Os quatro brasileiros contratados por gigantes ingleses que ninguém entendeu o motivo com dois sendo do Chelsea

Que o Brasil é uma referência na revelação e exportação de ótimos jogadores todo mundo já sabe, pois não é a toa que somos pentacampeões mundiais. Porém, os jogadores brasileiros demoram para se adaptar e conquistar espaço nos times do futebol inglês, principalmente, por conta do jogo mais físico e acirrado praticado na terra da Rainha. 

Apesar de hoje em dia já termos grandes nomes jogando na Inglaterra, como Gabriel de Jesus, Roberto Firmino, Alisson e Fernandinho, que defendem os clubes mais poderosos da país e têm capacidades inquestionáveis, nem sempre foi assim..

Demorou um pouco para que os times ingleses acertassem na contratação de bons jogadores brasileiros, e alguns futebolistas tupiniquins até hoje são um enigma para os torcedores ingleses, que não conseguem entender por quê eles foram contratados para suas equipes de coração. Você que ama futebol e o campeonato inglês pode aproveitar a paixão para visitar os melhores sites de apostas esportivas, dessa forma poderá fazer uma fezinha não só no seu time inglês favorito, como também nos seus atletas. Mas há aqueles jogadores nada favoritos que decepcionaram os torcedores ingleses, e segue uma lista dos quatro:

1 – Doni

O ex-goleiro teve grande destaque no Brasil quando jogou pelo Corinthians, e continuou a boa fase ao ser vendido para a Roma, sendo até convocado para a Copa do Mundo de 2010. Porém em 2011, o Liverpool (Reds) fez questão de comprar o passe de Doni, retirando o goleiro do futebol italiano. Todavia, os Reds já contavam com um ótimo goleiro, Pepe Reina. Então, para Doni sobrou ser o goleiro reserva.

Mesmo assim, em sua estadia no Liverpool, Doni não conseguiu jogar nem nos jogos das copas nacionais, onde os clubes costumam utilizar os goleiros reservas. Posteriormente, Doni sofreu um problema cardíaco e lhe foi sugerido que abandonasse o futebol, então o goleiro voltou para sua terra natal.

2 – Alexandre Pato

Alexandre Pato com a camisa do Chelsea

Pato teve uma passagem apagada nos Blues (Reprodução)

A joia do Internacional, umas das maiores promessas do futebol brasileiro do início dos anos 2000, Pato mostrou-se um atacante veloz e decisivo, e logo despertou olhares dos times europeus e foi vendido para o Milan antes de completar 18 anos, onde viveu seus melhores momentos.

Em 2016, Pato foi contratado por empréstimo pelo Chelsea (Blues), e para muitos a contratação não fazia sentido. Apesar de vir de uma boa temporada no São Paulo, Pato não estava se destacando no seu atual clube, o Corinthians. A estádia do atacante junto aos Blues foi curta e decepcionou – Pato disputou somente duas partidas e passou a maior parte da temporada esquentando o banco de reservas.

3 – Mineiro

O ex-volante fez muito sucesso em sua passagem pelo São Paulo e defendeu a camisa da seleção canarinha diversas vezes. Mas, em 2008, já com 33 anos,  desempregado há 2 meses e após ser dispensado do Hertha Berlim, o Chelsea o contratou. O ex-volante foi um pedido pessoal do técnico do Chelsea na época, Luiz Felipe Scolari (Felipão), que já tinha trabalhado com o futebolista. Contudo, Mineiro jogou apenas duas partidas pelo time, sendo uma no Campeonato inglês e outra na Copa da liga.

Após a saída de Felipão, a situação de Mineiro no time ficou insustentável, e o volante deixou de ser relacionado até para o banco de reservas. Ao final da temporada, Mineiro foi liberado para procurar outra equipe.

4 – Rodrigo Possebon

É comum clubes europeus buscarem jogadores brasileiros ainda nas categorias de base, enquanto eles ainda não chamaram tanta atenção e seus passes não são tão caros. Porém, ninguém consegue entender porque o Manchester United (Red Devils) gastou tanto com Rodrigo Possebon. Ele não era o destaque das bases do Internacional, nem das seleções brasileiras de base, mas os Red Devils compraram o jogador mesmo assim.

Colocaram-o para jogar na equipe principal, mas Possebon não apresentou um bom desempenho, jogando somente nove partidas pela equipe de Manchester. Logo depois, voltou para o Brasil, defendendo a camisa do Santos onde conquistou a Libertadores de 2011. Posteriormente, o futebolista foi tentar a sorte no futebol do Vietnã.

Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.