Em entrevista, Remy fala sobre o orgulho da França em sediar a Euro 2016

Remy, em campo pela seleção francesa (Foto: Chelsea FC)

Remy em campo pela seleção francesa (Foto: Chelsea FC)

Contratado pelo Chelsea como reforço para temporada, Loic Remy vive a chance de defender seu país que será a sede da Euro 2016. Antes de se juntar ao elenco francês para os amistosos contra Portugal e Armênia, o jogador falou ao site oficial do clube sobre o orgulho do país em sediar o torneio.

Em 1998, após bater o Brasil por 3 a 0 na final da Copa do Mundo, os Les Bleus consagraram-se campeões do torneio disputado em território francês. Do outro lado do oceano Atlântico, aos 11 anos, Remy acompanhava aquele momento inesquecível.

“Eu estava no meu país de origem, Martinica”,lembra o atacante. “É uma pequena ilha do Caribe. Eu estava com meu avô, que é um grande fã da seleção e eu assistia a maioria dos jogos com ele. Eu era apenas um garoto, mas eu não posso esquecer isso. Lembro-me de ser muito bom para o país.”

Hoje, com 27 anos, o jogador orgulha-se de sediar outro grande torneio, a Eurocopa 2016.

Agora estamos sediando a Euro e eu acho que vai ser ótimo para as pessoas na França e para o país como um todo. É uma grande competição e nós estamos orgulhosos de ser sediar o torneio.”

Como parte da preparação para Euro, alguns estádios estão sendo construídos e outros passam por reformas. O Lyon, primeiro clube de Remy, está construindo um novo estádio que sediará uma das semi finais do torneio. E o estádio Velódromo, em Marselha, onde Remy jogou no período de 2010 á 2013, está sendo reparado.

Estádio Velódromo, com capacidade de 67.000 lugares, em Marselha (Foto: Chelsea FC)

Estádio Velódromo, com capacidade de 67.000 lugares, em Marselha (Foto: Chelsea FC)

“A capacidade do Velódromo é um pouco maior agora. Temos alguns bons novos estádios na França e eles também reformaram outros, como o Velódromo, por isso vamos ser capazes de acolher todas as equipes.”

Como país sede, a França já está garantida na Eurocopa 2016 e não precisa disputar as eliminatórias. Entretanto, para se preparar para o torneio, os Les Bleus disputarão dois jogos amistosos contra Portugal e Armênia do grupo I, único que contém cinco seleções e, portanto, sempre tem uma seleção de ‘’folga’’ em cada rodada. As partidas serão nos dias 11 (contra Portugal) e 14 (contra a Armênia), deste mês.

Camila Xavier