Chelsea sai na frente, deixa a vitória escapar e só empata com Roma pela Champions

Pela UEFA Champions League, terceira rodada da fase de grupos, o Chelsea recebeu a Roma em Stamford Bridge e a partida terminou com empate no placar final (3-3) com dois gols de Eden Hazard para os Blues e de Edin Dzeko para o time da Itália.

David Luiz e Kolarov também marcaram, mas nada foi o bastante para garantir a vitória. Com o resultado, o time azul segue líder do grupo com dois pontos de diferença para o segundo colocado.

Primeira etapa movimentada com três gols e Chelsea na frente do placar

Os Blues entraram em campo não apenas com mudanças significativas na escalação, mas também na formação tática. O (3-4-3) deu lugar ao (3-5-2) com o meio campo mais povoado, por David Luiz, e a posição na última linha, o jovem Andreas Christensen foi designado. Na ala direita, com a lesão de Victor Moses, Davide Zappacosta foi titular. Já no ataque, Álvaro Morata se recuperou de lesão e voltou à titularidade, ao lado de Hazard.

O jogo foi iniciado e a Roma partiu para cima dos donos da casa, em jogadas de cruzamento ou passes rápidos, nada foi efetivo. A posse de bola foi maior da equipe italiana e este jogo se desenhou. Como resposta, aos quatro minutos, em uma jogada rápida de contra-ataque do time de Londres, Hazard carregou pelo meio e tocou para Morata à sua esquerda, o espanhol bateu cruzado e Alisson fez uma boa defesa. A Roma chegou aos sete minutos, em jogada individual de Perotti, que puxou pelo meio e bateu forte, por cima do gol de Courtois.

E o primeiro tento da partida apareceu aos dez minutos, recuperação de bola no meio do campo para o Chelsea, Bakayoko manda bola para David Luiz, que bateu colocado e a defesa rebateu, o brasileiro não desistiu e bateu mais forte e novamente colocado, para fazer a torcida azul vibrar, sem chances para Alisson.

David Luiz chuta para marcar o primeiro gol da partida (Foto: Chelsea FC)

A Roma manteve a estratégia de assegurar a posse de bola e quase fez o seu aos 30 minutos de jogo, quando Nainngolan recebeu uma bola por cima na área e bateu, Courtois fez grande defesa. Mais um ataque dos romanos aos 33 minutos, Perotti ganhou e bateu firme de frente para o gol, o arqueiro do Chelsea fez outra defesa.

O time de Stamford Bridge ampliou aos 37 minutos, mais uma jogada de contragolpe, Morata recebeu pelo lado esquerdo do campo, puxou para a perna direita e bateu colocado, a bola desviou no defensor e subiu, mas Eden Hazard chegava na área pelo lado direito e bateu de primeira, sem deixar a bola cair, para deixar o seu nesta edição da competição.

A resposta do time de fora veio pouco depois, com Kolarov fazendo incrível jogada individual pelo lado esquerdo, invadindo a área depois de “drible da vaca” em Zappacosta e batendo forte, a bola desviou em Christensen e subiu para o gol, sem chances para Courtois.

Roma vira e Blues garantem empate com Hazard

A etapa complementar foi iniciada e a Roma buscou reagir, aos seis minutos, Gerson chutou forte e gerou perigo para a defesa azul, mas foi para fora. Poucos minutos depois, Perotti tocou para Kolarov que vinha em velocidade e bateu para o gol, mais uma para fora.

Aos 63 minutos, Dzeko recebe na área uma bola cruzada de Fazio e bate forte, para empatar o jogo. E em seis minutos os romanos conseguiram virar o placar, novamente com Dzeko. Kolarov cobrou falta colocado e o camisa nove da Roma desviou de cabeça.

Dzeko comemora gol contra o Chelsea (Divulgação/Twitter Roma)

Mas os Blues não se entregaram e empataram a partida com uma jogada pelo lado direito do campo, Pedro, que havia acabado de entrar no lugar de David Luiz, cruzou e Eden Hazard dentro da área marcou o seu segundo na partida, de cabeça, uma bola que entrou no lado direito do gol.

Em jogada de ataque da Roma após levar o gol, Nainngolan tentou puxar para o centro e bater forte, a bola foi pela linha de fundo. Antonio Conte mudou o time e colocou Azpilicueta na ala direita, com a saída de Zappacosta para a entrada de Rüdiger. Pouco depois, foi a vez do camisa dez sair para Willian entrar no jogo.

O Chelsea tentou sair com a vitória apostando em cruzamentos de Azpilicueta e Willian, mas nada foi efetivo, o jogo terminou empatado com um placar de (3-3) em Stamford Bridge.

FICHA TÉCNICA

Chelsea (3-5-2): Thibaut Courtois; César Azpilicueta, Andreas Christensen e Gary Cahill; Davide Zappacosta (Antonio Rüdiger 77′), Tiemoue Bakayoko, David Luiz (Pedro 55′), Cesc Fàbregas e Marcos Alonso; Álvaro Morata e Eden Hazard (Willian 79′).

Substitutos não utilizados: Caballero, Scott, Kennedy e Batshuayi.

Roma (4-4-2): Alisson; Bruno Peres, Federico Fazio, Juan Jesus e Aleksandar Kolarov; Maxime Gonalons, Radja Nainngolan, Kevin Strootman (Florenzi 82′) e Diego Perotti (El Shaarawy 87′); Gerson (Pellegrini 73′) e Edin Dzeko.

Substitutos não utilizados: Skorupski, Héctor Moreno, De Rossi e Ünder.

Gols: David Luiz 10′, Eden Hazard 37’e 73′ (CHE); Aleksandar Kolarov 39′, Edin Dzeko 63′ e 69′ (ROM).

Cartão Amarelo: Tiemoue Bakayoko 69′ (CHE).

Cartão Vermelho: 

Estádio: Stamford Bridge.

Category: Competições

Tags:

Article by: Thiago D'Almeida