Screenshot_6

Kurt Zouma passará por exames e uma eventual ausência do jovem pode ter impactos negativos na temporada do Chelsea

O defensor do Chelsea, Kurt Zouma, será submetido hoje (08) a um exame no joelho, após sofrer uma lesão terrível no jogo de ontem, contra o Manchester United. O jogador de 21 anos saiu de campo gritando de dor pois caiu de maneira esquisita apoiando-se em seu joelho direito, no minuto 58, em Stamford Bridge. Ele foi retirado de maca pela equipe médica do clube e tem medo que sua temporada chegue ao fim.

Em entrevista ao Sky Sports, o técnico Guus Hiddink admitiu que a lesão parecia séria, mas não especulou por quanto tempo Zouma estaria fora:

“Amanhã saberemos mais, mas se você tem esse tipo de lesão, é ruim. Veremos. É uma hiperextensão, isso é sempre ruim. Tive esse problema uma vez e me machucou muito. Não sou doutor, então vamos esperar para ver o que o departamento médico diz.”

O francês impressionou com a dupla de zaga formada com John Terry na atual temporada, jogando 32 vezes em 2015/16 e sendo titular em grande parte dos jogos. Ele chegou ao Chelsea no ano de 2014, com 19 anos, e rapidamente passou a integrar no banco de reservas, revezando a zaga com Gary Cahill até tomar a titularidade por completo, deixando o inglês como seu substituto.

O motivo para a titularidade do jovem jogador, agora com 21 anos, é sua imposição física e simplicidade em campo. Zouma é uma das grandes revelações por ser firme nas divididas e seguro nos desarmes, principalmente em carrinhos. Outra justificativa era a insegurança do substituto inglês, que mostrou-se um tanto inconstante quando saía jogando, às vezes comprometendo as jogadas e entregando a bola para o adversário. O francês, por sua vez, não tenta sair jogando – prefere jogar simples, para um lateral, volante ou alguém que tenha as características ideais para circular a bola.

Kurt é um dos pilares da equipe na atual temporada. Sua dupla com John Terry vem rendendo bons frutos. Os dois zagueiros, um com estilo mais técnico e outro mais físico, formam a combinação perfeita para impedir que bolas ou jogadores entrem na área quando ambos estão em campo. Com a possível ausência do jovem defensor central, Gary Cahill deve retomar a condição de titular já contra o Newcastle e, consequentemente, contra o Paris Saint-Germain, pela Champions League.

Neste momento resta a torcida para que Zouma não tenha sofrido nada extremamente grave e que volte aos gramados o mais rápido possível.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: