Loftus-Cheek foi um dos melhores em campo contra o Maccabi (Foto: Getty Images)

Mesmo com derrota para o City, Loftus-Cheek acredita que partidas como esta vão ajudar em seu crescimento

O Chelsea não tem passado por um bom momento na Premier League, demonstrando um futebol longe de seu melhor, que pode até mesmo ser taxado de medíocre. Atualmente, são duas derrotas seguidas, para Swansea e Manchester City. Mesmo com os resultados e futebol ruins, o volante Ruben Loftus-Cheek, que tem recebido mais chances nas últimas partidas, acredita que competir contra jogadores e times de alta qualidade só irá ajudá-lo a se desenvolver como jogador.

O jogo de sábado contra o Manchester City foi a 10ª aparição do jovem de 20 anos na Premier League desta temporada e sua terceira partida consecutiva como titular. E embora esteja desapontado pelo momento da equipe, Loftus-Cheek sente que existem aspectos positivos para tirar desta situação, principalmente a experiência que ele está ganhando:

“É sempre difícil perder em casa. Viemos para o jogo com o objetivo de vencer, e como eu digo, é difícil, mas temos que erguer nossas cabeças e trabalhar, porque nós temos um outro jogo em breve. É um desafio mental jogar em qualquer jogo da Premier League, mas especialmente contra grandes equipes como o Manchester City.

Em relação a isso acredito que estou sempre em crescimento, particularmente quando estou fora da minha zona de conforto, por isso estou ansioso para grandes jogos como este. Mesmo perdendo foi uma boa experiência para mim jogar contra jogadores como Agüero. Estou ansioso para jogar mais.”

Loftus-Cheek mostrou que apesar de ser um volante de origem, também tem vocação ofensiva, especialmente quando ameaçou o City no primeiro tempo, obrigando Joe Hart a fazer uma grande defesa. O jovem comentou também que apesar de não haver ambições na temporada, o time deve se focar nos próximos jogos e se entregar ao máximo em campo:

“Vamos voltar para os campos de treinamento, deixar essa derrota para trás e trabalhar duro para tentar chegar ao nosso melhor nível  para dar o nosso melhor nesses últimos jogos. Tenho certeza de que todos nós estamos focados em ganhá-los.”

O jovem inglês tem tido boas aparições, apesar do mau momento da equipe, e deve ser mantido como titular por Guus Hiddink nos próximos jogos. Assim, é provável que vejamos o camisa 36 em campo novamente no próximo sábado, quando os Blues vão enfrentar o Bournemouth, fora de casa, pela 35ª rodada da Premier League. A partida terá cobertura completa do Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: