David Luiz ainda tem lugar no Chelsea?

Quem viu a atuação de David Luiz durante a campanha pelo título da Premier League no último ano não imaginaria o rumo que sua passagem pelo Chelsea tomaria neste início de temporada. Afastado por lesão até o confronto contra o Southampton, no último sábado (16), o zagueiro brasileiro deixou de ser o defensor central titular dos Blues, e já chegou até a ficar fora da lista de relacionados para o banco da equipe de Antonio Conte. Teria o zagueiro brasileiro perdido seu espaço no clube? David Luiz é, hoje, uma peça ‘descartável’? Antes de tirar qualquer conclusão, é preciso trazer a memória alguns fatos.

Desde o início da atual temporada, Conte vem promovendo diversas alterações na tentativa de encontrar sua formação ideal. Da substituição de um atleta por outro até as mudanças de esquema tático, o Chelsea já foi a campo das mais variadas formas. Ainda assim, David Luiz era o titular da equipe londrina, atuando na maior parte do tempo como zagueiro central, sua posição de origem.

Em meio a tantas alterações, porém, o camisa 30 ainda ganhou um novo concorrente pela posição em que costuma atuar. Com apenas 21 anos, Andreas Christensen chegou a base dos Blues em 2012, e como parte da política do clube, foi emprestado já no profissional ao Borussia Mönchengladbach entre 2015 e 2017. O fim do empréstimo fez com que o zagueiro retornasse a Londres e, por opção de Conte, fosse integrado ao elenco nesta temporada.

Zagueiro da seleção dinamarquesa, Christensen tem tido performances surpreendentes, confirmando o merecimento da titularidade desde que David Luiz foi afastado (Foto: Catherine Ivill/Getty Images)

O retorno do atual camisa 27 abriu a possibilidade de rotacionar os atletas da defesa quando necessário, além de provocar novos experimentos por parte do técnico italiano. Com as mudanças táticas, Conte passou a testar os jogadores de maneira alternada e até mesmo juntos, com David Luiz atuando mais ao centro do campo.

Mas os ‘problemas’ do zagueiro até então titular começaram com uma discussão com Conte, no início de novembro. Relacionado para enfrentar o Manchester United, David Luiz não entrou em campo e foi direto para a arquibancada, cortado pelo treinador antes da partida. Christensen assumiu a posição de imediato e, após o confronto que terminou em vitória para os Blues, o comandante da equipe londrina afirmou que a ausência do zagueiro brasileiro teria acontecido por decisão tática.

A tal decisão, no entanto, foi esclarecida pouco depois. Com a mídia especulando o possível desentendimento entre técnico e jogador, Conte passou a fazer declarações sobre a postura de David Luiz, afirmando inclusive que o brasileiro precisaria “trabalhar mais” se quisesse retornar ao Chelsea.

Desde o desentendimento com Conte antes da partida contra o Manchester United, David Luiz teve apenas uma oportunidade de voltar à equipe titular do Chelsea (Foto: John Patrick Fletcher/Action Plus via Getty Images)

E até então, o italiano tem mantido sua promessa. A última partida em que David Luiz foi titular aconteceu em 22 de novembro, contra o Qarabag pela Uefa Champions League. O jogo na cidade de Baku no entanto teve equipe mista, e o camisa 30 atuou como o substituto de Christensen, que desde que assumiu a posição vem surpreendendo a torcida dos Blues com sua evolução e grandes atuações.

Já afastado, e logo em seguida lesionado, o espaço de David Luiz dentro do elenco tem se tornado uma incógnita cada vez maior. Com a indefinição, as diferenças com Conte que parecem ser ‘irreconciliáveis’ e a Copa do Mundo batendo a porta, a estadia do zagueiro brasileiro em Stamford Bridge é cada vez mais inviável, e pode chegar ao seu fim – mais uma vez – na próxima janela de transferências.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Gabriela Bustamante

Estudante de jornalismo, 20 anos, apaixonada pelo Chelsea. A mulher que chora quando pensa naquele Barcelona 2x2 Chelsea no Camp Nou, em 2012.