Chelsea fica no empate em casa e vê Roma se classificar como líder do grupo

Pela última partida da fase de grupos da Liga dos Campeões e recebeu o Atlético de Madrid com a chance de se classificar em primeiro no grupo, mas ficou apenas no empate por um placar de (1-1) em Stamford Bridge. Os gols foram marcados por Saúl Ñiguez e Stefan Savic (contra). Um jogo marcado por chances desperdiçadas pela equipe azul e dois personagens que já atuaram no clube inglês, são eles: Fernando Torres e Filipe Luiz.

Com a vitória da Roma sobre o Qarabag, os Blues (já classificados) ficaram apenas com a segunda colocação do grupo, atrás da equipe italiana. O confronto direto com a Roma foi determinante para a segunda colocação no grupo C.

Primeira etapa de um jogo “truncado” e sem redes balançando

Oblak faz defesa em ataque azul (Foto: Kevin Coombs/Reuters)

A partida foi iniciada e muitas faltas aconteceram nos primeiros minutos, um cartão amarelo para Lucas Hernandez aos 16 minutos, por segurar um contra-ataque azul com falta. Um minuto depois a primeira grande chance, Morata apareceu próximo da área do adversário e bateu colocado, a bola passou próxima do gol de Oblak. Aos 22 também, chute do camisa nove, mas Oblak fez boa defesa.

Aos 36 minutos, Zappacosta se apresentou pelo lado esquerdo do campo, puxou para o meio e bateu com força, Oblak segurou. A primeira etapa contou com forte marcação e impulsão á frente do Chelsea, mas que foi parado na boa atuação do goleiro do Atleti, contragolpes de ambos os times não resultaram em gols.

Chances desperdiçadas, gol de Atleti no início e empate com a “ajuda” de Stefan Savic

Hazard comemora gol do Chelsea (Foto: PA)

Os 45 minutos finais foram iniciados e as equipes voltaram sem alterações, mas desta vez o Atletico foi para cima, aos sete, Filipe Luis (ex-Blue) bateu forte de fora da área e acertou a trave, no rebote, Koke cabeceou e Courtois salvou a meta dos donos da casa. Mas apenas três minutos depois, o time espanhol conseguiu abrir o placar com Saul Ñiguez, a jogada surgiu de bola parada, escanteio cobrado e Fernando Torrez (ex-Blue) desviou de cabeça e Saul mandou livre para dentro do gol.

Moses criou uma boa jogada aos 22 minutos, cruzou e Pedro mandou de letra, Oblak segurou. Mas não demorou para o placar ser igualado, com meia hora no segundo tempo, gol que também saiu de um escanteio, Hazard dominou e bateu cruzado, Savic tentou tirar o perigo mas marcou contra.

Com o tento marcado, o Chelsea pressionou e tentou criar mais dificuldades para os visitantes e quase fez em jogada de Hazard,que tocou para Willian, livre de marcação, que mandou a bola por cima do gol. O brasileiro também tentou em um contra-ataque rápido, mas acabou errando o passe longo para o companheiro de equipe.

No minuto 47, Batshuayi que havia substituído Morata e voltado aos gramados de Stamford Bridge, tabelou com Fàbregas e bateu colocado, mas a bola novamente passou perto da trave e ficou no “quase”.

FICHA TÉCNICA

Chelsea (3-5-2): Thibaut Courtois; César Azpilicueta, Andreas Christensen e Gary Cahill; Victor Moses, Tiemoue Bakayoko (Pedro 63′), N’Golo Kanté, Cesc Fàbregas e Davide Zappacosta (Willian 73′); Eden Hazard e Àlvaro Morata (Michy Batshuayi 80′).

Técnico: Antonio Conte.

Atlético de Madrid (4-4-2): Jan Oblak; Stevan Savic, José Maria Giménez (Luciano Vietto 79′), Lucas Hernandez e Filipe Luiz; Gabi (Ángel Correa), Saúl Ñiguez, Thomas Partey e Koke Ressurecion; Fernando Torres (Yannick Carrasco 57′) e Antonie Griezmann.

Técnico: Diego Simeone.

Cartões Amarelos: Davide Zappacosta (CHE); Lucas Hernández (ATL).

Cartões Vermelhos:

Category: Competições

Tags:

Article by: Thiago D'Almeida