Em entrevista pós jogo, Conte cita início difícil e maratona de jogos

O Chelsea foi a campo nesse sábado (31) e sofreu um revés para o Manchester City em pleno Stamford Bridge. Após o jogo, Conte falou um pouco da performance de seus jogadores e declarou-se feliz com o comprometimento e esforço do time, apesar da derrota.

“Com certeza, há um desapontamento sobre o resultado, mas ao mesmo tempo estou satisfeito com o compromisso dos meus jogadores, nós demos tudo “, disse o italiano. “Você pode ganhar ou perder, mas o mais importante é ver seus jogadores dando tudo e hoje aconteceu.”

“Nós jogamos contra uma equipe realmente boa, criamos chances de marcar, mas não as aproveitamos. O City criou chances e fez bem em marcar. Neste tipo de jogo é muito importante marcar primeiro, mas excelentes elogios para o City.”

Conte falou também sobre a contusão de Morata, que saiu ainda no primeiro tempo.

“É um problema muscular. Eu não acho que seja sério. Ele me disse: “Treinador, eu prefiro parar, caso contrário, eu terei uma lesão ruim”.

“Eu não sei. O médico nos próximos dias verificará a situação, mas não acho que ele estará disponível para a seleção nacional.”

Ele foi questionado também sobre a falta de preparação dos Blues para o jogo de sábado e se sentiu que a lesão de Morata poderia estar ligada ao horário embalado.

“Já falei sobre essa questão e repetir a mesma opinião não é bom. Nós não queremos usá-la como uma desculpa. Para jogar outro jogo difícil dois dias depois, você deve considerar a fadiga nas pernas de seus jogadores, e é impossível pressionar a saída de bola porque, depois de 30 minutos, você não tem energia.”

“É normal quando você joga três jogos difíceis em sete dias, você deve considerar esse aspecto, mas precisamos correr o risco porque Morata, para nós, é um jogador muito importante”.

O italiano falou também que optar por Willian ao invés de Batshuayi foi uma questão simples de tática. Além disso, ressaltou a abordagem dos Blues ao jogo.

“Quando você joga contra o tipo de equipe que gosta de ter posse, você deve considerar dois aspectos táticos. Você vai muito ao alto, pressione e joga com grande intensidade para todo o jogo, ou você deve ser disciplinado para fechar o espaço e explorar o espaço atrás de seus defensores.”

“Eu acho que temos que nos olhar e tentar colocar tudo em cada jogo. Nós fizemos isso hoje. Dano ou nenhum dano, temos de ir jogo por jogo, dar o nosso melhor e depois veremos no final da temporada como terminamos a liga. Quando vejo meus jogadores dando tudo, estou satisfeito apesar do mau resultado.”

O treinador ainda fez questão de ressaltar o início difícil do Chelsea na competição, e frisou que o time conquistou os pontos que mereceu.

“Você deve considerar que em sete jogos enfrentamos Arsenal, Tottenham, Manchester City e Everton. Nosso começo não foi tão fácil. Acho que temos os pontos que merecemos.”

Túlio Henrique