Em jogo muito pegado, Chelsea vence Crystal Palace e se afasta da zona de rebaixamento

Jogadores dos Blues comemoram um dos gols da vitória por 3 a 0 (Foto: Chelsea FC)

Jogadores dos Blues comemoram um dos gols da vitória por 3 a 0 (Foto: Chelsea FC)

Em partida válida pela 20ª rodada da Premier League, o Chelsea foi à Selhurst Park, enfrentar o Crystal Palace. Com o gramado encharcado e muita disposição de lado a lado, o jogo foi movimentado e equilibrado, com os Eagles dominando a posse da bola e o Chelsea partindo em perigosos contragolpes.

Com a vitória por 3 a 0, o Chelsea voltou para a 14ª posição, e começa a olhar com maior distância para a zona de rebaixamento. A diferença subiu para seis pontos. No próximo compromisso pela Premier League, os Blues recebem o West Bromwich Albion em Stamford Bridge no dia 13 de janeiro. Antes, porém, a equipe enfrenta o Scunthorpe pela FA Cup em Stamford Bridge no próximo domingo 10 de janeiro.

Crystal Palace domina, mas Chelsea abre o placar

Com John Obi Mikel substituindo Nemanja Matic como volante ao lado de Cesc Fabregas, Guus Hiddink promoveu também o retorno de Diego Costa ao time titular, após o centroavante cumprir suspensão contra o Manchester United na 19ª rodada.

O jogo começou com o Crystal Palace pressionando os Blues no seu campo de defesa e aos poucos o time foi empilhando finalizações, aos quatro, aos sete e aos oito minutos. A primeira chegada dos Blues ocorreu aos nove minutos em jogada individual de Eden Hazard que acabou sentindo um problema muscular e precisou sair. Em seu lugar, Hiddink colocou Pedro Rodriguez.

Com o campo molhado e o gramado com dimensões reduzidas do Selhurst Park, as duas equipes dividiam a bola com bastante intensidade. Mikel pelo lado dos Blues e Delaney pelo lado dos Eagles protagonizaram divididas fortes, porém, apenas o defensor do Palace recebeu cartão amarelo na primeira etapa.

O jogo prosseguiu com o Crystal Palace propondo as jogadas ofensivas e o Chelsea tentando saídas rápidas em contra-ataque. Aos 25 minutos, Campbell invadiu a área dos Blues, após rápida cobrança de falta na intermediária mas foi cortado por Zouma de carrinho. Aos 26 em passe errado no círculo central de Diego Costa, novamente Campbell apareceu sozinho na área mas desequilibrado finalizou por cima do gol de Courtois.

Oscar abriu o placar para os Blues (Foto: Chelsea FC)

Oscar abriu o placar para os Blues (Foto: Chelsea FC)

Quando parecia que os Eagles haviam acuado o Chelsea, Fabregas achou Diego Costa dentro da área, cara a cara com o goleiro, o centroavante rolou para o lado e Oscar só teve o trabalho de escorar para o fundo das redes, 1 a 0 para os Blues com 28 minutos do primeiro tempo.

Após o gol, o jogo mudou, o Chelsea passou a trabalhar a bola com mais calma e marcar a saída de bola do Crystal Palace, impedindo a chegada da bola aos jogadores de velocidade dos donos da casa.

Chelsea melhora no segundo tempo e amplia vantagem

O segundo tempo começou com mais disputa, mas com um jogo mais equilibrado. Assim como no final do primeiro tempo os Blues continuavam a propor o jogo, mantendo uma movimentação de lado a lado e segurando a posse da mesma.

A primeira oportunidade do Chelsea veio em cobrança de falta de William pela direita, que encontrou Zouma na segunda trave, o zagueiro cabeceou ao lado do gol, perdendo grande chance de ampliar o placar.

Aos 59, em contra-ataque, Campbell achou Zaha pelo lado esquerdo de ataque, mas a finalização saiu fraca e Courtois não teve dificuldades para pegar. No minuto seguinte, em troca de passes pelo meio, Oscar sofreu falta e a bola sobrou para William que pegou de primeira acertando o ângulo esquerdo do goleiro Henessey que até foi na bola, mas nada pôde fazer. Crystal Palace 0 x 2 Chelsea.

Diego marcou o terceiro do Chelsea (Foto: Chelsea FC)

Diego marcou o terceiro do Chelsea (Foto: Chelsea FC)

Após o gol o jogo seguiu morno, com os Blues deixando o Crystal Palace mais tempo com a bola e procurando as jogadas em velocidade. A estratégia surtiu efeito aos 66′, quando William disparou pela direita, bateu colocado para defesa de Henessey, mas o rebote caiu nos pés de Diego Costa que apenas escorou para as redes.

Após o terceiro gol, os Blues mais uma vez deram a bola aos Eagles e em raras oportunidades saíram em contra-ataques deixando o jogo bastante insosso, com apenas um chance de Oscar e outra de Diego Costa que poderiam assustar o goleiro do Crystal Palace. Nos últimos minutos, Hiddink tirou Oscar e aumentou ainda mais o poder de marcação do Chelsea para definir o placar e a vitória dos Blues por 3 x 0.

Ficha Técnica

Estádio Selhurst Park

Árbitro: Kevin Friend

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Ivanovic, Zouma, Terry (c), Azpilicueta; Mikel, Fábregas; Oscar (Matic 87′), Willian, Hazard (Pedro 15′); Diego Costa

Substitutos não-utilizados: Begovic, Baba, Loftus-Cheek, Ramires e Traore.

Técnico: Guus Hiddink

Crystal Palace (4-2-3-1): Hennessey; Ward, Dann, Delaney, Souaré; Jedinak (Ledley 67′), McArthur; Zaha, Lee (Williams 81′), Puncheon; Campbell (Chamakh 67′).

Substitutos não-utilizados: McCarthy, Kelly, Mutch e Sako.

Técnico: Alan Pardew

Cartões amarelos: Delaney (CRY 12′), Jedinak (CRY 56′)

Mateus Soares