Chelsea joga bem em casa e bate United pela Premier League

O Chelsea recebeu o Manchester United em jogo válido pela 11ª rodada da Premier League e venceu os rivais pelo placar mínimo, com bela atuação do autor do gol, Álvaro Morata. O jogo foi bem intenso mas os Blues saíram merecidamente com a vitória, fazendo grande jogo em seus domínios e se aproximando do United, atual 2º colocado do campeonato.

Com a vitória, os Blues se mantém na 4ª colocação mas ficam apenas a um ponto do United. O líder City venceu na rodada e ficou a nove pontos dos Blues.

Em primeiro tempo movimentado, times vão empatados para o vestiário

Kanté voltou ao time depois de contusão (Foto: The Sportsman)

O Chelsea abriu o marcador logo aos 6 minutos de jogo, com gol contra bizarro de Jones, mas o juiz marcou falta de Morata em cima do zagueiro. O United respondeu logo depois com boa chance de Rashford, que recebeu cruzamento sozinho no meio de área e mandou por cima da meta de Courtois. Já aos 11, Zappacosta recebeu ótimo lançamento de Fàbregas e cruzou pra área, Morata foi puxado em lance polêmico e não conseguiu dominar, mas a bola sobrou para Bakayoko que chutou pra fora, desperdiçando boa chance para os Blues. Logo depois, Bakayoko, recebeu boa bola no meio, avançou sem marcação e arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e passou perto do gol de De Gea. Aos 15, o time de Mourinho respondeu bem e teve boa chance com Lukaku, que recebeu sozinho na entrada da área, girou e chutou muito forte, obrigando Courtois a fazer grande defesa.

No minuto seguinte, foi a vez de De Gea brilhar para salvar o United. Em jogada de escanteio, Hazard recebeu na linha de fundo, puxou para o meio limpado três marcadores e acertou um chutaço para a meta do espanhol, que fez grande defesa.  O jogo seguiu de forma eletrizante, com os dois times tentando sair à frente do placar. Já aos 31, Morata recebeu boa bola na entrada da área, avançou com três marcadores no encalço, puxou pra perna direita e chutou fraco, facilitando a defesa do arqueiro espanhol. Aos 39, o Chelsea teve mais uma boa chance em cobrança de escanteio. Christensen apareceu sem marcação no meio da área e cabeceou por cima da trave. Os times seguiram tentando, mas sem criar mais grandes oportunidades e assim terminou a primeira metade.

Chelsea começa avassalador e decreta vitória no segundo tempo

Morata fez bom jogo e marcou o gol da vitória dos Blues (Foto: Eurosport)

O Chelsea começou envolvente no segundo tempo, e já aos 48 teve chance com Morata, que recebeu um cavadinha de Bakayoko na entrada da área, dominou de costas para o gol, girou e chutou, mas sem grande perigo para De Gea, que só olhou a bola passar ao lado da trave. Aos 53, Fàbregas deu lançamento impecável para Hazard, que apareceu sozinho grande área e chutou de primeira, mas em cima do arqueiro espanhol, que fez boa defesa. O Chelsea seguiu em cima do United e chegou ao gol aos 55. Azpilicueta avançou do campo de defesa e cruzou para área. Morata apareceu sozinho e da entrada da área acertou cabeceio mortal para os fundos da rede.  Depois do gol, os Blues diminuíram a intensidade enquanto o United tentou se achar no jogo. A primeira chance de gol do United surgiu aos 67, com Rashford recebendo sobra na entrada da área e chutando para o gol com desvio da defesa.

No escanteio, mais uma bola sobrada na entrada da área, mas dessa vez com chute sem perigo de Herrera. O Chelsea só voltou a levar perigo aos 74, com roubada de bola de Bakayoko, que pegou a defesa de surpresa e avançou sozinho. O francês tinha Morata como opção passando sozinho a sua direita, mas preferiu ajeitar e chutar para o gol. A bola passou sem grande perigo ao lado da trave, desperdiçando ótima chance para os Blues. No minuto seguinte, Hazard teve boa chance em contra-ataque, avançou rapidamente, puxou para a direita tentando se livrar da marcação e chutou para boa defesa de De Gea. Os Blues seguiam melhor no jogo, sem dar chances para o United jogar. Aos 86, Rashford teve mais uma chance de chutar de fora da área, sem marcação. O atacante inglês apareceu sozinho e chutou muito forte, mas a bola passou ao lado da meta de Courtois.

O Chelsea recuou e esperava uma chance de matar o jogo em contra-ataque. O United teve grande chance aos 89, com Fellaini. O belga recebeu com lançamento da defesa, dominou no peito dentro da área e acertou um bonito chute, obrigando Courtois a fazer mais uma grande defesa. Aos 92, Morata recebeu bola perfeita de Willian, saiu cara a cara com De Gea e se entortou sozinho com a bola, desperdiçando a melhor chance dos Blues no jogo. O United teve a chance de castigar os Blues pela chance perdida em cobrança de falta, mas a bola desviou e foi por cima do gol. Na cobrança de escanteio, os azuis de Londres levaram a melhor e saíram na boa, quando o juiz apitou e declarou o fim da partida.

Ficha Técnica:

Chelsea (3-5-2): Courtois, Azpilicueta, Christensen, Cahill (C); Zappacosta (Rüdiger 65’), Kanté, Bakyoko, Fàbregas (Drinkwater 79’), Alonso; Morata, Hazard (William 87’)

Reservas não utilizados: Caballero, Ampadu, Pedro, Batshuayi

Manchester United (3-4-3): De Gea, Jones (Fellaini 62’), Bailly, Smalling; Valencia, Herrera, Matic, Youg (Lingaard 78’); Mkhitaryan (Martial 62’), Lukaku, Rashford

Reservas não utilizados: Romero, Blind, Darmian, McTominay

Cartões Amarelos: Bakayoko 20’ (CHE), Jones 48’ (MUN), Herrera 50’ (MUN), Fellaini 71’ (MUN)

Árbitro: Anthony Taylor

Category: Competições

Tags:

Article by: Túlio Henrique