Após sair atrás no placar, Chelsea goleia Southampton com dois de Demba Ba

Estreante, Demba Ba marcou dois gols na goleada do Chelsea sobre o Southampton pela FA Cup.

Estreante, Demba Ba marcou dois gols na goleada do Chelsea sobre o Southampton pela FA Cup.

Após sair atrás no placar, o Chelsea mostrou ao Sothampton por que é o atual campeão da FA Cup. Sem perder na competição nas últimas vinte e quatro partidas, os Blues mostraram aos Saints quem manda e golearam pelo placar de 5 a 1, mesmo fora de casa.

O estreante Demba Ba tem muito a comemorar. Deixou o atacante Fernando Torres no banco e fez dois gols em sua primeira partida com a camisa azul. Outro destaque foi Lampard, agora o segundo maior artilheiro da história do clube ao lado de Kerry Dixon. Moses e Ivanovic também balançaram as redes pela equipe de Stamford Bridge, enquanto Rodriguez fez o tento solitário dos anfitriões.

O Chelsea agora volta suas atenções à Capital One Cup. Classificado à semifinal, os Blues recebem o Swansea City nesta quarta-feira, às 17:45.

Jogando para o gasto e errando muitos passes, Chelsea começa atrás, mas vira já na primeira etapa

A partida começou morna, com muitos erros de passes azuis. A primeira oportunidade do Chelsea foi um escanteio aos 6′, mas o lance não levou perigo. Aos 10′, Ramires cruzou para Moses, que foi à linha de fundo e tocou para dentro, mas a defesa afastou.

Aos 11′, Hazard fez boa jogada e invadiu a área mas, rodeado por defensores, perdeu a bola. Os Blues recuperaram a posse logo em seguida e David Luiz finalizou para o lado direito do goleiro Boruc.

A equipe de Stamford Bridge continuou tentando, mas sem muito successo. Aos 15′, Moses lançou para o estreante Demba Ba, mas Borux pegou com facilidade. Aos 20′, Azpilicueta recebeu em boa posição e cruzou, mas a defesa jogou pra escanteio.

Ocupando bem os espaços, com uma boa marcação e dificultando as ações azuis,o Sotuhampton saiu na frente no placar. Aos 21′, o atacante Jay Rodriguez recebeu a bola nas costas de Gary Cahill e saiu sozinho na cara do goleiro Turnbull, que não conseguiu impedir o gol anfitrião.

Os Blues continuaram tentando, mas com pouco sucesso. Aos 23′, Demba Ba foi lancado, mas o juiz viu falta do atacante sobre Yoshida. Lance discutível, diga-se de passagem. Aos 25′, Hazard recebeu e finalizou pra for. Aos 30′, Ramires fez boa jogada e conseguiu escanteio.

Mas aos 34′, a equipe de Stamford Bridge finalmente conseguiu vencer a ineficiência. Hazard tocou para Mata invadir a área e encobrir o goleiro. A bola ia entrando e Demba Ba deu um toque em cima da linha para garantir. O primeiro gol do senegalês em seu novo time.

O Southampton até tentou reagir, mas sem êxito. Os Blues cresceram na partida e continuaram a pressionar, buscando a virada. E ela veio, aos 46′, após boa tabela de Moses e Ashley Cole. O atacante nigeriano recebeu e chutou forte, colocando o atual campeão na frente.

Domínio azul transforma a partida em goleada, com direito a recorde de Lampard

Se no primeiro tempo os Saints souberam dificultar a vida do adversário, o mesmo não aconteceu na segunda etapa. Jogando como time grande e impondo seu ritmo, o Chelsea chegou com perigo aos 50′ com chute de Mata, bloqueado. Pouco depois, aos 52′, o maestro espanhol cruzou para o zagueiro Ivanovic cabecear e ampliar a vantagem.

Vendo o momento difícil e precisando da virada, o técnico Nigel Adkins tirou o meio-campista Schneiderlin para a entrada do atacante Steve De Ridder. Não deu muito certo. A supremacia Blue continuou, com Mata criando boas chances. Aos 56′, cruzou para Demba Ba, o goleiro saiu de forma estabanada e Hazard ficou com o rebote, mas foi desarmado. Pouco depois, quando o relógio marcava 60′, o espanhol ainda cobrou falta para David Luiz cabecear nas mãos de Boruc.

Não demorou para o Chelsea ampliar a vantagem. Aos 61′, Ramires toca para Hazard sevir Demba Ba e o senegalês marcar seu segundo. Para piorar a situação do Southampton, o capitão Fonte se lesionou no lance e precisou sair para a entrada deHooiveld. Rafa Benitez resolveu mexer nos Blues pela primeira vez e colocou o ídolo Lampard no lugar de Ivanovic, deslocando David Luiz à defesa.

O único lance perigoso dos mandantes veio aos 70′. Guly para De Ridder finalizar, mas ter a chance de diminuir o prejuízo negada pelo goleiro Turnbull. Steven Davis tentou aproveitar o rebote, mas esbarrou em outra grande defesa do arqueiro azul.

Aos 71′, quase o hat trick de Demba Ba. Em contra-ataque, Moses cruzou para seu parceiro cabecear em boa posição, mas Boruc defendeu. Logo em seguida, o atacante nigeriano saiu para a entrada do meio-campista Marko Marin.

Os Saints esboçaram uma reação, com boas oportunidades de Guly e De Ridder, mas não era a tarde deles. Aos 76′ Puncheon deu lugar a Lee e pouco depois Mata saiu para a entrada de Oscar.

Aos 82′, Marin recebeu na esquerda e tocou para Lampard, que finalizou, mas a bola tocou na mão de Davis. Pênalti dado e cobrança perfeita do ídolo dos Blues, que se tornou o maior artilheiro da equipe na competição, com 25 gols, além de o segundo maior artilheiro da história do clube ao lado de Kerry Dixon.

O Chelsea continuou dominando o jogo, com bom cabeceio de David Luiz após cobrança de escanteio aos 86′. Com este domínio, a partida se encerrou com o placar de 5 a 1. Bom resultado para o atual campeão e grande segundo tempo, os Blues passam para a próxima fase da FA Cup.

Estatísticas e Dados:

Chelsea (4-2-3-1): Turnbull; Azpilicueta, Ivanovic (Lampard – 65′), Cahill e Cole; Ramires, David Luiz, Moses (Marin – 72′), Mata (Oscar – 77′) e Hazard; Demba Ba.

Southampton (4-3-2-1): Boruc; Cork, Fonte (Hooiveld – 63′), Yoshida e Shaw; Schneiderlin (De Ridder – 54′), S Davis, Puncheon (Lee – 77′), Ward-Prowse e Do Prado; Rodriguez.

Gols:  Rodriguez (21′), Demba Ba (34′ e 61′), Moses (46′), Ivanovic (52′), Lampard (82′)

Cartão Amerelo: De Ridder (77′), Ward-Prowse (88′)

Árbitro: Mike Dean

Público: 27.813

Felipe Maia