Chelsea joga bem, vence o Liverpool e segue vivo para ir à próxima Champions League

O Chelsea venceu o clássico contra o Liverpool neste domingo (6), em jogo válido pela 37ª rodada da Premier League. O jogo marcou confronto direto pelas últimas vagas à Champions League 18/19.

Com o gol solitário de Giroud, os Blues chegam aos 69 pontos, dois a menos que o Tottenham, último classificado ao torneio europeu. A equipe de Londres tem, além da última rodada do campeonato, um jogo atrasado para cumprir. No meio da semana, o Chelsea recebe o Huddlesfield e precisa da vitória para seguir com as pretensões.

Chelsea sai na frente em primeiro tempo disputado

O primeiro tempo foi muito disputado em Stamford Bridge. Mesmo com o desgaste pela classificação à final da Champions League, o Liverpool foi a Londres com força máxima. E isso fez com que a partida fosse mais equilibrada e mais bem jogada.

Com bola rolando, as melhores ações foram dos Blues. O time de Antonio Conte conseguiu se articular bem no meio campo, e criou boas oportunidades especialmente no apoio de Moses. Pelo outro lado, o trio Salah, Mané e Firmino recebeu grande atenção da defesa, mas de toda forma criou chances de gol com o senegalês e com o brasileiro.

Francês cabeceou para abrir o placar em Londres

Aos 32 minutos, outra boa chegada de Moses colocou a bola na cabeça de Giroud. O francês tirou a bola de Karius e saiu para comemorar. Nos minutos finais, o jogo ficou amarrado no meio do campo, com ambos os times respeitando o adversário.

Segundo tempo defensivo e vitória confirmada

O Chelsea claramente adotou postura defensiva na segunda etapa. Sem substituições até os cinco minutos finais, os Blues pouco fizeram com a bola, focando na anulação de jogadas do Liverpool. Por outro lado a equipe de Jurgen Klopp, foi avançando cada vez mais.

Klopp tentou mudar a equipe, mas não obteve sucesso

Com o passar do tempo e as mudanças feitas, o Liverpool dominou o meio campo, a posse de bola e também a criação de oportunidades. Entretanto, a conclusão das jogadas sempre era barrada pela defesa do Chelsea. Os Reds tentavam, minuto após minuto, mas não chegaram ao empate. Poucas chances claras foram criadas nos 45 minutos finais.

Fiche Técnica

Chelsea: Courtois, Azpilicueta, Cahill, Rudiger, Moses (Zappacosta 89′), Fabregas (Pedro 93′), Kante, Bakayoko, Alonso, Hazard (Willian 85′), Giroud. Técnico: Antonio Conte.

Liverpool: Karius, Clyne (Henderson 59′), Lovren, Van Dijk, Robertson (Solanke 74′), Milner Moreno 89′), Alexander-Arnold, Wijnaldum, Salah, Firmino, Mane. Técnico: Jurgen Klopp.

Gols: Giroud 32′

Cartões Amarelos: Salah 39′ e Clyne 40′ (LIV), Alonso 78′ e Moses 81′ (CHE)

Lucas Sanches

Eterno projeto de jornalista. Apaixonado por futebol e viúvo do Fernando Torres. Hazard é o melhor jogador do mundo. Twitter: sanches_07