Baba Rahman fez bom jogo contra o Maccabi pela Champions League (Foto: Independent UK)

Mourinho explica a preferência por Ivanovic ao invés de Baba Rahman

Baba Rahman fez bom jogo contra o Maccabi pela Champions League (Foto: Independent UK)
Baba Rahman fez bom jogo contra o Maccabi pela Champions League (Foto: Independent UK)

Após mais uma péssima partida feita pela defesa do Chelsea, em que o time acabou derrotado pelo Southampton por 3 a 1 em pleno Stamford Bridge, as reclamações da torcida e o pedido por mudanças na escalação do time cresceram ainda mais. No entanto, o técnico José Mourinho segue escalando Cézar Azpilicueta e Branislav Ivanović nas laterais e deixando o recém-chegado Abdul Baba Rahman no banco nas partidas da Premier League. O português, em entrevista ao London 24, explicou sua decisão:

“(…) Porque Baba Rahman chegou no último dia, porque ele não sabe o que é jogar nesse tipo de campeonato. Ele não teve pré-temporada conosco. Ele precisa de tempo para aprender, ele precisa de tempo para se adaptar.

Ao mesmo tempo, todo time espera que o Maccabi Tel-Aviv seja uma equipe de gigantes. E se você não tem no mínimo cinco jogadores altos bons no jogo aéreo, você está morto em lances de bola parada.

Quando eu coloco Azpilicueta na direita e Baba Rahman na esquerda e não coloco o Ivanović, eu tenho apenas três, nem mesmo quatro (jogadores bons no jogo aéreo). Então temos que pensar em todos os detalhes. E eu penso em todos os detalhes.”

Baba Rahman possui 1,79 m de altura, enquanto Ivanović é seis centímetros mais alto e também consideravelmente mais forte. No entanto, apesar da diferença de altura, Rahman teve bons números em seu jogo aéreo enquanto estava na Alemanha, ganhando quase 67% de seus duelos pelo alto na Bundesliga. Evidentemente, as disputas foram contra outros tipos de jogadores, ficando a comparação restrita apenas às estatísticas.

Apesar da reconhecida força da defesa dos Blues, especialmente no jogo aéreo, a equipe já concedeu alguns gols de bola parada na atual edição da Premier League e marcou apenas um gol dessa forma, mais precisamente na vitória contra o Arsenal.

Com essa declaração, Mourinho dá a entender que o sérvio é ‘intocável’, apesar de que muitos jogadores com esse status acabaram sendo substituídos vez ou outra, como é o caso de John Terry, que após ótima temporada em 2014/15, hoje amarga o banco de reservas. Assim, Baba Rahman acaba sendo uma opção não viável no momento, o que não quer dizer que ele não possa vir a ser, já que caso semelhante aconteceu com o atual titular, Azpilicueta.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: