Chelsea's Oscar

Oscar vê boa atuação contra o Swansea e acredita em time focado para o resto da temporada

Após a derrota do último sábado (09) contra o Swansea, por 1×0 fora de casa, Oscar afirma que o foco da equipe está em garantir a volta às vitórias contra o Manchester City, em Stamford Bridge, dia 16. A derrota no País de Gales colocou fim à série invicta de 15 jogos, a mais longa na Premier League nesta temporada, que perdurava desde a saída de José Mourinho em dezembro.

Gylfi Sigurdsson fez o gol do Swansea no primeiro tempo, e apesar da derrota, o Chelsea teve um bom desempenho após o intervalo e não teve sorte para resgatar um ponto fora de casa. Oscar, que jogou aberto pelos lados do campo, fora de sua posição habitual pelo meio, comentou a atuação e afirmou que mesmo com o resultado negativo e sem pretensões na temporada o foco da equipe está completamente direcionado aos próximos jogos:

“Todo mundo no vestiário estava infeliz com o resultado, porque sabemos que jogamos bem. Tivemos oportunidades para marcar gols. Mas não conseguimos e quando é assim realmente é difícil a derrota. Começamos bem, mas quando eles marcaram, começaram a jogar melhor. Conversamos no vestiário no intervalo e dissemos que precisávamos melhorar nosso jogo. No segundo tempo jogamos bem melhor, mas não adianta jogar bem e não marcar gols e não conseguir o resultado.

Nós temos seis jogos restantes nesta temporada. Jogamos bem contra o Swansea, mas não vencemos e agora temos de nos concentrar no próximo jogo, porque ele é muito importante para nós. Será um bom jogo contra o Manchester City.”

O brasileiro também comentou as escolhas de Guus Hiddink em lançar mão de jovens jogadores, além da ausência de titulares mais experientes devido a lesão, enquanto Diego Costa, por exemplo, esteve suspenso. Para Oscar, contudo, isso é bom pois todos os jogadores terão chances de mostrar seu futebol para Antonio Conte, que assume o Chelsea na próxima temporada:

“Nós tivemos um monte de garotos jogando e vários jogadores que não jogaram muitos minutos na temporada, em campo, até porque temos vários jogadores lesionados. Eu sempre tento jogar o meu melhor pelo Chelsea, mas não só eu, toda a equipe vai tentar ganhar os próximos jogos e todos tentarão jogar bem para impressionar o novo treinador antes da próxima temporada”.

Após a primeira derrota de Hiddink em âmbito doméstico, o Chelsea volta a jogar em casa, quando recebe o Manchester City, em Stamford Bridge, no próximo sábado, dia 16, pela Premier League. Os dois times, que já sabem que terão treinadores diferentes na próxima temporada, vêm em um ritmo lento nesta reta final de campanha, apesar de que o City ainda disputa uma vaga na próxima Champions League. A partida acontecerá às 13h30 e terá cobertura completa do Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: