Chelsea recebe Swansea em busca de aumentar sua vantagem na liderança

Após 13 dias sem partidas da Premier League, o Chelsea volta suas atenções para competição na qual lidera por oito pontos de vantagem. Neste sábado (25), a equipe de Antonio Conte receberá no Stamford Bridge o time do Swansea. A partida terá transmissão da ESPN Brasil às 12h (Horário de Brasília). Você também poderá acompanhar o jogo em tempo real através do nosso twitter, pelo @ChelseaBrasil.

Descansado, Chelsea vem inteiro

Sem compromissos durante a semana por competição europeia, o Chelsea não joga desde sábado, quando venceu o Wolverhampton por 2 a 0 em partida válida pela FA Cup. No jogo, Conte já havia poupado alguns jogadores, como David Luiz e Marcos Alonso.

Sem lesões e descansados, os Blues continuam firmes e fortes na campanha para conquistar seu sexto título inglês.

Empolgado, Swansea quer continuar sequência boa

Outrora lanterna da competição, o Swansea engatou uma ótima sequência em Janeiro, após a chegada do treinador Paul Clement. Em quatro partidas, foram três vitórias, incluindo o 3 a 2 contra o Liverpool em pleno Anfield. Com esses resultados, o treinador da equipe do País de Gales foi eleito o melhor da Premier League no mês de Janeiro.

Apesar da empolgação, Clement terá dificuldades para montar a equipe para jogar em Stamford Bridge já que terá três desfalques importantes: o meia Ki (joelho), Nathan Dyer (tendão de aquiles) e Jefferson Montero (coxa) estarão fora. Porém, o capitão Leon Britton está de volta e poderá ser a estreias de duas das contratações de Janeiro do Swansea como titulares, Luciano Narsingh e Jordan Ayew.

Prováveis Escalações

Chelsea (3-4-3): Courtois, Azpilicueta, David Luiz, Cahill; Moses, Kante, Matic, Marcos Alonso; Hazard, Pedro (ou Willian), Diego Costa

Swansea (4-3-3): Fabianki, Naughton, Fernandez, Mawson, Olsson; Fer, Britton, Cork; Ayew, Sigurdsson, Llorente

Entrevistas

Antonio Conte

Conte comentou sobre a demissão de Claudio Ranieri e foi questionado sobre “correr o mesmo risco” da “maldição” do treinador campeão na temporada seguinte, como José Mourinho, campeão e demitido no ano seguinte:

“Estou muito triste por Claudio. Ele é meu amigo e é um grande treinador. Há seis meses ele estava ganhando o título. Fico muito triste como amigo e como treinador.

“Se conseguimos alcançar nossos objetivos, eu assumo esse risco. Vou estar muito feliz em assumir este risco na próxima temporada. Mas ainda estou focado nesta temporada. Não será fácil.”

Paul Clement

Ex-assistente técnico do Chelsea, Clement admitiu que será especial voltar para Stamford Bridge, só que agora no banco de reservas dos visitantes. Clemente esteve no corpo técnico de Carlo Ancelotti e conquistou o double com o Chelsea na temporada 2009/10.

“É uma partida especial. Estou animado em estar de volta. Tive duas passagens, de 1995 até 2000 e de 2007 até 2011. Foi um prazer trabalhar com grandes treinadores, como Ancelotti e Guus Hiddink. Chelsea sempre contou com grandes treinadores.”

Fique de Olho

Fernando Llorente

O experiente atacante espanhol está em ótima fase e é o artilheiro do Swansea nesta temporada, com oito gols. A temporada de Llorente é tão boa, que houve rumores de sua contratação para o Chelsea ainda em Janeiro.

Curiosidade

  • O Swansea é a maior vítima de Diego Costa na Premier League, com sete gols
  • Swansea conquistou 12 pontos em 2017, um a mais que o Chelsea
  • O Chelsea não ganha do Swansea há dois jogos, após ter vencido os primeiros seis encontros dos times na Premier League
  • Fàbregas pode se tornar o primeiro espanhol a alcançar a marca de 300 jogos na Premier League
Diego Lepre

Carioca, estudante de Jornalismo e apaixonado pelo Chelsea.