316CC5F100000578-3457230-image-a-21_1456074180772

Evoluindo na temporada, Hazard arrancou elogios de Cahill e Hiddink

Craque da temporada passada na Inglaterra, o belga Eden Hazard tem tido um 2015/2016 para se esquecer. São apenas dois gols e cinco assistências na temporada, além de um desempenho em campo igualmente abaixo e longe do winger incisivo, rápido e decisivo que ajudou o Chelsea a levantar duas taças na temporada passada. O belga tem sido, inclusive, muito questionado por torcedores e especialistas na Inglaterra, tanto que Hazard chegou a ser chamado de “mimado” por Roy Keane, um dos maiores jogadores da história da Premier League e que agora trabalha como comentarista.

Rumores sobre possíveis negociações do jogador ao final da temporada saem a cada semana na imprensa, que coloca Real Madrid e PSG como candidatos a levar Hazard. O camisa 10 chegou a dar infeliz declaração na última semana de que seria “muito difícil” recusar uma proposta do clube francês, algo que desagradou torcedores azuis.

Contudo, na partida do último fim de semana, contra o Manchester City, pela FA Cup, o belga teve grande atuação e foi decisivo para a goleada dos Blues por 5×1 sobre os rivais de Manchester. Na vitória, que levou o Chelsea às quartas-de-final do torneio, Hazard deu duas assistências (para Diego Costa e Willian) e ainda marcou um belo gol de falta, o que deu a ele o status de melhor jogador da partida.

Com a boa atuação voltaram também os elogios. Seu companheiro Gary Cahill, que também foi as redes no fim de semana, não poupou elogios à Hazard e chamou de “excelente” a partida do belga:

“Era importante para ele jogar uma partida assim. Mesmo os jogadores de peso como Eden, por vezes, têm uma queda na confiança, mas ele é um jogador tão bom que é só uma questão de tempo até que ele volte a atuar em seu melhor nível. Ele foi excelente em campo (contra o City), assim como todos os jogadores de ataque. No segundo tempo, ele criou várias chances chances e deu trabalho à defesa deles. Ele está entre os melhores do mundo, é um cara simples e um trabalhador no dia a dia. É claro que é um jogador importante para nós.”

Outro que elogiou a partida do belga foi o treinador Guus Hiddink, que acredita que com a boa atuação e o segundo gol na temporada, Hazard pode ter voltado à sua melhor forma. Em entrevista à Chelsea TV o holandês comentou:

“Eden Hazard voltou ao seu melhor. Isso é o que eu tenho gostado no futebol dele. Ele teve alguns contratempos por lesões e não é fácil voltar ao ritmo, mas ele tem treinado bem. Pouco a pouco ele foi ganhando mais minutos nos jogos e sua recompensa vem agora com duas assistências e um gol. Isso é bom. Todo mundo estava pegando no pé dele pela falta de gols, e é claro que como clube nós temos que protegê-lo, mas também exigir o que ele pode fazer. E ele fez (contra o Manchester City).”

Hazard, contudo, teve sua grande atuação em uma partida contra um City enfraquecido pela escalação de vários jovens. Claro que é bom ver novamente o belga partindo para cima, driblando e distribuindo bons toques e assistências. E vem num bom momento, porque sua importância é enorme no elenco, pela capacidade técnica indiscutível e pelas várias alternativas táticas que ele traz em campo.

Agora, resta esperar que ele ganhe confiança e possa repetir boas atuações contra equipes melhores, quem sabe, contra o PSG – que ele acha difícil recusar uma transferência. Se voltar a atuar bem em grandes jogos, talvez o Chelsea tenha chances de levantar alguma taça na temporada.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: