Chelsea enfrenta vice-lanterna da Premier League em Stamford Bridge

Após sufoco contra o Liverpool, o Chelsea volta a disputar a Premier League nesta quarta-feira (29), contra o Swansea City, na Stamford Bridge. A partida está prevista para começar às 17h45 (horário de Brasília).

O jogo será válido pela 14ª temporada, e você pode acompanhar ao vivo na ESPN+ e também em tempo real pelo twitter do Chelsea em Português (@ChelseaFC_PT).

Centro médico movimentado para os londrinos

Após ser titular contra o Qarabag e voltar ao banco contra o Liverpool, David Luiz não estará disponível para o jogo por conta de uma lesão no joelho, segundo Antonio Conte. Além dele, Musonda, Batshuayi e Kenedy também estão afastados para tratar lesões.

A boa notícia é que Victor Moses está apto ao jogo, mas Conte alertou que sua condição física não é a melhor, e portanto, deve ser poupado em outros confrontos até estar devidamente recuperado.

Situação parecida para o Swansea

No lado dos Swans também há desfalques importantes, como Tammy Abraham, que não pode jogar contra o Chelsea, por ser um empréstimo do clube. Já Federico Fernandez, ainda está na Argentina por conta do falecimento de seu pai. Por fim, Kyle Bartley continua no centro médico devido a uma lesão no ligamento dos joelhos.

Prováveis Escalações

Chelsea (3-4-3): Courtois; Azpilicueta, Christensen, Rudiger; Moses, Drinkwater, Kante, Alonso; Willian, Morata, Hazard.

Adversário (3-4-3): Fabianski, Naughton, Van Der Hoorn, Mawson, Olsson, Mesa, Ki, Carroll, Renato Sanches, Ayew, Bony.

Entrevistas Pré-Jogo

Antonio Conte (Chelsea)

Os desfalques por questões médicas estão sendo um grande desafio para Conte (Foto: Chelsea FC)

Levando em conta o fraco nível do adversário na temporada e o constante desgaste do time com a agenda cheia de confrontos, essa deve ser uma partida para muitos descansarem, e um teste físico para outros.

“Em cada jogo eu tenho que tomar a melhor decisão e tentar proteger cada jogador. Eu gostaria de iniciar todas as partidas com os melhores jogadores disponíveis, mas ao mesmo tempo não é possível, porque não os estaria protegendo. Nós tivemos uma longa temporada.

Não é fácil mandar grandes jogadores descansarem, mas tenho que fazer isso, pois eu quero o melhor para o time e para eles.”

Paul Clement (Swansea City)

Atualmente, o Swansea se encontra na 19ª posição, com apenas nove pontos (Foto: Getty Images)

Apesar da situação ruim do time na tabela, Paul espera que essa partida seja um ponto de partida para um novo cenário.

“Eu esperava que estivéssemos numa posição mais saudável do que a que estamos, mas é preciso olhar o quão apertada está a diferença entre os últimos e os times do meio,” disse o treinador. “Nossa forma não está boa, mas a performance no último sábado foi mais encorajadora. É algo que precisamos desenvolver – temos que continuar a melhorar.”

Histórico recente

Dentre as 12 vezes que se enfrentaram, o Chelsea só perdeu uma vez para o Swansea City, e foi numa partida fora de casa – na Stamford Bridge, foram imbatíveis. Nessa temporada, o Swansea levou dois ou mais gols em cinco das suas seis partidas fora de casa, numa média de 2.7 gols por partida.

Nos últimos seis jogos do Swansea, foram quatro derrotas, um empate e apenas uma vitória – contra o Huddersfield Town por 2 a 0, e gols de Abraham, que não pode jogar contra o Chelsea.

Curiosidades

  • Álvaro Morata (8) marcou mais gols sozinho nessa temporada da Premier League do que todo o time do Swansea City (7).
  • Só quatro clubes marcaram menos gols depois de 13 jogos da Premier League do que o Swansea City essa temporada: Derby (cinco em 2007-08), Everton (cinco em 2005-06), Bradford (cinco em 2000-01) e Manchester City (cinco em 1995-96).

Category: Competições

Tags:

Article by: Asnate Souza

Estudante de Relações Internacionais na USP, e atleta universitária de futsal e futebol americano. Na horas livres, estou assistindo jogos.