Chelsea ganha de PSG e garante o bicampeonato da UEFA Youth League

Na tarde desta segunda-feira (18), o Chelsea conquistou mais um título com a sua categoria de base. Ao derrotar o Paris Saint-Germain por 2 a 1 na Suíça, os Blues se sagraram bicampeões da UEFA Youth League, o campeonato continental europeu de clubes sub-19. Em três edições do torneio, o Chelsea conquistou dois títulos, mostrando a força de sua já excessivamente elogiada categoria de base.

Na última temporada, os garotos dos Blues conquistaram o torneio ao derrotar o Shakhtar Donetsk por 3 a 2. Um torneio que rendeu oportunidades para Ruben Loftus-Cheek, Dominic Solanke, Izzy Brown, Andreas Christensen, entre outros. Apesar de apenas o primeiro ser uma figura presente no time principal essa temporada, os outros seguem emprestados a times da Europa se preparando para voltar à Londres próxima temporada. Solanke e Brown estão no futebol holandês, enquanto Christensen é destaque no campeonato alemão.

O lateral Ola Aina e o zagueiro Jake Clarke-Slater foram alguns que se tornaram bicampeões do torneio e já tiveram oportunidades no time principal. Bradley Collins, Fikayo Tomori, Charlie Colkett, Kasey Palmer, Kyle Scott, Tammy Abraham, Jay DaSilva e Ruben Sammut são outros atletas que estiveram presentes nas duas conquistas.

Embora o time principal venha tendo dificuldades de derrotar o time francês na competição europeia, os jovens de Cobham foram seguros e venceram uma partida com autoridade. O Chelsea vinha de uma sequência invicta de 14 jogos. Foi durante essa sequência que os garotos conquistaram o primeiro título da competição.

O primeiro gol saiu logo aos 10 minutos de partida, vindo a partir de um escanteio cobrado por Palmer, que encontrou a cabeça de Clarke-Salter, mas foi bloqueado e no rebote, Tomori empurrou a bola pro fundo do gol, deixando o Chelsea em vantagem. Vantagem essa que foi ameaçada minutos após o gol. Autor do tento inglês, Tomori cometeu pênalti, mas o goleiro Collins caiu no canto esquerdo e defendeu a cobrança do time parisiense.

As equipes continuaram se atacando e criando oportunidades. No segundo tempo, o PSG chegou ao gol de empate aos 58 minutos, com Meite em um chute cruzado. Mas o Chelsea não se abalou com o gol sofrido e apenas três minutos depois, voltou a ficar na frente do marcador, com Palmer. O final da partida trouxe pitadas de emoção para os Blues. Chances e mais chances eram criadas pelo PSG, mas sempre parando no goleiro Collins, que inclusive, fez uma defesa nos acréscimos para garantir o bicampeonato europeu para o Chelsea.

Com mais um título, a molecada do Chelsea manda mais um aviso, só que agora para Antonio Conte. Um pedido de confiança em um trabalho que já vem mostrando resultados a muito tempo. Rumores de que alguns jovens da primeira conquista terão mais oportunidades no time próxima temporada. Nada mais justo para premiar uma das melhores bases da Europa.

Comentários

Category: UEFA Youth League