Conte sobre Morata: “Se você tem uma filha, você estaria aberto à ter este tipo de pessoa com sua filha, para casar”

Três gols em uma partida, líder junto com outros dois no número de gols até agora na Premier League, Álvaro Morata recebeu elogios do técnico do Chelsea, Antonio Conte. Depois da vitória contra o Stoke City (4-0) fora de casa, o treinador do clube londrino exaltou o caráter do camisa nove dos Blues, disse que é bom, educado e comprometido. “Se você tem uma filha, você estaria aberto a ter este tipo de pessoa com sua filha, para casar”. 

“Eu gosto dele porque é um jogador completo e também por ter muita capacidade em todas as situações, tática, física, técnicos aspectos, ele é muito comprometido, sua conduta é sempre fantástica. Ele é um jogador muito educado, eu gosto disso, também gosto por ser um bom finalizador, ele sente o gol em todo momento, ele é ótimo para entender qual é a melhor posição na área para receber a bola, para entender onde a bola está indo”.

Conte também destacou a importância dos gols para seus dois atacantes.

“Álvaro jogou muito bem. Ele marcou um hat-trick e para um atacante isso é muito importante, e não se esqueça que no último jogo, aconteceu o mesmo com Batshuayi. Isso significa que nós criamos chances para nossos artilheiros”.

A vitória fora de casa contra o Stoke foi um ponto que o técnico exaltou, não apenas pelo placar, mas pelas chances criadas e a capacidade de sofrer na pressão do adversário.

“Eu estou satisfeito com a atuação dele e o balanço do time. Não é fácil vencer jogos fora de casa contra o Stoke, este jogo é sempre difícil. Eu lembro muito bem na última temporada, quando nós lutamos muito para vencer e ganhamos no final do jogo”.

“Hoje nós começamos muito bem e então estávamos bem quando sofremos (pressão do adversário). Foi importante não perder nossa compostura e estar sempre no jogo, e então quando nós marcamos dois gols e criamos muitas chances para melhorar o placar. Foi (4-0), mas um jogo difícil”.

Jovem mas também experiente, Morata passou por grandes clubes mas não teve a oportunidade de mostrar seu futebol regularmente, algo que já é diferente no Chelsea.

“Eu acredito que para Álvaro é o momento certo para ter esta situação, para ser um atacante em um grande time  e não se esqueça das experiências anteriores com a Juventus e Real Madrid, ele jogou mas não todos os jogos, não regularmente. Por esta razão, ele está na idade certa para ter essa responsabilidade. Ele é um bom jogador, um jogador completo, forte tecnicamente, um bom líder. Ele têm muito campo para melhora. Morata tem 24 anos, o que significa que você tem a possibilidade de trabalhar com este jogador por 10 anos”.

Morata marcando seu segundo gol na partida 

“É um processo para ele, quando eu falo sobre muita capacidade de melhora isso também significa este aspecto, ser agressivo”.

A torcida e também a forma de se manifestar em apoio à Morata foi elogiada.

“Nossos fãs foram fantásticos hoje. Eles empurraram muito o time em todos os momentos do jogo e este estádio, onde a multidão impulsiona muito. Eu quero agradecer nossos torcedores porque ajudaram o time hoje e estou satisfeito, também houve uma boa mudança na música do Morata”.

A maneira de jogar idealizada pelo técnico italiano já havia sido mencionada por Morata em outra entrevista, com o atacante como ponto de referência para todo o time.

Saiba mais: Morata: “Conte, torcida e clube estão até a morte comigo.”

“Para mim o número nove é muito importante, porque é um ponto de referência para o nosso jogo, mas eu acredito que na última temporada Costa jogou bem, e nesta temporada nós mudamos o atacante e temos Álvaro e Batshuayi, mas não se esqueça que eu tenho outra opção – Eden Hazard. Na última temporada ele jogou como o número nove, duas vezes, mas eu peço um trabalho específico para meus atacantes”.

“Nós estamos falando de dois jogadores que são muito fortes, dois realmente ótimos jogadores, dos números nove muito fortes. Mas eu peço o mesmo trabalho para Álvaro e Michy, e nesta posição quando eu jogo com Eden, peço o mesmo. A posição do número nove é importante, já que ele é o ponto de referência para o nosso jogo”.

Category: Competições

Tags:

Article by: Thiago D'Almeida