Drogba apoia o combate da Malária, e diz que jogou com a doença

Drogba durante sua visita ao projeto na Tailândia

Depois de fazer uma doação em dinheiro e de mosqueteiros em sua visita há um projeto social que cuida de jovens carentes vítimas da Malária na Tailândia, Drogba, que sofreu da doença em setembro do ano passado, falou sobre o hospital que irá construir na África, um grande esforço para diminuir os números de pessoas que morrem por causa da doença.

“Eu tive malária e sei exatamente como a pessoa se sente. É por isso que nós estamos distribuindo essas redes para as pessoas que não podem pagar pelo tratamento. São boas opções, elas (as redes) são eficientes e salvam vidas”.

Mesmo com a doença Drogba admitiu que continuou jogando pelo Chelsea o que é algo que ele se arrepende, pois isso atrapalhou em sua recuperação: “Eu continuei jogando, queria ajudar minha equipe, mas realmente foi um erro. Era muito perigoso e a recuperação durou mais por conta disso.

Drogba doou cerca de 4 milhões de dólares para a construção do hospital e de outros gastos, em um projeto que será na capital da Costa do Marfim, Abidjan. O projeto havia sido adiado devido um conflito, mas o país está agora em recuperação, e Drogba disse que irá visitar à sua terra natal nas próximas semanas para começá-lo.

“A situação na Costa do Marfim dificultou para que as pessoas pudessem receber o tratamento, mas o país está tentando sobreviver, lentamente as coisas devem voltar ao normal”.

“Eu quero esse dinheiro (sua doação) indo pro lugar certo, para tentar ajudar o meu povo e dar de volta a eles o que eles deram para mim. Eles sempre me apoiaram, e eu realmente quero ajudá-los”.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

8 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.