final-whistle-verdict--fully-deserved.img

Após novo empate, Hiddink não descarta quarto lugar: “Matematicamente pode ser possível, mas temos de começar a ganhar novamente”

final-whistle-verdict--fully-deserved.img
Para Hiddink, o empate foi resultado justo (Foto: Chelsea FC/Reprodução)

Após mais um empate em Stamford Bridge, Guus Hiddink analisou que o ponto conquistado foi justo pelo desempenho da equipe. Mesmo sem uma grande atuação, os Blues conseguiram buscar a igualdade no placar, porém, um dos lances que mais chamaram a atenção foi o momento da lesão de Kurt Zouma, que imediatamente foi substituído por Gary Cahill. Hiddink falou sobre o jovem zagueiro francês:

“(Estar fora para) o resto da temporada é esperarmos demais. Amanhã (hoje) ele vai ter um exame, mas é muito ruim quando você pisa com uma perna estendida. Vamos ver o que acontece. Há vários cenários quando é assim, mas é muito ruim”.

Jesse Lingard abriu o placar com um belo tento, mas já nos acréscimos da segunda etapa, Diego Costa marcou o gol que igualou o resultado final. Para Hiddink, o empate foi justo:

“Merecemos um ponto no final porque em qualquer momento podíamos marcar. O Manchester United começou muito bem nos primeiros 20 minutos e tivemos uma reação de ir para frente e buscarmos os duelos. Reagimos aos 20 minutos e fomos aos duelos e defendemos coletivamente. Tivemos algumas chances, mas com nenhuma recompensa.

Eles marcaram um belo gol no minuto 60 através de Lingard, mas sem resistência de nossa parte, o que temos de melhorar. Reagimos muito bem e você pode elogiar ambos os goleiros porque em situações-chave fizeram seu trabalho. No final, tivemos algumas chances e então merecemos este ponto”.

Com o empate, o Chelsea permaneceu invicto sob o comando de Hiddink, mas a sequência de muitos empates atrapalha a busca pelo quarto lugar na Premier League.

“Eu disse antes quando estávamos um ponto de distância da zona de rebaixamento que nossa meta continuava sendo o quarto lugar, mas eu também disse que tínhamos de começar a ganhar. Claro que não perdemos, mas se você quiser chegar ao quarto lugar, você deve ter vitórias e nós tivemos muitos empates. Matematicamente pode ser possível, mas temos de começar a ganhar novamente”.

Desde a saída de José Mourinho a equipe não perdeu. Nesse período foram 11 jogos disputados com cinco vitórias e seis empates. O excesso de placares em igualdade com os adversários é o que mais atrapalha na busca pela reação na temporada. Outro dado importante é a fraca campanha jogando em Stamford Bridge. Em 13 jogos disputados em casa pela Premier League, foram apenas quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas. De 39 pontos disputados como mandante, os Blues só levaram 17.

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: