Cech diz que o Liverpool pode tropeçar na hora decisiva

goleiro acredita que o Chelsea pode ganhar as duas competições restantes na temporada (Foto: showdebola.pt)

Goleiro acredita que o Chelsea pode ganhar as duas competições restantes na temporada (Foto: showdebola.pt)

O goleiro do Chelsea, Petr Cech, acredita que a falta de experiência da equipe do Liverpool pode fazer com que a equipe de Brendan Rodgers tropece contra o Chelsea. O arqueiro, que disse que os Blues precisam vencer todos os jogos para serem campeões, declarou:

Ninguém esperava nada do Liverpool no início da temporada, então eles puderam jogar sem pressão até agora. Veremos como eles irão se comportar quando o momento decisivo chegar. Eles têm jogado muito bem, mas nós ainda estamos aqui.”

Cech disse que o Chelsea precisa melhorar seu futebol, após a suada vitória por um a zero contra o Swansea no domingo.

“Temos apenas quatro jogos agora, e se vencermos todos teremos uma grande chance de título. Tentaremos vencer as partidas e veremos o que irá acontecer. Além disso teremos grandes confrontos pela Champions League então haverá muito desgaste, mas é assim que as coisas são. Nesse momento, tudo é possível para nós”, declarou o goleiro tcheco.

O jogo do Chelsea contra o Sunderland foi remarcado de domingo para sábado, então os Blues terão mais tempo para se preparar para o confronto com o Atlético de Madrid na quarta. Sobre isso, Cech disse:

O Atlético vai jogar na sexta então acho que deveria ser a mesma coisa aqui.”

Embora o clube viva um bom momento, aguardando o clímax da temporada, Cech acusou as autoridades do futebol local de não ajuda-los em nada na sua campanha pela Champions League.

“Nos últimos anos, estamos salvando o coeficiente da Inglaterra na Champions League e, em termos de agenda, nunca conseguimos nenhuma ajuda das autoridades.”

“Os alemães e italianos sempre jogam nas sextas-feiras. O Atlético jogará na sexta-feira para garantir sua preparação para manter a glória na La Liga e na Champions League. Nossas autoridades deveriam fazer o mesmo.”

Bruno Pizarro