Chelsea e Tottenham reeditam a final de 2008 (Foto: Capital One Cup)

Em Wembley, Chelsea e Tottenham lutam pelo título da Capital One Cup

Chelsea e Tottenham reeditam a final de 2008 (Foto: Capital One Cup)
Chelsea e Tottenham reeditam a final de 2008 (Foto: Capital One Cup)

Líder da Premier League e em boa condição na UEFA Champions League, o Chelsea terá no próximo domingo (1º) a primeira decisão da temporada. Após eliminar Bolton, Shrewsbury Town, Derby County e Liverpool, os Blues terão pela frente o Tottenham, que, em sua caminhada, deixou para trás Nottingham Forest, Brighton, Newcastle e Sheffield United. O jogo acontecerá às 13h00min (horário de Brasília) e será transmitido pelo canal ESPN Brasil. Você também poderá ficar por dentro de tudo o que acontece na partida em nosso twitter, o @Chelseanewsbr.

Sem Matic, Ramires deverá ser titular

Suspenso, o volante Nemanja Matic será o grande desfalque dos Blues para a finalíssima. John Obi Mikel, possível substituto do sérvio, também está fora, com uma lesão no joelho. Assim, o Chelsea deverá entrar em campo com o brasileiro Ramires no meio-campo. No gol, Thibaut Courtois e Petr Cech disputam a titularidade e, na defesa, Kurt Zouma e Gary Cahill travam uma disputa sadia pela vaga ao lado do capitão e ídolo John Terry.

Sem problemas com lesões, Pochettino tem dúvidas

No meio de semana, na eliminação da Europa League, o treinador Mauricio Pochettino poupou alguns de seus grandes destaques – dentre eles o atacante Harry Kane e o lateral Kyle Walker – e vem para a final sem desfalques. Apesar disso, dúvidas persistem na cabeça do treinador argentino. Titular durante toda a campanha o goleiro Michel Vorm luta pela titularidade com o capitão e destaque Hugo Lloris. Outras peças que lutam por espaço na equipe são o zagueiro Younes Kaboul, o volante Etienne Capoué e o atacante Emmanuel Adebayor.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Courtois (Cech); Ivanovic, Cahill (Zouma), Terry e Azpilicueta; Ramires e Fàbregas; Willian, Oscar e Hazard; Diego Costa. Téc.: José Mourinho

Tottenham (4-2-3-1): Lloris (Vorm); Walker, Dier, Vertonghen e Rose; Bentaleb e Mason; Lamela, Dembélé e Eriksen; Harry Kane. Téc.: Mauricio Pochettino

Entrevistas Pré-Jogo

José Mourinho (Chelsea)

Mourinho demonstrou foco total na final (Foto: Chelsea FC)
Mourinho demonstrou foco total na final (Foto: Chelsea FC)

Em sua entrevista coletiva, José Mourinho ressaltou que seu pensamento está totalmente voltado para a final, destacando a importância da competição e falando sobre o comportamento da torcida dos Blues.

“Desde o dia em que eu cheguei em 2013, este é o único momento em que eu não penso sobre o futuro deste time, eu só penso sobre agora. Eu não penso nas consequências, penso apenas sobre este jogo. Nós temos uma final para vencer no domingo, e nada mais importa.

Eu não acredito que se você ganha a final da copa, você vence a liga nacional. Eu não vejo conexões. Se voltarmos para a casa com a taça e a medalha, perfeito, mas, na segunda-feira nós temos que treinar, quarta-feira temos que jogar e não temos tempo para pensar nas consequências.

Eu respeito todas as competições, e com certeza eu não estou errado ao dizer que vários times nos seguiram desde 2005 até 2007 quando levamos a League Cup (Copa da Liga Inglesa ou Capital One Cup) como um desafio sério, tentávamos ganhar as finais. Respeitamos cada competição, e a Copa da Liga é um grande torneio também.

O Chelsea está indo muito bem com um novo time, com atletas que não jogaram partidas em Wembley e dúzias de finais. Nós estamos fazendo com que Wembley seja uma coisa normal para nós, tentando ir lá ano após ano.

Para mim, recente história (da torcida do Chelsea) é o jeito que os fãs do Chelsea estão se comportando, partida após partida, ano após ano, em vários países, sem problemas e sem violência. Este é o modo como eles se comportam na final da copa, indo para Wembley, curtindo o dia, usando cada ingresso que nós temos. O que aconteceu em Paris não é o modo como os torcedores do Chelsea agem e é por isso que o clube tomou ações imediatas sobre. O Chelsea é um clube grande, e eu acredito que os torcedores sabem como aproveitar momentos como finais de copas.”

Maurico Pochettino (Tottenham)

Pochettino foi breve mas mostrou confiança em sua equipe (Foto: Getty Images)
Pochettino foi breve mas mostrou confiança em sua equipe (Foto: Getty Images)

Brevemente, o treinador Mauricio Pochettino demonstrou tranquilidade quanto à final, explicitando a motivação e a confiança da equipe.

“Eu tenho alguma experiência em finais na Argentina, Espanha e na França. Você sempre tenta traduzir suas experiências para os jogadores, mas estamos confiantes e acreditamos no nosso caminho.

Você sempre precisa sentir do grupo o que eles precisam antes de uma final, gerir essa situação e, com a nossa experiência, precisamos ajudar os jogadores e o time. Mas, depois disso, uma final é uma final, é em Wembley e a motivação está completa. Não precisamos falar muito, apenas aproveitar a ocasião e tentarmos ser melhor do que o Chelsea.”

Último encontro

Kane foi o grande destaque do último jogo (Foto: Tottenham Hotspur)
Kane foi o grande destaque do último jogo (Foto: Tottenham Hotspur)

Blues e Spurs se enfrentaram pela última vez no início deste ano em partida válida pela 20ª rodada da Premier League. Na ocasião, em White Hart Lane, o Chelsea foi batido, em uma partida muito movimentada. Com oito gols, o torcedor do Tottenham viu sua equipe vencer o jogo por 5×3. Harry Kane (2), Danny Rose, Andros Townsend e Nacer Chadli anotaram para os donos da casa; Diego Costa, Eden Hazard e John Terry descontaram para os Blues.

No que toca à final da Capital One Cup, os rivais londrinos se enfrentaram na temporada 2007-2008 e o Tottenham levou o troféu na prorrogação (2×1). Dimitar Berbatov e Jonathan Woodgate marcaram para os Spurs e Didier Drogba para o Chelsea.

Fique de Olho

Kane é o grande destaque do Tottenham (Foto: Getty Images)
Kane é o grande destaque do Tottenham (Foto: Getty Images)

Em forma excepcional, o jovem Harry Kane, de 21 anos, tem sido o grande fator de desequilíbrio em favor dos Spurs. No momento, o inglês tem se destacado assustadoramente, demonstrando um grande número de qualidades técnicas e táticas. Com muita disposição, presença de área e capacidade de decisão, é o grande nome da equipe na temporada e a principal arma do treinador Mauricio Pochettino. Ao todo, em 38 jogos, Kane já marcou 24 gols na temporada, três deles na Capital One Cup.

Curiosidades

– Chelsea e Tottenham se enfrentaram 143 vezes na história. Ao todo, os Blues venceram 61 jogos, perderam 46 e empataram 36;

– As maiores goleadas do confronto aconteceram nas temporadas 1920/1921 (Tottenham 5×0 Chelsea) e em 1997/1998 (Chelsea 6×1 Tottenham);

– Ambos os rivais lutam pelo seu quinto título na competição;

– Os últimos dois títulos do Chelsea na competição (em 2005 e 2007) vieram sob o comando de José Mourinho;

– Chelsea e Tottenham se enfrentaram em duas finais na história (Capital One Cup em 2008 e FA Cup em 1967) e os Spurs levaram ambos os títulos;

– Petr Cech, John Terry e Didier Drogba atuaram nas últimas duas conquistas do Chelsea.

Compartilhe

Comments

Category: Copa da Liga Inglesa

Tags: