ziXeBgn8T

Pela FA Cup, Chelsea recebe Manchester City

Depois de retornar da França, onde, pela UEFA Champions League, enfrentou o Paris Saint-Germain no meio de semana, o Chelsea tem outro adversário duro pela frente. Neste domingo (21), os Blues recebem o Manchester City, em partida válida pela FA Cup. Na rodada anterior, o clube londrino eliminou o MK Dons, enquanto os Citizens bateram o Aston Villa. A partida acontece às 13h00 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal ESPN Brasil. Você também acompanha tudo sobre o confronto em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

Terry segue sendo desfalque

Depois de sofrer um problema na partida contra o Newcastle, no último fim de semana, o capitão John Terry foi baixa contra o PSG e segue sendo ausência para o confronto contra o Manchester City. Assim, a tendência é que a defesa siga formada por Cesar Azpilicueta, Gary Cahill, Branislav Ivanovic e Abdul Baba Rahman. Por outro lado, Oscar pode retomar um lugar no time titular dos Blues. Alexandre Pato, todavia, segue sem condição de jogo e Falcao García e Kurt Zouma são baixas por longo tempo.

Manchester City deve poupar jogadores

Na próxima quarta-feira (24), o Manchester City terá pela frente o Dynamo de Kiev, em partida válida pela UEFA Champions League. Diante disso, o treinador Manuel Pellegrini deve poupar alguns de seus titulares e dar oportunidade para seus jovens. É esperado que figuras como Bersant Celina, Cameron Humphreys, Manu García e Angelino ganhem espaço. Além disso, recuperado de lesão, o lateral direito Bakary Sagna pode retomar um lugar no onze inicial dos Citizens.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Courtois (Begovic); Azpilicueta, Cahill, Ivanovic, Baba; Mikel (Matic), Fàbregas; Willian, Hazard (Oscar), Pedro; Diego Costa. Téc.: Guus Hiddink

Manchester City (4-2-3-1): Hart (Caballero); Sagna, Demichelis, Otamendi (Humphreys), Kolarov (Angelino); Fernando, Fernandinho; Silva (Celina), Touré (García), Sterling; Iheanacho. Téc.: Manuel Pellegrini

Entrevistas Pré-Jogo

Guus Hiddink (Chelsea)

Hiddink não lamentou a ausência de Terry (Foto: Chelsea FC)
Hiddink não lamentou a ausência de Terry (Foto: Chelsea FC)

Em sua entrevista coletiva, Guus Hiddink falou sobre a ausência de John Terry, o momento do Manchester City e a importância da FA Cup.

“Ele (John Terry) não estará apto para o final de semana. Eu o vi nesta manhã (da última sexta-feira, 19), ele trabalhou com os fisioterapeutas e ontem (quinta-feira) tentou fazer um pouco (de treinamento) no campo, mas ele tem muitas questões para estar pronto para o final de semana. Espero que no próximo final de semana ele esteja disponível. Não posso prever isso, precisamos ser cautelosos com ele, uma vez que ele gosta de estar lá todos os dias, mas precisamos ser cuidadosos.

É claro que é decepcionante (não contar com Terry), porque ele é o líder do time. Por outro lado, não vou reclamar ou lamentar, porque os caras que estão ocupando seu lugar têm minha total confiança. Em Paris eles produziram um desempenho decente. O Miazga está próximo (de estar em forma). Estamos fazendo alguns testes, mas ele deve estar preparado. O que o final de semana trará? É muito cedo para dizer.

(…)

Eles (Manchester City) tiveram pouca sorte nos últimos jogos, mas grandes times sempre reagem. Grandes times não permitem uma sequência de derrotas, então estamos atentos. Se você observa o Manchester City jogar, sabe que eles têm jogadores que gostam de jogar o jogo curto, o que é muito ameaçador. Quando eles têm total posse de bola, eles podem facilmente jogar melhor que seu adversário.

Um, dois ou três jogadores jovens darão 120 por cento de esforço, então (o fato de o City poupar jogadores) não está sempre em nosso favor. Olhando para nós mesmos, quando você vê jovens como Bertrand Traoré, ele é muito ambicioso, ele está aprendendo toda semana e quando você o coloca não é fácil enfrentá-lo.

(…)

É claro que temos um cronograma muito apertado, somos grandes clubes jogando na Europa, mas para os pequenos clubes é uma grande aventura ter a oportunidade, quando eles conseguem um bom resultado, de ter um segundo jogo. Não podemos pensar apenas nos grandes clubes, não nos esqueçamos dos times que amam jogar contra os grandes clubes. A FA Cup é um torneio charmoso”.

Manuel Pellegrini (Manchester City)

Pellegrini criticou a organização da FA Cup (Foto: MCFC.co.uk)
Pellegrini criticou a organização da FA Cup (Foto: MCFC.co.uk)

Por sua vez, Pellegrini comentou as dificuldades que terá para escalar sua equipe e criticou a forma como a FA Cup é disputada.

“O Sagna trabalhou hoje após 10 dias fora, o Mangala está machucado – Nasri, De Bruyne e Bony também estão fora. O Bony começou a trabalhar no campo nos últimos dois dias. Ele precisa de, no mínimo, mais uma semana. Amanhã (hoje) teremos a lista – tenho que conversar com o médico e com os jogadores que se recuperaram. Temos apenas 13 jogadores disponíveis para jogar – temos que jogar a Champions League na quarta-feira – veremos o melhor time que podemos usar no domingo. Não pudemos jogar no sábado por alguma razão, então colocaremos o melhor time que podemos.

Os jogadores jovens são opção e precisam aproveitar suas chances. Normalmente temos jogadores jovens na copa – um ou dois no máximo. Eu espero que o time que jogar contra o Chelsea possa alcançar o desempenho que sabemos que pode.

Algo precisa mudar, porque a Capital One é uma copa para a primeira parte da temporada e você sempre joga às quartas-feiras, não há problema. A FA é mais difícil – você precisa começar a adiar jogos para estar lá e é sempre aos fins de semana.

Algo não está correto com a copa – se você prossegue até a final, tem que adiar três jogos da Premier League e depois encaixá-los. Você não tem tempo para jogar essas partidas se continua na Europa também.

Sempre tentamos jogar com um time forte em toda competição, uma vez que todas são importantes – especialmente a FA Cup. Tivemos dois sorteios duros contra times da Premier League fora de casa e os vencemos por 3×0 e 4×0”.

Último encontro

Chelsea perdeu a última partida contra o City (Foto: Chelsea FC)
Chelsea perdeu a última partida contra o City (Foto: Chelsea FC)

A última partida entre Chelsea e Manchester City aconteceu na 2ª rodada da atual disputa da Premier League. Na ocasião, atuando no Etihad Stadium, os Blues sofreram uma pesada derrota por 3×0. Sergio Agüero, Vincent Kompany e Fernandinho marcaram para os Citizens.

Fique de Olho

Iheanacho vem evoluindo muito (Foto: MCFC.co.uk)
Iheanacho vem evoluindo muito (Foto: MCFC.co.uk)

Diante dos indícios de que Manuel Pellegrini poupará boa parte de seu time titular, é esperado que o jovem Kelechi Iheanacho seja titular dos Citizens. O nigeriano de 19 anos vem fazendo uma temporada de estreia, como profissional, de grande qualidade. Até o momento, tem nove gols em 21 jogos – a grande maioria com poucos minutos – e, na última fase da FA Cup, marcou um hat-trick. Com qualidade técnica e faro de gol é um jogador que pode trazer problemas à retaguarda do Chelsea e que merece atenção.

Curiosidades

– Chelsea e City se enfrentaram 153 vezes na história. No total, registram-se 63 vitórias dos Blues, 39 empates e 51 derrotas;

– A maior goleada da história do confronto aconteceu na temporada 2007-2008, quando o clube londrino bateu o rival de Manchester por 6×0;

– O Chelsea venceu apenas dois dos últimos onze jogos contra o Manchester City em todas as competições (2V, 3E e 6D);

– O Chelsea venceu 24 das últimas 29 partidas que disputou em casa pela FA Cup (24V, 4E e 1D);

– O Chelsea conseguiu cinco clean sheets nas últimas seis partidas que disputou em casa pela FA Cup;

– Hiddink nunca perdeu uma partida de FA Cup pelo Chelsea (5V).

Compartilhe

Comments

Category: Copa da Inglaterra

Tags: