(Foto: Chelsea FC)

“O que eu posso prometer é que estou preparado para fazer o meu melhor”, afirma Alexandre Pato sobre chegada ao Chelsea

Alexandre Pato falou nesta quarta-feira (03) ao site oficial do Chelsea sobre sua transferência por empréstimo de seis meses. Pato contou com a ajuda de um intérprete para entrevista, mas disse estar ansioso para falar em inglês o quanto antes. Alexandre comentou sobre sua chegada e a recepção que teve do treinador Guus Hiddink e dos jogadores:

“Estes primeiros dias têm sido muito importantes. Desde que cheguei, tudo foi feito para eu me sentir muito bem-vindo. Todos os jogadores têm ajudado a me contentar muito, o que é uma grande coisa. Eles vão me ajudar a me expressar com liberdade em campo e ser incorporado à equipe.

O treinador me encontrou aqui em Cobham e me apresentou a todos os funcionários de todos os departamentos. Ele me deu o apoio para ter um grande resto de temporada no Chelsea”.

Em janeiro de 2013, Pato voltou para sua terra natal, Brasil, depois de cinco anos e meio na Itália. Ele assinou com o Corinthians e, mais recentemente, teve um período de empréstimo muito bem sucedido com o São Paulo.

“Eu fui ao Brasil para aprender mais sobre meu corpo e meu físico: o que fazer antes do treino, durante o treinamento, após o treinamento e mesmo depois do jogo.

Eu aprendi muito sobre mim mesmo e sobre como cuidar de mim e agora o Chelsea  me abriu as portas por esta oportunidade e estou muito feliz por estar de volta à Europa.”

Pato durante amistoso entre Chelsea e Milan, em 2009 (Foto: Chelsea FC)
Pato durante amistoso entre Chelsea e Milan, em 2009 (Foto: Chelsea FC)

Na terça-feira (02), Guus Hiddink disse que a decisão não estava certa em relação à disponibilidade do novo camisa 11 para enfrentar o Watford hoje à noite. Pato insiste que estará pronto para contribuir quando for chamado:

“Eu me sinto muito bem fisicamente. Obviamente, como um jogador, você precisa de tempo de jogo para estar no seu melhor, mas sinto-me preparado, tenho treinado bem e espero que com os jogos e tempo possa me adaptar.

Tenho ouvido muito sobre a Premier League e tive a oportunidade de jogar contra o Chelsea quando estava no Milan. É um campeonato diferente, muito duro, muito físico, com muito contato e espero que com o meu ritmo e minha habilidade, serei capaz de ajudar a equipe. Estou esperando para contribuir muito e ter um grande momento aqui.

Eu sei que temos apenas alguns meses até o final da temporada, mas o que eu posso prometer é que estou preparado para fazer o meu melhor e estou preparado para jogar com o melhor de minha capacidade para ajudar durante os poucos meses que restam de campanha”.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: