Com Drinkwater como provável, Chelsea enfrenta Huddersfield na Premier League

Após uma partida frustrante contra o West Ham, o Chelsea retoma sua sequência no Campeonato Inglês e viaja para enfrentar o Huddersfield Town. Apesar de um passado de glórias, contando até com um recorde de vitórias consecutivas na elite, os adversários voltaram esse ano para a Premier League, depois de 45 anos.

A partida começa às 18h00 (horário de Brasília), no John Smith’s Stadium, e você acompanhar todos os lances pelo Twitter oficial do Chelsea em Português, @ChelseaFC_PT.

Momento de rodar o time?

De novidade, podemos ter Danny Drinkwater e David Luiz voltando ao campo após estadia no departamento médico, mas para serem monitorados por Conte. Provavelmente, os Blues vão rodar um pouco o time, e Victor Moses, William e Pedro podem voltar a jogar, enquanto Morata e Bakayoko descansam um pouco – ambos jogaram mais de uma hora na última partida.

O futebol apresentado do time está deixando a desejar, então seria importante ganhar e ressurgir no campeonato. Apesar de Conte falar que vencer o campeonato não é mais possível, ficar entre os quatro primeiros é essencial para a classificação na próxima Champions League.

Poucas preocupações aos adversários

Diferente dos Blues, o Huddersfield ganhou no jogo do fim de semana do Brighton, por 2 a 0, em casa. Rajiv van La Parra retornará ao time após três jogos de suspensão, mas o técnico ainda precisa decidir se ele começará na partida.

Wagner não tem outros problemas de lesão ou suspensão para se preocupar, já que o zagueiro Michael Hefele já voltou a treinar, após uma lesão no tendão de Aquiles. Porém, ele não pode contar com Kasey Palmer, que é ilegível de jogar por ter sido emprestado pelo Chelsea.

Prováveis Escalações

Huddersfield Town (4-2-4): Lossl; Smith, Zanka, Schnidler, Lowe; Mooy, Hogg; Kachunga, Ince, Quaner; Mounie.

Chelsea (3-5-2): Courtois; Azipilicueta, Christensen, Cahill; Moses. Fabregas, Kante, Bakayoko, Alonso; Hazard; Morata.

Entrevistas Pré-Jogo

Antonio Conte (Chelsea)

Terminar entre os quatro primeiro é a prioridade para o Chelsea, ficando atrás de ganhar no Barcelona (Foto: Chelsea FC)

Durante a entrevista, Conte deixou claro que não está feliz com os resultados do time, mas ele e os jogadores tentaram dar seu melhor para consertar alguns detalhes no pouco tempo que tiveram, para buscar por um final diferente.

“Eu não estão feliz, porque no último jogo nós perdemos do West Ham. Eu gosto de ganhar. Quando perdemos, não fico feliz,” Conte disse.

“Em 16 jogos, nós perdemos quatro. Minha experiência diz que é impossível ganhar o título. Agora, nós precisamos estar focados na liga e ir jogo a jogo, fazer nosso melhor. Essa liga não é simples. Precisamos lutar para achar um lugar na Champions League.”

Steve Wagner (Huddersfield Town)

Para Wagner, time precisa ir com tudo em busca da vitória (foto: divulgação)

No fim de semana, o time finalmente saiu de uma sequência de derrotas no campeonato, e agora buscam manter um bom histórico. Para isso, o técnico destacou ter muita garra, e tentar cometer o menor número de erros.

“Eu gostaria de um gol feio, se ele mudar o jogo ao nosso favor,” diz Wagner.

“Vou dar tudo que podemos contra um time como o Chelsea. Nós precisamos estar na nossa alta performance. Não podemos dar uma chance fácil para eles. É preciso evitar erros desnecessários e estarmos no nosso melhor nível, então sim veremos como esse time funciona.”

Fique de Olho

Steve Mounié

Imagem relacionada

Jogador precisa convencer no time (foto: REUTERS)

O atacante chegou na Premier League em julho, após uma temporada no futebol francês, defendendo o Montpellier. Somando as duas temporadas, foram 19 gols, sendo 8 contra times no topo da tabela (42%). Isso inclui dois de seus quatro gols pelo Huddersfield – voltou a marcar na partida contra o Brighton, após nove jogos de jejum.

Como é sua primeira temporada, e o time está ansioso por mais uma vitória, esse é o momento certo para o jogador querer mostrar serviço, principalmente em casa.

Histórico Recente

Essa será o primeiro encontro dos times na liga desde 1972, que terminou em um empate na Stamford Bridge. O Chelsea perdeu 16 pontos em seus 16 jogos na Premier essa temporada – na passada, foram 21 durante toda a competição – e vem com a sequência de um empate, duas vitórias e uma derrota.

Já o Huddersfield, perdeu três dois seus últimos quatro jogos, mas tem um rendimento melhor se olharmos apenas os dados de partidas em casa: são três vitórias dentre as últimas quatro partidas – a única derrota foi contra o líder Manchester City.

Curiosidades

  • Essa pode ser o 200º jogo de Victor Moses na Premier League.
  • O John Smith’s Staduim pode se tornar o 50º campo em que o Chelsea ganha na Premier League – e seria o quarto time a alcançar esse feito (Liverpool tem 53, Arsenal e Manchester United tem 50).
  • Eden Hazard está envolvido em 99 gols na Premier League para o Chelsea (62 gols, 37 assistências). Dependendo do resultado, ele será o quarto jogador do Chelsea a se envolver em 100 gols, atrás apenas de lendas como Frank Lampard (237), Didier Drogba (159) e Gianfranco Zola (101).
Asnate Souza

Estudante de Relações Internacionais na USP, e atleta universitária de futsal e futebol americano. Na horas livres, estou assistindo jogos.