Como estão as chances de nossos jogadores irem à Copa do Mundo?

Terminou ontem a penúltima data Fifa da fase regular de classificação para a Copa Do Mundo da Rússia 2018. 13 jogadores do atual elenco estiveram jogando por suas seleções, são eles: Courtois, Hazard e Batshuayi (Bélgica); Azpilicueta, Pedro e Morata (Espanha); Cahill (Inglaterra); William (Brasil); Rudiger (Alemanha); Moses (Nigéria); Kanté (França); Zappacosta (Itália); e Christensen (Dinamarca).

Mas neste post não iremos falar de como os jogadores estiveram nesta data Fifa, e sim quais jogadores podem estar na próxima Copa do Mundo – atletas que possam até não ser lembrados desta vez podem aparecer dependendo desta temporada que está se iniciando.

Jogadores com as seleções que já conseguiram classificação

William (Brasil)

O ponta brasileiro vem tendo mais tempo em campo nesta temporada após ficar boa parte da temporada passada no banco. Na seleção, mesmo sendo reserva também, sempre é chamado e tem o carinho do técnico Tite. Com a classificação da seleção brasileira, William deve estar entre os convocados.

David Luiz (Brasil)

Outro jogador brasileiro, mas que não foi convocado desta vez. Luiz é muito marcado pela campanha da última Copa e não teve muitas chances após o mundial, atualmente está atrás de Marquinhos (PSG), Miranda (Internazionale), Thiago Silva (PSG) e Rodrigo Caio (São Paulo). Durante esta data Fifa, a seleção brasileira teve que cortar Miranda e chamou o jovem Jemerson, do Mônaco, para o lugar. Pensando nisso, David hoje pode ter se tornado a sexta opção na mente da comissão técnica brasileira.

Thibaut Courtois (Bélgica)

O titular do gol no Chelsea também é goleiro titular da seleção belga há anos. Com a classificação neste último domingo (03/09), o goleiro praticamente carimbou seu passaporte para a Rússia em 2018, pois só uma fatalidade o tirará do campeonato mundial.

Eden Hazard (Bélgica)

O camisa 10 do Chelsea e da Bélgica é outro que praticamente carimbou sua vaga, titular incontestável do ataque só não estará em campos russos se ocorrer alguma lesão. Leia mais a análise sobre a função de Eden no elenco dos Blues.

Michy Batshuayi (Bélgica)

Dos três convocados do Chelsea, Batshuayi é o que corre mais risco de estar fora da próxima Copa. Com a disputa de ataque com o titular Romelu Lukaku e também com Christian Benteke e Divock Origi no banco que fazem a função de centroavante, Michy tem que mostrar mais do que mostrou até aqui com a camisa azul para estar entre os convocados para a próxima Copa.

Charly Musonda (Bélgica)

O jovem belga que será reserva durante está temporada no elenco principal poderá ter minutos em campo e mostrar habilidade para chamar a atenção do técnico Roberto Martínez. Nesta última data Fifa, foi titular nos amistosos realizados pela seleção sub-21 do seu país.

Quem está quase lá

Cahill levantou a taça de campeão ano passado (Foto: Getty Images)

Gary Cahill (Inglaterra)

Liderando o grupo F das eliminatórias com 20 pontos, a seleção inglesa tem cinco pontos de vantagem para o segundo colocado faltando seis a ser disputados. Cahill é titular absoluto da sua seleção. Outro nome dos blues que pode estar entre os convocados é de Danny Drinkwater, nome que foi chamado algumas vezes mas que necessita de voltar a ter grandes jogos para ser lembrado.

Antonio Rüdiger (Alemanha)

Alemanha é a atual campeã mundial, e está praticamente garantida para a próxima Copa do Mundo. Está com 24 pontos, cinco a mais que a segunda colocada Irlanda do Norte. Rüdiger vem sendo titular absoluto e fez uma ótima Copa das Confederações deste ano vencida pelos alemães.

Alvaro Morata, Pedro e César Azpilicueta (Espanha)

Morata e Pedro estão atualmente no time titular da campeã da Copa do Mundo de 2010, a seleção espanhola está liderando o grupo G com 22 pontos, três a mais que a vice-líder Itália. Faltando seis pontos e pegando os eliminados Israel e Macedônia, é muito improvável não fazer pelo menos três pontos e consolidar sua ida para o próximo mundial. O polivalente Azpilicueta é atualmente reserva da seleção espanhola.

Outros espanhóis do elenco que podem estar entre os convocados são Marcos Alonso, que briga com Nacho Monreal do Arsenal e Cesc Fàbregas, que concorre com Saúl Ñínguez e Koke do Atlético de Madrid por uma vaga entre os volantes reservas. O  brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa que sempre é convocado, mas como não realizou nem a pré temporada deste ano, foi preterido pelo técnico Julen Lopetegui.

Victor Moses (Nigéria)

O ponta direito africano vem se destacando pela seleção de seu país, no lugar de ter que ajudar a marcar como no Chelsea, faz a função de atacante pelo lado direito na sua seleção. A Nigéria ocupa a liderança do grupo B com três pontos a mais que a segunda colocada Zâmbia, só que na próxima rodada as duas seleções de cruzam, em caso de vitória dos Águias, como são chamados, estarão na próxima copa.

Quem vai ter que “suar” para estar na próxima copa

Christensen com a camisa do Chelsea (Foto/Chelsea FC)

N’golo Kanté (França)

Mesmo liderando o grupo A das eliminatórias europeias, a França tem Suécia e Holanda logo atrás. A seu favor, é um confronto entre as duas postulantes a sua colocação logo na última rodada. Kanté é titular absoluto do time – outro nome azul que pode estar entre os convocados é outro volante, Bakayoko, que já foi lembrado este ano para representar a seleção francesa.

Davide Zappacosta (Itália)

O lateral direito recém-chegado do Torino foi titular no último jogo de sua seleção na vitória contra Israel. Mas a seleção italiana deverá ter os playoffs europeus, ou seja, uma disputa contra outro segundo colocado das eliminatórias pela frente. A Itália pode pegar seleções como Portugal, de Cristiano Ronaldo, ou País de Gales, de Gareth Bale, pela frente.

Andreas Christensen (Dinamarca)

Outra seleção que briga para estar pelo menos nos playoffs é a Dinamarca, do zagueiro Christensen. Com 16 pontos e ocupando a terceira colocação, mas a três da líder Polônia e com mesmos pontos da segunda Montenegro, a seleção Dinamarquesa tenta chegar em mais uma Copa do Mundo, não chega desde 2002. Christensen atualmente é reserva nas eliminatórias.

Baba Rahman (Gana)

O lateral esquerdo foi reintegrado ao elenco nesta temporada após um período emprestado ao Schalke 04, da Alemanha. O jogador foi sempre utilizado pela seleção do seu país até a lesão que o tirou de campo no meio da temporada. Sua seleção sofre para conseguir a vaga para o próximo mundial.

Atualmente com cinco pontos e terceira colocada no grupo E, a seleção ganesa precisa de um “milagre” para conseguir se classificar pois faltando seis pontos a ser disputados e tendo quatro a menos que o primeiro colocado Egito, Gana precisa vencer os dois próximos jogos que serão contra os dois primeiros colocados (Egito e Uganda) e ainda necessita de que a seleção egípcia não vença seu jogo contra Congo.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Leonardo Luti

Estudante de jornalismo do UniBH/MG, passou por sites de menor conhecimento, possuiu um blog para falar sobre a Caldense/MG. Torcedor do Chelsea desde 2004 por conta do grande ídolo John Terry.