Em duelo de campeões, Chelsea bate o Leicester fora de casa

No duelo entre os dois últimos campeões ingleses, melhor para o Chelsea. Os Blues de Londres venceram fora de casa por 2 a 1, somando sua terceira vitória em quatro jogos na temporada 17/18 da Premier League (perdendo apenas na estreia). Com o resultado, a equipe pulou para o terceiro lugar na tabela de classificação.

Primeira etapa morna

Desde o começo da partida, Fábregas e Morata foram os encarregados de liderar as ações ofensivas. A dupla espanhola criou jogadas perigosas contra a meta do Leicester, e o gol parecia questão de tempo para sair. Em muitas ocasiões, o camisa 9 caía pelo lado esquerdo enquanto Marcos Alonso ia para a área. Enquanto isso, Moses tentava cruzamentos pela direita. O Leicester pouco chegava, sem perigo.

Vardy era a principal arma ofensiva dos donos da casa, mas não estava com a mira muito calibrada. Courtois trabalhou pela primeira vez aos 39 minutos. Num contra ataque do Leicester, Mahrez deixou Slimani na cara do gol e o belga fez uma bela defesa com os pés, salvando o que seria o primeiro gol da partida.

De cabeça, Morata abriu o placar para o Chelsea (Foto: Reprodução/ Twitter Chelsea FC)

Logo em seguida, aos 40, Azpilicueta subiu ao ataque pela direita e cruzou na cabeça de Álvaro Morata, abrindo o placar para o Chelsea. A este momento, a chuva era intensa no estádio do Leicester. Nos minutos finais do primeiro tempo, as investidas passaram a vir mais do lado direito, de onde saiu o gol.

Definições e correria no final

O segundo tempo mal começou e o Chelsea marcou seu segundo gol. Aos 5 minutos, Kanté recebeu no meio do campo, foi carregando sozinho e arriscou o chute para o gol. Rasteiro, no canto direito de Schmeichel e sem chances de defesa.

A defesa do Leicester ficou totalmente aberta na segunda etapa. A marcação esperava o time do Chelsea subir ao ataque para dar o bote, e isso facilitava a criação de jogadas, principalmente para Fábregas.

Logo no início do segundo tempo, Kanté ampliou o placar (Foto: Reprodução/ Twitter Chelsea FC)

Aos 60, Vardy correu para a bola e, na disputa com Courtois, sofreu o pênalti. O próprio foi para a cobrança e, num chute forte no meio do gol, converteu. O goleiro belga chegou a tocar na bola, mas não foi o suficiente para evitar o tento.

Com 2 a 1 no placar, o jogo ficou mais movimentado. Ao perceber isso, Conte colocou Willian no lugar de Pedro para dar mais velocidade no ataque. Aos 72, outra mudança na equipe. Moses, que havia sofrido um choque numa disputa com Vardy, deu lugar para a estreia do italiano Zappacosta. Porém, foi aos 78 a mudança mais importante para a torcida. Fábregas, que foi um dos melhores nomes do jogo, saiu para a volta de Hazard ao time.

As substituições quase foram fruto do terceiro gol. Aos 80, Hazard veio da esquerda para o meio e serviu Zappacosta, que bateu cruzado. A bola passou perto da meta defendida por Schmeichel. Aos 82 minutos, Morata recebeu bola alta na área e cabeceou para o gol, mas o zagueiro do Leicester desviou com a mão. O camisa 9 pediu pênalti, mas o árbitro nada marcou.

Jogo foi corrido e muito disputado (Foto: Reprodução/ Twitter Chelsea FC)

Com 87 minutos de jogo, Willian partiu pela esquerda, cortou o zagueiro e bateu colocado para o gol. A bola passou perto do ângulo esquerdo de Schmeichel. Já nos minutos finais, aos 92, Willian recebeu passe de Hazard e finalizou forte, mas o goleiro do Leicester defendeu.

O resultado levou o Chelsea a nove pontos, atrás apenas dos dois times de Manchester: o City tem dez e o United, também com nove, leva vantagem no saldo de gols. Na próxima rodada, o Chelsea encara o Arsenal, no Stamford Bridge.

Ficha Técnica

Leicester City (4-4-2):  Schmeichel; Simpson, Morgan, Maguire, Fuchs; Mahrez, Ndidi, James (Iheanacho 78′), Albrighton (King 46′); Slimani (Gray 46′), Vardy.

Chelsea (3-4-2-1): Courtois; Rüdiger, David Luiz e Azpilicueta; Moses (Zappacosta 73′), Kanté, Bakayoko, Marcos Alonso; Pedro (Willian 63′), Fábregas (Hazard 78′) , Morata.

Gols: Morata 41′, Kanté 50′ e Vardy (pen) 62′.

Cartão Amarelo: Ndidi 84′ (Leicester).

Cartão Vermelho: 

Estádio: King Power Stadium

Category: Competições

Tags: