Renovação de RLC mostra o quanto o clube acredita em seu potencial (Foto: Chelsea FC/Reprodução)

Renovação de Loftus-Cheek mostra como o Chelsea planeja construir seu futuro

O Chelsea anunciou nesta segunda-feira (29), por meio de seu site oficial, a renovação contratual de Ruben Loftus-Cheek, que assinou um novo contrato até 2021. O meio campista inglês defende as cores dos Blues desde a categoria sub-8. Passando por todas de etapas de formação, o atleta de 20 anos, que hoje integra o elenco principal, falou sobre o novo acordo selado:

“Estou muito feliz por assinar um novo contrato com o Chelsea e meu foco está em trabalhar arduamente todos os dias a fim de me estabelecer no time. Isso realmente significa muito porque mostra o quanto o clube acredita em mim, por isso estou feliz. O clube tem feito muito por mim desde que eu comecei aqui como um Sub-8 e agora quero retribuir a confiança que eles depositaram em mim com as minhas performances em campo”.

Loftus-Cheek desfrutou de enorme sucesso nas competições disputadas com as categorias de base, tendo vencido a FA Youth Cup em 2012 e 2014, a Premier League Sub-21 em 2014 e UEFA Youth League em 2015. Ruben tem 13 aparições com a camisa do Chelsea e marcou seu primeiro gol profissional em partida válida pela FA Cup contra o Scunthorpe, em janeiro.

O Chelsea, desde a chegada de Roman Abramovich, se notabilizou por contratar estrelas mundiais, fazendo com que os jogadores da base sequer tivessem espaço no elenco, mas buscando se enquadrar no Fair Play Financeiro da UEFA, o clube decidiu por dar vez aos jovens, ainda que não tenha concluído com êxito a passagem de vários bons valores iniciantes ao campo de jogo profissional.

Na contramão dessa situação está Ruben Loftus-Cheek, que é visto como um jogador de muito potencial, sendo este o principal motivo para comissão técnica e diretoria não deixarem o jogador sair por empréstimo, o que é uma ação decorrentes para os outros jovens jogadores que pertencem ao clube. Ainda é cedo para prever o que, de fato, vai acontecer, mas é preciso que RLC tenha as oportunidades para mostrar seu valor e fazer jus quanto ao seu potencial, quebrando assim, a escrita recente de não ser um clube formador de bons talentos.

A renovação contratual de Ruben aponta para um novo caminho na história do Chelsea. A ideia é repertir com o jovem meio campista algo semelhante com o que aconteceu com um dos maiores nomes vindo da base: John Terry. Independentemente do nome que assuma o cargo de manager do time, uma coisa é certa: os meninos da base é que serão as novas estrelas.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: