Chelsea visita o campeão Liverpool em busca de vaga na UCL

Se vencerem, os Blues garantem a classificação para a próxima edição da UEFA Champions League

O Chelsea visita o Liverpool, nesta quarta-feira (22), em partida válida pela 37ª rodada da Premier League. Os Reds, já campeões, buscam a vitória no jogo em que receberão a taça. Já os Blues, se vencerem, garantem a vaga na próxima UEFA Champions League. Os times entram em campo a partir das 16h15, horário de Brasília. O jogo terá transmissão pelos canais ESPN. O jogo também pode ser acompanhado pela conta @chelsbrasil, no Twitter.

Os comandados de Frank Lampard vêm de duas vitórias, contra Norwich, pela liga, e Manchester United, pela FA Cup. Na Premier League o Chelsea está na terceira colocação, um ponto à frente de Leicester e dois à frente do United, com um jogo a menos do que os Foxes. Até o momento são 63 pontos conquistados, 19 vitórias e um saldo positivo de 15 gols.

Rudiger esteve bem

Chelsea venceu o United por 3-1 na última partida (Foto: Goal)

Já o Liverpool sagrou-se campeão da atual edição e busca a sua 31ª vitória na competição. Com 93 pontos, os Reds não podem mais ser alcançados, mas não ultrapassarão a marca dos 100 pontos pois só há mais dois jogos. O time de Jurgen Klopp vem somente de duas vitórias nas últimas cinco partidas. Com uma derrota e um empate contra Arsenal e Burnley, respectivamente, a equipe não vence há duas partidas.

Histórico de confrontos

Embora os Blues tenham perdido nos pênaltis após o empate por 2-2 na Super Copa, em agosto, e por 2-1 em casa na Premier League, em setembro, o último confronto terminou favorável aos londrinos. Com uma vitória por 2-0 na FA Cup, logo antes da parada do futebol, os heróis do dia foram Willian e Ross Barkley. Além disso, o jogo contou com uma grande atuação de Billy Gilmour.

gilmour motm

Com só 18 anos, Billy Gilmour foi eleito o homem do jogo contra o Liverpool (Reprodução: BR Football)

Por todas as competições, o Chelsea só não marcou em um dos últimos 21 encontros contra o Liverpool, uma derrota por 2-0 no Anfield, na temporada passada. Entretanto, os Blues perderam nove das últimas 10 partidas contra os Reds, na Premier League. A última vitória veio pelos pés de Olivier Giroud, em 2018, por 1-0.

Assim, o jogo ainda marcará a 89ª partida do Chelsea em Anfield Road, igualando o Goodison Park, do Everton, como o estádio adversário com mais jogos sediados na história do clube.

Os Blues até agora

Desde o reinício das competições, Lampard liderou o time em cinco vitórias e duas derrotas na Premier League. Além disso, os Blues têm um histórico positivo contra times que começam o dia no topo da tabela. Assim, são 18 vitórias em 44 partidas válidas pela liga, mais do que qualquer outro clube.

O histórico positivo se estende aos últimos confrontos contra times do chamado “big six” na competição. São quatro vitórias e uma só derrota nos últimos seis encontros. Além disso, em dezembro os Blues venceram três dessas partidas em sequência.

Giroud manu

Chelsea vem bem após o retorno às competições (Foto: Getty)

Contudo, os londrinos só conseguiram segurar um clean sheet em todos os 18 jogos fora de casa na atual campanha. Assim, a vitória contra o Tottenham por 2-0 ficou registrada. Além disso, o time concedeu 33 gols fora de seus domínios na Premier League, nesta temporada. O número é o maior da história juntamente com as temporadas 1993/94, 1994/95 e 1996/97.

Somente Didier Drogba e Nicolas Anelka com 15 e 11 gols, respectivamente, marcaram mais vezes fora de casa do que as nove vezes de Tammy Abraham. Além disso, Olivier Giroud também vem em boa fase marcando seis gols em suas oito partidas como titular na temporada.

