Chelsea venceu sua primeira partida sob comando de Conte (Foto: Chelsea FC)

Chelsea vence na segunda partida da pré-temporada; Batshuayi estreia

Os azuis conseguiram a primeira vitória da era Antonio Conte contra WAC RZ Pellets em Klagenfurt, na Áustria, nesta quarta (20/07), por 3 a 0, com gols de Bertrand Traore, Ruben Loftus-Cheek e Nathaniel Chalobah, todos jogadores da base. O jogo marcou a estreia de Michy Batshuayi, recém contratado junto ao Olympique de Marseille. O atacante jogou a maior parte do segundo tempo.

O treinador Antonio Conte optou por fazer apenas três alterações na equipe que iniciou o jogo de sábado contra o Rapid Vienna, um deles Ola Aina, que teve um bom desempenho no segundo tempo no fim de semana. O jovem da base substituiu Baba Rahman como lateral-esquerdo.

Oscar e Bertrand Traore também participaram da partida, estreando assim na pré-temporada. Os jogadores que se juntaram à equipe nesta semana (Éden Hazard, Cesar Azpilicueta, Cesc Fàbregas, Thibault Courtois e Juan Cuadrado) não estiveram envolvidos na partida.

O time teve ainda Willian e Victor Moses, que tiveram boa atuações contra o WAC, sendo fundamentais para o bom começo dos Blues no jogo com, enquanto Diego Costa teve boa movimentação mas não conseguiu capitalizar um bom cruzamento de Branislav Ivanovic.

O Chelsea teve boa chances com Victor Moses após boa jogada de William, aos 13 minutos. Um minuto depois, foi a vez do nigeriano fazer boa jogada e servir Traore, que finalizou sobre o gol.

Sem surpresas defensivas, os azuis foram totalmente dominantes em termos de posse, contudo o WAC chegou perto em uma oportunidade quando Thomas Zundel chutou de longe, mas a bola passou à direita de Asmir Begovic.

A formação adotada por Conte foi a mesma forma que terminou a partida de sábado, um 4-2-4. Nemanja Matic foi parceiro de Oscar no meio-campo central, com Traore e Diego Costa implantados como a dupla de ataque. Willian, à direita, e Moses, no flanco oposto, estavam jogando muito avançados no campo se juntando ao ataque, embora nas raras ocasiões em que o WAC estava no ataque, os alas recuavam tornando a formação mais um 4-4-2.

Jovens da base, como Traore, tiveram suas chances.
Jovens da base, como Traore, tiveram suas chances.

Papy Djilobodji, que começou ao lado de John Terry para o segundo jogo consecutivo, teve uma boa chance em uma cabeçada.

A abertura do placar veio eventualmente quatro minutos antes do intervalo, com Traoré fazendo o 1 a 0. Moses fez boa jogada pela esquerda, passando pela defesa do WAC com uma poderosa corrida antes de cruzar para Diego Costa. O atacante não alcançou a bola na corrida, mas ela acabou sobrando atrás para Willian, que cruzou para Traore, que empurrou em cima da linha praticamente.

Um segundo gol quase aconteceu imediatamente, mas o goleiro adversário fez boa defesa em finalização de Diego Costa, após boa jogada novamente de Willian.

Baba Rahman substituiu Branislav Ivanovic, mudança solitária no intervalo, permitindo Aina se deslocar para o lateral-direito.

O Chelsea começou o segundo tempo com boas jogadas ofensivas, que passavam por Diego Costa e Willian, enquanto o WAC não teve muitas chances claras.

Pouco antes dos 15 minutos, Batshuayi foi entregue aos seus primeiros minutos com uma camisa do Chelsea, substituindo Diego Costa, enquanto ao mesmo tempo Loftus-Cheek e Michael Hector entraram no lugar de Traore e Djilobodji.

Dois dos substitutos rapidamente fizeram boa jogada: Loftus-Cheek passou por um defensor do WAC e serviu Batshuayi, que mostrou grande desenvoltura para lidar com a marcação. A finalização doi desviada por cima, entretanto.

Com ambos Traoré e Diego Costa substituídos, foi Loftus-Cheek que se aproximou de Batshuayi e o jovem inglês acabou tendo grande atuação, tanto na marcação quanto na armação. Willian também demonstrou boa movimentação com Batshuayi.

O segundo gol veio a seis minutos do fim, quando Loftus-Cheek exibido imensa coragem para dividir uma cabeçada na área para o fundo das redes, a partir de um cruzamento de Moses, enquanto o substituto Chalobah completou o placar na última jogada da partida, entrando na área e finalizando no canto.

Confira os gols e os melhores momentos da partida:

Ficha Técnica

Chelsea: Begovic, Ivanovic, Terry (c) (Miazga 89), Djilobodji (Hector 58), Aina, Oscar (Chalobah 73), Matic (Mikel 85), Willian (Atsu 89), Traoré (Loftus-Cheek 58), Moses ( Kenedy 89), Diego Costa (Batshuayi 58).
Reservas não utilizados: Blackman, Delac, Cuevas, Rémy.

Gols: Traoré (41), Loftus-Cheek (83) Chalobah (90′) (CHE).

Compartilhe

Comments

Category: Amistosos

Tags: