josem

Mourinho não receberá tratamento especial no próximo domingo

Neste domingo (23), já seria uma data especial por marcar o duelo entre Chelsea e Manchester United, times que dividiram os títulos ingleses por nove vezes nos últimos 12 campeonatos, mas dessa vez o jogo contará com o reencontro dos Blues com o maior treinador de sua história, José Mourinho, que agora defende um dos maiores rivais do time de Londres. E segundo o Daily Mail, o português não receberá nenhum tratamento especial por parte do clube.

Não será a primeira vez que Mourinho volta a Stamford Bridge para ocupar o banco de reservas dos visitantes. Em 2010, comandando a Inter de Milão, o treinador eliminou o Chelsea nas oitavas de finais da Champions League, competição a qual conquistou com o clube italiano na mesma temporada. Mesmo com a derrota, isso não impediu a torcida a cantar homenageando o então bicampeão inglês com o clube.

Mas desta vez, espera-se um clima não muito festivo ao treinador. Após três anos, um título da Premier League e muitas polêmicas nos últimos seis meses, a escolha de Mourinho por treinar um rival dentro da Inglaterra pode ser mal vista por muitos torcedores. A relação do treinador com a diretoria também ficou muito desgastada após o incidente com a Doutora Eva Carneiro, quando o português teria a ofendido após uma partida. O caso foi parar nos tribunais e foi encerrado após um acordo entre as partes.

Após sua demissão, as partidas seguintes em Stamford Bridge continham muitos cartazes declarando amor ao Special One. Espera-se que na partida deste final de semana os torcedores não levem em grande quantidade, mas não se surpreenda se algum cântico pró-Mourinho seja ecoado no estádio em algum momento. Tentando fugir da polêmica, o Chelsea homenageará o ex-diretor Matthew Harding, quando completa 20 anos de sua trágica morte.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: