinador Guus Hiddink segue sem poder contar com o zagueiro e capitão John Terry. Havia expectativa de que o camisa 26 retornasse, mas mais uma vez o setor defensivo dos Blues deverá ter Ivanovic na zaga. Além disso, Kurt Zouma, Falcao García e Pedro Rodríguez são desfalques certos. No entanto, o holandês poderá, pela primeira vez, contar com Alexandre Pato, que será opção no banco de reservas.

Alex Neil tem dúvidas

Treinador dos Canaries, Alex Neil, tem algumas dúvidas para definir o onze inicial que enfrenta o Chelsea. Jogadores importantes, o zagueiro Sebastian Bassong e o meio-campista Wes Hoolahan não têm as melhores condições físicas e por isso podem ser deixados de fora. Certeza mesmo são as ausências do defensor Andre Wisdom, lesionado, e do atacante Patrick Bamford, que, por ter contrato com o Chelsea, é inelegível para o confronto.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Azpilicueta, Cahill, Ivanovic, Baba Rahman (Kenedy); Mikel, Fàbregas; Willian, Oscar, Hazard; Diego Costa. Téc.: Guus Hiddink

Norwich (5-4-1): Ruddy; Pinto, Bennett (Bassong), Klose, Martin, Brady; Howson (Hoolahan), Tettey, Redmond, Naismith; Jerome (Mbokani). Téc.: Alex Neil

Entrevistas pré-jogo

Guus Hiddink (Chelsea)

Hiddink comentou o momento de Baba Rahman (Foto: Chelsea FC)
Hiddink comentou o momento de Baba Rahman (Foto: Chelsea FC)

Em sua entrevista coletiva pré-jogo, Guus Hiddink falou sobre a forma recente do Chelsea e comentou o momento de John Terry e Abdul Baba Rahman.

“Tivemos uma vitória muito boa em um estádio difícil, considerando seus (do Southampton) desempenhos nas últimas semanas. É claro que temos um calendário apertado, mas a equipe está focada para continuar neste caminho.

Quando eu comecei, em dezembro, nós estávamos perto da zona de rebaixamento, a um ponto de distância. É claro que este clube deve ter grandes objetivos, mas era uma meta à parte ficar longe da zona de rebaixamento o mais rápido possível.

O time foi bem em empates e vitórias, então, em um tempo relativamente curto, conseguimos o objetivo imediato. Isso nos encoraja a seguir em frente.

(…)

John (Terry) está indo ao campo e veremos como ele reage após os treinamentos dessa semana. Estou um pouco cauteloso, porque com estas lesões existe o perigo de reveses. Independentemente da idade, deve-se ter muito cuidado.

(…)

Nós conversamos com ele (Baba Rahman), eu e o Steve (Holland). É claro que ele estava chateado, você viu a imagem no campo, em que ele colocou a cabeça por baixo da camisa. No intervalo, ele estava sentado no vestiário se sentindo para baixo. Ele precisa se recuperar, mas você nem sempre pode esperar. Ele fez partidas decentes nos jogos recentes, mas queremos ser críticos, porque defensivamente você também tem que fazer bem o seu trabalho”.

Alex Neil (Norwich)

Neil acredita em bom resultado contra o Chelsea (Foto: Matthew Lewis/Getty Images)
Neil acredita em bom resultado contra o Chelsea (Foto: Matthew Lewis/Getty Images)

Alex Neil, por sua vez, revelou que espera um bom resultado de sua equipe contra o Chelsea, embora reconheça que o clube londrino evoluiu muito nas últimas rodadas.

“Os jogadores (do Norwich) são inteligentes. Eles sabem que mereciam mais do que aquilo que têm conquistado e espero que eles possam trazer um grande coração de seu último desempenho e se esforçar no próximo jogo. Nas últimas semanas, tivemos jogos em que estivemos no controle, mas por uma razão ou outra, deixamos a vantagem escapar ou nos encontramos no lado errado do resultado.

Obviamente, estou esperando que isso mude na terça-feira. Se conseguirmos alguma coisa do jogo, seria um grande do incentivo para o jogo de sábado. O Chelsea certamente encontrou alguma forma, em comparação com o início da temporada.

Os indivíduos (do Chelsea) estão jogando melhor do que estavam, isso é certo (…) Recentemente, quando enfrentamos Arsenal e Everton em casa, demos muito de nós mesmos e não há razão para que isso não possa se repetir (contra o Chelsea)”.

Último confronto

Diego Costa marcou na última partida (Foto: Chelsea FC)
Diego Costa marcou na última partida (Foto: Chelsea FC)

A última vez em que Chelsea e Norwich se enfrentaram aconteceu na 13ª rodada da presente Premier League. Na ocasião, jogando em Stamford Bridge, os Blues venceram pela vantagem mínima: 1×0, com gol de Diego Costa.

Fique de Olho

Hoolahan é o grande criador do Norwich (Foto: Getty Images)
Hoolahan é o grande criador do Norwich (Foto: Getty Images)

Embora não tenha presença confirmada, o meio-campista Wes Hoolahan é o melhor jogador do Norwich. Por seus pés passa a maioria das jogadas dos Canaries; é ele quem pensa o jogo e cria as melhores oportunidades de sua equipe. Na temporada, o jogador já tem sete assistências e quatro gols, recorde absoluto de sua equipe. Embora seja experiente, aos 33 anos é o grande ponto de desequilíbrio de sua equipe. Na sua ausência, o jovem Nathan Redmond e o atacante Steven Naismith, que marcou três vezes contra o Chelsea quando ainda atuava no Everton, devem ser as maiores ameaças.

Curiosidades

– Chelsea e Norwich se enfrentaram 48 vezes em sua história. No total, registram-se 20 vitórias azuis, 14 empates e 14 derrotas;

– A maior goleada do Chelsea no confronto aconteceu em 2006-2007, quando os Blues venceram por 4×0;

– O Chelsea está invicto há nove partidas contra o Norwich na Premier League (7V e 2E);

– O Norwich sofreu 10 gols em suas últimas três partidas em casa.

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: