Jogadores recebem visitas especiais nos treinos

O arbitro Lee Probert junta-se aos jogadores em treinamento. (Foto: Chelsea FC)

O arbitro Lee Probert junta-se aos jogadores em treinamento. (Foto: Chelsea FC)

A última quinta-feira em Cobham foi agitada, além dos jogadores que voltaram dos seus deveres com as seleções internacionais, alguns representantes da Premier League, PFA e LMA estiveram de visitando os jogadores antes do treinamento. Também o árbitro Lee Probert, que passou ao time algumas mudanças nas interpretações das regras para a nova temporada.

É o sétimo ano que estas visitas dos árbitros são feitas aos times, e agora elas são obrigatórias para todos os 20 clubes que participam da Premier League. Probert, que é árbitro de primeiro nível desde 2007, conversou com os jogadores até que os atletas que estavam em deveres internacionais chegaram, assim todos participaram de uma leve sessão de treinamento.

“Todos os árbitros agora irão aos clubes da Premier League para treinar com os meninos, mas temos uma mensagem importante para dar-lhes, em termos do que se espera durante toda a temporada”, disse Probert. “Hoje foi muito bom, eles levaram em conta o que eu disse, nós olhamos alguns clipes de vídeo e é importante que possamos quebrar essas barreiras e trabalhar juntos dentro e fora do campo.”

“Acabei de falar com alguns deles durante o treino e eles disseram que sentiam pena de nós depois de arbitrarmos alguns jogos de treinamento, então eles reconhecem o que é um trabalho difícil que fazemos, mas eles têm uma tarefa difícil de fazer, como se certificar de vencer os jogos, por isso estamos todos no mesmo barco.”

Assistindo aos treinos estiveram cinco jovens do Chelsea Foundation, os quais sofrem de doenças graves, juntamente com suas famílias. Ao final da sessão, todos se reuniram aos jogadores para conseguirem suas fotos e autógrafos.

“É realmente fabuloso”, disse Rad Novakovic, pai de Alex, jovem de 7 anos de idade, que sofre de um tumor cerebral. “A família toda apoia o Chelsea. Ele adora o Chelsea e Frank Lampard é o seu jogador favorito, mas ele também queria conhecer os outros. É um dia especial, para conhecê-los e ser associados a eles na TV. É a coisa certa a fazer, há outras crianças que sofrem aqui, mas temos tudo conectado e misturado.”

Geisiane Carneiro