Em casa, Chelsea volta a vencer pela Premier League

O Chelsea voltou a campo nesta segunda em jogo válido pela 27ª rodada da Premier League. Após duas derrotas na competição, os Blues voltaram a vencer e bateram o West Bromwich Albion pelo placar de 3 a 0 em Stamford Bridge.

Os destaques ficam por conta de Eden Hazard, autor de dois gols e grande nome do jogo, além de Moses, que fez boa partida e foi premiado com um dos gols do jogo.

O embate marcou a volta de Álvaro Morata aos gramados, que deu uma assistência para Hazard no terceiro gol e apareceu bem durante o tempo que esteve em campo. Giroud também fez boa apresentação, sendo muito caçado pelos defensores adversários e provendo uma assistência para o primeiro tento do belga.

Os Blues ainda têm uma partida contra o Hull City pela FA Cup antes de encarar a dura sequência contra Barcelona, City e United.

Chelsea começa lento, mas melhora e vai para o vestiário com a vantagem

Giroud fez belo pivô para Hazard abrir o placar para os Blues (Foto: Getty Images)

Alan Pardew foi forçado a fazer sua primeira alteração logo aos quatro minutos de jogo, após Sturridge sentir uma lesão na coxa. Jay Rodriguez entrou no lugar do inglês.

O West Bromwich teve uma boa chance logo aos cinco minutos de jogo. Jay Rodriguez, ficou com sobra de bola dentro da área e arriscou para a meta de Courtois, mas a bola desviou e se perdeu em escanteio.

Aos seis, Rondon apareceu na área para aproveitar bom cruzamento e cabeceou forte, mas a bola passou ao lado da trave, levantando suspiros dos torcedores rivais.

Após as boas chegadas do West Bromwich, o Chelsea começou a apertar a marcação e ocupar mais o campo de ataque. Algumas chances foram construídas mas os Blues pecavam no último passe.

 West Bromwich saiu em contra-ataque aos 10 e em lançamento para o ataque, Moses ajeitou de cabeça pra trás, mas não havia nenhum companheiro e a bola ficou livre para Jay Rodrigues, cara a cara com Courtois. O atacante se afobou e chutou de primeira, desperdiçando ótima chance.

Aos 17, Azpilicueta acertou belo cruzamento para área. A bola desviou em Giroud e sobrou para Zappacosta que chegava sozinho pela direita. O italiano bateu de primeira em cima do goleiro, facilitando a defesa do arqueiro adversário.

Dois minutos depois, Hazard deu cruzamento rasteiro para área e a bola passou por todo mundo, sobrando para Giroud na marca do pênalti, sem marcação. O francês chutou fraco e de primeira, desperdiçando grande chance para os Blues.

Aos 24, Hazard segurou a bola na entrada da área após passe de Fàbregas, se livrou do adversário ee tocou para Giroud dentro da área. O francês fez o pivô e devolveu para o belga, que fuzilou para a meta adversária e abriu p placar para os blues.

O West Bromwich teve a chance do empate aos 27, após falta cruzada para a área. Hegazi apareceu sozinho e cabeceou bem para o gol, obrigando Courtois a fazer grande defesa. No entanto, o bandeirinha assinalou o impedimento do zagueiro.

Aos 34, Giroud quase marcou um belo gol de bicicleta, depois da bola sobrar no alto para o francês, mas a bola passou ao lado da trave. O atacante ainda teve mais uma boa chance aos 45. Depois de boa jogada de Pedro pela direita, o espanhol cruzou para o francês, que desviou de cabeça, mas sem direção.

Chelsea amplia e sai com três pontos

Moses comemora seu gol com estilo (Foto: Getty Images)

O West Bromwich voltou com Burke no lugar de Brunt, enquanto os Blues voltaram sem alterações no time que começou o jogo.

Os visitantes começaram o jogo tentando pressionar a marcação, enquanto o Chelsea trocava passes rápidos e avançava com cautela.

Logo aos 50 minutos, Rondon apareceu na área após bom cruzamento. O colombiano estaria cara a cara com Courtois, mas Azpilicueta foi mais rápido e fez um corte providencial.

Aos 56, Rondon e Christensen disputaram bola na entrada da área e após empurrões e agarrões, o colombiano ficou com a bola e cara a cara com Courtois chutou rasteiro e com categoria, obrigando o belga a fazer grande defesa.

O West Bromwich começou a gostar de jogo e aos 60 Conte resolveu fazer mudanças, colocando Morata no lugar de Giroud.

Aos 63, Moses fez boa jogada pela direita e tocou para Fàbregas. O espanhol com muita classe deu um toque de calcanhar para Morata. A bola não chegou no atacante por desvio na defesa, mas sobrou para o próprio Moses dentro da área, que com muita calma marcou o segundo gol da partida.

O nigeriano quase marcou o segundo apenas cinco minutos depois. Ele levou a bola sozinho pela direita, cortou para o meio e fuzilou para a meta de Foster, que fez grande defesa com os pés.

Em boa jogada pela ala direita aos 70, Hazard tabelou com Morata, puxou pra perna esquerda e chutou muito forte para o gol, marcando o terceiro gol dos Blues e o segundo do belga na partida. Após o gol, Christensen deu lugar a Cahill na zaga.

Apesar da vantagem, os Blues não diminuíram o ritmo. Aos 77, Morata recebeu bola pela esquerda, saiu em velocidade e de fora da área soltou um chutaço para a meta de Foster, que fez grande defesa.

Faltando apenas 10 minutos para o fim da partida, Yacob entrou no lugar de Barry pelo West Bromwich e Pedro deu lugar a Willian pelo Chelsea, terminando todas as substituições da partida.

Conformado com o placar, o West Bromwich pouco fez nos minutos finais, enquanto o Chelsea ainda buscar aumentar a vantagem, mas sem sucesso.

Ficha Técnica

Chelsea (3-5-2):  Courtois, Azpilicueta, Rüdiger, Christensen (Cahill 74’); Moses, Kanté, Fàbregas, Zappacosta; Pedro (Willian 80’), Hazard, Giroud (Morata 61’)

Reservas não utilizados: Caballero, Ampadu, Emerson, Drinkwater

West Bromwich (5-3-2): Foster, Gibbs, Evans, Hegazi, Dawson, Phillips; Brunt (Burke 46’), Barry (Yacob 81’), Krychowiak; Rondon, Sturridge (Jay Rodriguez 4’)

Reservas não utilizados: Myhill, Nyom, McClean, McAuley

Cartões Amarelo: Evans 45+3’ (WBA), Gibbs 49’ (WBA)

Gols: Eden Hazard 25’ 71’ (CHE), Moses 63’ (CHE)

Árbitro: Lee Mason

Túlio Henrique