José Mourinho será analista da Copa pelo Yahoo

Mourinho será analista da Copa do Mundo pelo Yahoo (Imagem: Yahoo)

Mourinho será comentarista na Copa do Mundo (Imagem: Yahoo)

O técnico José Mourinho analisará as partidas e times da Copa do Mundo no Brasil . O português assinou contrato com o Yahoo e suas análises estarão disponíveis no Tumblr (rede social de propriedade do Grupo Yahoo) no endereço http://mourinhoforyahoo.tumblr.com.

Na página já podem ser encontradas entrevistas do treinador do Chelsea justificando sua escolha, analisando a Copa em geral e também sua opinião sobre a seleção americana de Jurgen Klinsmann.

Sobre o novo projeto Mourinho destacou o alcance do grupo. “Eu decidi (me unir ao Yahoo) porque é uma empresa de prestígio e em qualquer área que eu atuar quero me associar com prestígio, então era isso que eu procurava. Ao mesmo tempo eu quero me comunicar com as pessoas, esse é o objetivo, compartilhar as minhas ideias sobre futebol e principalmente a Copa da Mundo,” disse o português.

Mas Mourinho também disse que gostaria de alcançar o maior número de pessoas possíveis. Para ele não basta falar para alguns milhares, ele quer falar para milhões. “Eu não quero compartilhar minhas ideias apenas com alguns milhares que compram determinado jornal, ou com uns poucos milhões que assistem determinado canal de TV. Ou eu compartilho com milhões ou não compartilho com ninguém, então nesse caso que seja com os milhões. Tenho certeza que alguns discordarão e alguns até irão dizer ‘como esse cara é um treinador top?’, e com certeza alguns irão concordar comigo e eu creio que nós iremos nos divertir. Você nem sempre vai concordar comigo, mas (o que eu disser) será sempre interessante,” concluiu o treinador.

Mourinho também foi perguntado em um dos vídeos que já estão disponíveis sobre uma possível comparação entre a Champions League e a Copa do Mundo. “Não (não é possível comparar porque), culturalmente, (a Copa) talvez seja o maior fenômeno do mundo, pois o mundo para por um mês por causa da Copa do Mundo, na maioria das vezes por causa da emoção. Se você viajar durante a Copa do Mundo – como eu já fiz – você consegue dizer sem errar ‘esse país está participando da Copa ou esse país não está participando da Copa’. Você sente isso imediatamente porque o apelo social é fantástico.

Eu acredito que uma das perguntas mais difíceis de responder é se um time europeu consegue ir até lá e vencer a Copa do Mundo na América do Sul ou será que é possível que uma das nações da África com o melhor time possa vencer, pois algum dia eles vencerão (africanos). O Brasil é favorito por jogar em casa? Pode ser que sim, mas eles serão capazes de lidar com a pressão? (Responder essas perguntas) é difícil. O Uruguai está com uma mentalidade especial, com alguns jogadores talentosos e creio que eles se sintam confortáveis jogando contra o nosso estilo (europeu). Pela Europa nós temos a Espanha, que é a atual campeã; a experiência do futebol italiano; com a Inglaterra todos dizem que não é possível, mas eu digo, por que não, pois eu não consigo entender porque sempre dizem que não,” completou o agora, comentarista.

Por fim, Mourinho foi perguntado sobre três jovens jogadores a serem observados na Copa do Mundo e suas ambições como treinador de seleções. “Quanto a jogadores que vão participar da Copa pela primeira vez, eu diria Hazard, com certeza, Neymar e Rapha Varane. Eu penso que ele (Varane) é o melhor jovem zagueiro do mundo. Eu não quero ser treinador de seleções durante a minha carreira, mas é a maneira como gostaria de encerrá-la. Eu não tenho as qualidades necessárias para ser treinador de seleção, pois é preciso se adaptar a jogar apenas uma vez por mês e treinar duas vezes por mês e eu não me encaixo nisso, então o trabalho não é para mim. Mas eu quero terminar minha carreira fazendo isso e eu quero fazer algo pelo meu país porque nunca fiz como jogador e como treinador foi apenas com o clube (Porto, time português). Se eu treinar um time como a Inglaterra eu terei uma forte conexão com eles e sentimentos profundos envolvidos, mas Portugal é Portugal, é o meu país e se eu puder fazer isso para o meu país e para o meu povo será algo especial.

Bárbara Lira