Chelsea empata em casa na estreia da UEFA Champions League

Chelsea e Sevilla ficam no empate sem gols em Stamford Bridge; Mendy iniciou partida e Ziyech entrou no segundo tempo

Em jogo válido pela UEFA Champions League, o Chelsea empatou em 0 a 0 contra o Sevilla. O jogo foi realizado nesta terça-feira (20), em Stamford Bridge e promoveu a estreia das duas equipes que integram o Grupo E da competição europeia. Desfalque no jogo contra o Southampton, Edouard Mendy participou do duelo contra o clube espanhol e fez boas defesas no primeiro tempo. Por outro lado, Hakim Ziyech atou por aproximadamente 30 minutos no embate sem gols. Assim sendo, confira o pós-jogo do empate sem gols entre Chelsea e Sevilla.

Sevilla tem mais posse de bola e finalizações no primeiro tempo

Sevilla foi melhor na primeira etapa. Por isso, Mendy precisou fazer algumas defesas nos primeiros 45 minutos.

O clube espanhol foi melhor na primeira etapa. Por isso, Mendy precisou fazer algumas defesas nos primeiros 45 minutos. (Chelsea FC / Twitter)

A primeira chance do jogo foi do Sevilla. Ocampos recebeu dentro da área e finalizou para fora. A bola bateu na rede do lado de fora do gol de Mendy. Dois minutos depois, Werner iniciou a jogada e acionou Reece James. O lateral-direito fez o cruzamento, mas Diego Carlos, zagueiro do Sevilla, afastou a tentativa. Aos 13 minutos de jogo, a posse de bola era favorável ao Sevilla. 61% da posse era do time da Andaluzia. Ou seja, 39% era da equipe londrina.

No 18º minuto de jogo, o Sevilla teve a segunda chance do jogo. Primeiramente, bola alçada na área do Chelsea e Gudelj cabeceou para o gol. A bola foi desviada em Zouma e, mesmo contra a movimentação inicial do arqueiro, Mendy fez a defesa. Posteriormente, a zaga londrina afastou a bola que permaneceu dentro da área mandante. Nessa altura do embate, a posse de bola continuava sendo majoritariamente do time espanhol. 37% do Chelsea contra 63% para o Sevilla.

Aos 31 minutos, a bola foi cruzada novamente pelo lado direito e encontrou Timo Werner. Dentro da área, o alemão finalizou, mas a bola foi facilmente defendida pelo goleiro Bounou. Aos 44 minutos, Acuña ganhou do Pulisic na velocidade e fez o cruzamento para Suso. Entretanto, o atleta do Sevilla cabeceou para fora. Aos 46, Ocampos recebeu cruzamento dentro da área, dominou e chutou ao gol. Mendy fez a defesa sem problemas. Por fim, essa foi a última tentativa de perigo no jogo. 0 a 0 no primeiro tempo em Stamford Bridge.

Chelsea equilibra as ações no início, mas placar fica no zero

Kurt Zouma foi responsável por uma chance no principio do segundo tempo. Assim sendo, o Chelsea criou mais e equilibrou a posse de bola na etapa complementar.

Kurt Zouma foi responsável por uma chance no principio do segundo tempo. Assim sendo, o Chelsea criou mais e equilibrou a posse de bola na etapa complementar. (Chelsea FC)

Aos dois minutos de jogo, o Chelsea teve a primeira chance da etapa complementar. Chilwell cobrou escanteio e Zouma cabeceou no centro do gol visitante. Logo após, Bounou fez a defesa. A equipe da casa começou o segundo tempo com mais posse e volume de jogo. Em suma, mais movimentação e mais presença no sistema defensivo do Sevilla. No 10º minuto de jogo, Timo Werner recebeu passe na proximidade da área e finalizou. Bounou, bem postado, fez a defesa.

Aos 13 minutos, Reece James faz cruzamento e, como elemento surpresa, Ben Chilwell cabeceou para a defesa de Bono. Para comparação, a posse de bola no início do segundo tempo foi favorável ao Chelsea: 56-44%. Ou seja, um cenário bem diferente do primeiro tempo, quando o Sevilla ficou mais tempo com a bola. Três minutos depois, a primeira alteração no Chelsea. Saiu Mason Mount e entrou Hakim Ziyech. Aos 19 minutos, a segunda mudança: saiu Jorginho e entrou Kovacic.

Aos 21 minutos, uma nova chance perigosa do Sevilla. Rakitic cobrou escanteio e Jordán finalizou de primeira. A bola passou muito próxima da trave do goleiro Mendy, mas foi por cima do gol mandante. Com o relógio apontando 30 minutos do segundo tempo, o Chelsea encontrou dificuldades para progredir rumo ao gol adversário. Consequentemente, o Chelsea não finalizou ao gol rival nos últimos 15 minutos de tempo regulamentar. Por fim, apito final em Stamford Bridge. 0 a 0 entre Chelsea e Sevilla.

Próximo jogo

O próximo jogo do Chelsea será o duelo contra o Manchester United, válido pela sexta rodada da Premier League. O embate está marcado para dia 24 de outubro (sábado), às 13h30 (horário de Brasília), em Old Trafford. Por outro lado, o embate seguinte na UEFA Champions League será contra o FC Krasnodar. O confronto está previsto para 28 de outubro, às 14h55 (horário de Brasília), no estádio Krasnodar. Ou seja, o Chelsea terá três jogos em duas competições distintas no período de nove dias.

Ficha técnica

Chelsea. Mendy; James, Zouma, Thiago Silva e Chilwell; Kanté, Jorginho (cap.) (Kovacic 64) Mount (Ziyech 61), Havertz, Pulisic (Hudson-Odoi 91) e Werner (Abraham 91).

Suplentes: Kepa, Caballero, Chistensen, Tomori, Azpilicueta, Emerson, Giroud.

Técnico: Frank Lampard

Gols: –

Cartão amarelo: Jorginho, Mount, Chilwell

Sevilla. Bounou; Navas, Diego Carlos, Sergi Gómez (Jordán 33), Acuña; Rakitic (Vázquez 79), Gudelj, Fernando; Suso (Óliver Torres), Ocampos, De Jong (Em-Nesyri 79).

Suplentes: Valick, Alfonso, Rekik, Escudero, Óscar, Munir, C. Fernández.

Técnico: Julen Lopetegui

Gols: –

Cartão amarelo: Acuña, Jordán

Informações da partida

Data: 19 de outubro de 2020

Horário: 16h (Horário de Brasília).

Transmissão: Esporte Interativo / Facebook

Competição: 1ª rodada da UEFA Champions League 2020/21

Local: Stamford Bridge – Londres, Inglaterra

Árbitro: Davide Massa (ITA)

Assistentes: Stefano Alassio (ITA) e Alberto Tegoni (ITA)

Quarto árbitro: Gianpaolo Calvarese (ITA)

VAR: Marco Di Bello (ITA)

Assistente VAR: Maurizio Mariani (ITA)

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.