O adversário

O Liverpool vem de 58 jogos de invencibilidade em seus domínios pela liga nacional. Além disso, os Reds venceram 24 das últimas 25 partidas no Anfield na competição, empatando na última com o Burnley. Assim, caso sejam bem-sucedidos, esta pode ser a 31ª vitória dos anfitriões, na atual temporada, recorde da história do clube na primeira divisão.

Com ataque arrasador e defesa segura, o time marcou 150 gols nesses 58 jogos, concedendo somente 33. Além disso, nenhum time concedeu menos gols (13) em casa. Os comandados de Klopp marcaram 47 vezes em casa, uma média de 2,6 por partida. Além de muitos gols por jogo, o Liverpool marcou em todas as últimas 33 partidas em casa, a maior marca desde 1969 – com 38 jogos.

liverpool team

Liverpool é um dos campeões mais dominantes dos últimos tempos (Foto: PL)

Todavia, os Reds já perderam mais pontos nas últimas cinco partidas desde a confirmação do título do que em toda a campanha. Assim, nesses últimos jogos já são oito pontos desperdiçados contra sete nos quarenta jogos anteriores. Além disso, contra o Arsenal, o time tomou uma virada pela primeira vez desde abril de 2017. Portanto, a derrota acabou com uma série de 83 partidas sem perder marcando primeiro.

Prováveis escalações

Tendo tido êxito na mudança para o esquema com três zagueiros, Lampard deverá repetir a escalação vitoriosa contra o Manchester United. N’golo Kanté e Billy Gilmour estão fora da partida por lesão. Entretanto, Christian Pulisic pode estar de volta após ficar de fora da semifinal da FA Cup. Portanto, a escalação provável deverá ser: Kepa; Azpilicueta, Rudiger, Zouma; James, Jorginho, Kovacic, Alonso; Willian, Mount (Pulisic) e Giroud.

Já Klopp deve vir com força total para o encontro, visto que é o jogo em que recebem a taça da Premier League. O seu tradicional 4-3-3 deve ser mantido com todas as peças originais. Portanto, a provável escalação dos Reds deverá ser: Alisson, Alexander-Arnold, Gomez, Van Dijk, Robertson; Oxlade Chamberlain, Fabinho, Wijnaldum; Salah, Firmino e Mané.

Fique de olho

Mohamed Salah tem 19 gols na liga inglesa e, se marcar, pode ser o primeiro jogador do Liverpool a assinalar 20 tentos em três temporadas consecutivas na primeira divisão desde Roger Hunt, nos anos 60. Com 32 aparições o atacante ex-Chelsea tem uma média de 0,59 gols por partida, além de nove assistências na competição.

laterais do liverpool

Robertson e Alexander-Arnold são duas das principais peças da equipe (Foto: PL)

A maior diferença do Liverpool para outros times da Europa hoje é a qualidade de seus laterais. Andrew Robertson e Trent Alexander-Arnold estão envolvidos diretamente em 27 gols na liga. Assim, os dois são responsáveis por 66% dos cruzamentos do time com mais bolas na área na primeira divisão. Além disso, os esforços ofensivos dos atletas compõem 35% das chances criadas pelos Reds.

Curiosidades

– Willian participou diretamente de gols em quatro partidas consecutivas da Premier League pela primeira vez (quatro gols e duas assistências).

– Se escolhido, Mason Mount se tornará o primeiro jogador da base do time a estrear e participar de 50 partidas na mesma temporada.

– O Liverool é o time menos faltoso da Premier League com 318 faltas cometidas e também o mais disciplinado, somente levando 37 cartões amarelos.

Informações da partida

Data: 22 de julho de 2020

Horário: 16h15 (Horário de Brasília)

Competição: 37ª rodada da Premier League

Local: Anfield Road – Liverpool, Inglaterra

Árbitro: Andre Marriner / Stuart Attwell (VAR)

Lucas Jensen

Jornalista que ainda acredita que o futebol pode ser apreciado sem torcer (mas não se segura e torce mesmo assim). Fã de tática e do jogo reativo, se deleita nos contra-ataques e toques 'de primeira'. Amante racional da Premier League e nostálgico do Calcio, seus hobbies incluem teorias mirabolantes e soluções inusitadas.