Fim da geração multicampeã no Chelsea

Estamos envelhecendo, isso é fato. Quantos de nós começaram a acompanhar o Chelsea com um time formado por Petr Cech, John Terry, Ashley Cole, Ricardo Carvalho, Paulo Ferreira, Claude Makelele, Michael Essien, Frank Lampard, John Obi Mikel, Didier Drogba e outros célebres nomes? Atletas que conquistaram inúmeros títulos em Londres e um a um foram deixando Stamford Bridge.

Na semana passada foi a vez de Branislav Ivanovic anunciar sua saída, após nove temporadas. Branna com era carinhosamente chamado pelos colegas de elenco chegou ao Chelsea comandado por Avram Grant, atuou em diferentes posições, marcou o gol do título na Europa League contra o Benfica na temporada 2012-2013 no último minuto da partida. Conquistou tudo como jogador dos Blues, mas já não demonstrava ter fôlego suficiente para ser titular.

Fim de um ciclo para duas lendas do Chelsea (Foto: Getty Images)

Na atual temporada Ivanovic era reserva, não teve sinalização de sua permanência no clube, perdeu espaço para jogadores mais novos. Esse é o ciclo do futebol, por mais que soe cruel. O mesmo acontece hoje com nosso capitão John Terry. Uma hora a “velha guarda” figurará apenas no time das lendas e um gosto de despedida paira no ar em breve terá seu ponto final.

Se por um lado Ivanovic encerrava um ciclo para dar início a outro, a despedida foi definitiva para Frank Lampard. Aos 38 anos o maior artilheiro dos Blues decidiu pendurar as chuteiras. Lampard é outra lenda viva do clube e conquistou de tudo; chegou ao Chelsea antes da era Roman Abramovich vindo de um rival local e selou seu nome na história.

O tempo passa para todos, para nossos ídolos não seria diferente. Porém torna-se impossível vê-los se aposentando ou deixando o clube e não se entristecer. Isso representa o fim de uma era de ouro, dos que foram responsáveis por colocar o Chelsea no lugar onde está hoje. É um sentimento “agridoce” como dizem: triste pela despedida, mas esperançosa no final tendo em vista o bom futebol apresentando pelo time nessa temporada.

As palavras neste texto condizem com a opinião da autora, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Chelsea Football ClubOpinião

Tags:

Article by: Maria Akemi