Chelsea vence em seu primeiro amistoso de Pré-temporada - Chelsea Brasil

Chelsea vence em seu primeiro amistoso de Pré-temporada

O Chelsea foi a campo nesta segunda (23) para enfrentar o Perth Glory no Optus Stadium em seu primeiro amistoso de pré-temporada, realizada na Austrália. Apesar do bom jogo, principalmente no primeiro tempo, os Blues venceram pelo placar mínimo. Pedro foi o autor do único tento dos azuis.

Com um time repleto de jovens jogadores e desfalques devido a Copa do Mundo, Maurizio Sarri fez os primeiros testes no time dos Blues. Callum Hudson-Odoi e Jorginho conseguiram deixar boas impressões no primeiro tempo. Ross Barkley e Cesc Fàbregas (que capitaneou os Blues durante todo o jogo) também fizeram um bom jogo, enquanto o destaque negativo fica para Álvaro Morata.

Bom primeiro tempo e placar magro

Hudson-Odoi e Pedro comemorando o gol dos Blues (Foto: Chelsea FC)

O Chelsea marcou o primeiro gol da partida logo aos cinco minutos de jogo. Em grande jogada de Hudson-Odoi pelo lado esquerdo, que passou por um marcador e cruzou para área, Pedro Rodríguez apareceu como um centroavante e empurrou a bola para o fundo da rede, marcando o primeiro gol da “Era Sarri”.

Ditando o ritmo logo no início do jogo, os Blues tiveram a oportunidade de aumentar o marcador ainda aos oito minutos. Zappacosta acertou belo cruzamento para a área, mas Morata cabeceou para fora, desperdiçando boa chance para os azuis de Londres.

Com a vantagem no placar e se tratando de um primeiro jogo na temporada, os Blues controlavam bem a partida, sendo agressivos na medida certa. No meio, Jorginho não apresentava nenhuma timidez e comandava o jogo ao lado de Cesc Fàbregas.

Na marca dos 27 minutos, mais uma chance de aumentar o placar. Após receber passa brilhante de Fàbregas, Barkley tentou achar Morata em um toque de primeira, mas a bola correu demais e escapou do espanhol antes que ele pudesse disparar contra a meta adversária, perdendo a chance de dobrar o marcador na Austrália.

Apesar do placar magro, o Chelsea apresentava boa movimentação para um primeiro jogo de pré-temporada e o segundo tento parecia ser apenas uma questão de tempo. No entanto, não apareceu ainda na primeira metade, com o placar fechado em 1 – 0.

Muitas alterações, mas placar inalterado

Fàbregas foi o capitão dos Blues nesse jogo e fez ótima partida (Foto: Chelsea FC)

O segundo tempo veio com mudanças na formação dos Blues. Bakayoko entrou no lugar de Jorginho, Alonso deu lugar a Emerson e Pasalic entrou no lugar de Hudson-Odoi. Para o lado dos Australianos, Harold entrou no lugar de Italiano.

Ainda nos primeiros minutos foi notório perceber que o Chelsea mantinha o mesmo estilo de jogo de quando acabou o primeiro tempo, explorando o ataque com passes rápidos e usando bastante os flancos.

Com pouco tempo de jogo, ainda aos 52, Barkley achou um espaço e chutou forte de fora área, vendo a bola bater na trave antes de ir para fora. Seis minutos depois e foi a vez de Fàbregas arriscar a longa distância, mas sem tanto perigo desta vez.

Passados 17 minutos do segundo tempo, Sarri resolveu fazer mais duas alterações na equipe. Com um jogo abaixo do esperado, Morata deu lugar a Tammy Abraham no comando de ataque, enquanto Ethan Ampadu saiu para a entrada de Tomas Kalas.

Dois minutos em campo foram suficientes para Abraham criar uma boa chance para os Blues, se livrando da marcação e chutando forte contra a meta adversária, mas Reddy trabalhou bem.

Aos 67, Emerson achou Pedro na área em bom cruzamento; o espanhol aplicou um bonito voleio da marca do pênalti, mas foi impedido por Reddy, que salvou o Perth mais uma vez com uma grande defesa.

Depois de sofrer grande pressão no ataque, o Perth resolveu fazer alterações na equipe. Sentalab, Chianese, Davidson e Brimmer entraram nos lugares de Keogh, Dulbic, Franjic e Kilkenny, respectivamente. Alguns minutos depois e foi a vez do Chelsea mudar com as entradas de Lucas Piazon e Ola Aina nos lugares de Pedro e Zappacosta.

Pouco tempo depois e mais mudanças nas equipes. Pelo Chelsea, Barkley, que fez bom jogo, deixou o campo para a entrada de Charly Musonda. Pelo lado adversário, Diego Castro substituiu Fábio Ferreira e Juande entrou no lugar de Wilson.

Piazon quase aumentou o placar para os Blues aos 80 minutos com um chute perigoso, mas a bola terminou em segurança nos braços de Reddy. O Perth Glory teve a oportunidade de igualar o marcador cinco minutos depois, em cabeçada perigosa de Santalab.

Com uma grande quantidade de mudanças atrapalhando o andamento do jogo, não foram criadas tantas chances quanto no primeiro tempo. Ainda assim, os Blues terminaram a partida dominantes como durante todo o jogo.

Ficha técnica:

Chelsea (4-3-3): Bulka, Alonso (Emerson 45’), Ampadu (Kalas 62’), David Luiz, Zappacosta (Aina 73’); Jorginho (Bakayoko 45’), Fàbregas, Barkley (Musonda 77’); Pedro (Piazon 73’), Hudson-Odoi (Pasalic 45’), Morata (Abraham 62’)

Reservas não utilizados: J. Thompson, B. Collins, M. Hector, K. Palmer, F. Tomori.

Perth Glory (3-4-3): Reddy, Dulbic (Chianese 68’), Lowry, Grant; Franjic (Davidson 68’), Wilson (Juande 77’), Kilkenny (Brimmer 68’), Neville; Italiano (Harold 45’), Ferreira (Castro 77’), Keogh (Santalab 68’)

Reservas não utilizados: J. Lee, Mustafa, W. Scott, Stynes, Timmins, Velaphi.

Cartão amarelo: David Luiz 36’ (CHE), Santalab 87’ (PER)

Category: Competições

Tags:

Article by: Túlio Henrique