uefa-youth-league-report--chelsea-v-paris-saint-germain.img

Chelsea ganha de PSG e garante o bicampeonato da UEFA Youth League

Na tarde desta segunda-feira (18), o Chelsea conquistou mais um título com a sua categoria de base. Ao derrotar o Paris Saint-Germain por 2 a 1 na Suíça, os Blues se sagraram bicampeões da UEFA Youth League, o campeonato continental europeu de clubes sub-19. Em três edições do torneio, o Chelsea conquistou dois títulos, mostrando a força de sua já excessivamente elogiada categoria de base.

Na última temporada, os garotos dos Blues conquistaram o torneio ao derrotar o Shakhtar Donetsk por 3 a 2. Um torneio que rendeu oportunidades para Ruben Loftus-Cheek, Dominic Solanke, Izzy Brown, Andreas Christensen, entre outros. Apesar de apenas o primeiro ser uma figura presente no time principal essa temporada, os outros seguem emprestados a times da Europa se preparando para voltar à Londres próxima temporada. Solanke e Brown estão no futebol holandês, enquanto Christensen é destaque no campeonato alemão.

O lateral Ola Aina e o zagueiro Jake Clarke-Slater foram alguns que se tornaram bicampeões do torneio e já tiveram oportunidades no time principal. Bradley Collins, Fikayo Tomori, Charlie Colkett, Kasey Palmer, Kyle Scott, Tammy Abraham, Jay DaSilva e Ruben Sammut são outros atletas que estiveram presentes nas duas conquistas.

Embora o time principal venha tendo dificuldades de derrotar o time francês na competição europeia, os jovens de Cobham foram seguros e venceram uma partida com autoridade. O Chelsea vinha de uma sequência invicta de 14 jogos. Foi durante essa sequência que os garotos conquistaram o primeiro título da competição.

O primeiro gol saiu logo aos 10 minutos de partida, vindo a partir de um escanteio cobrado por Palmer, que encontrou a cabeça de Clarke-Salter, mas foi bloqueado e no rebote, Tomori empurrou a bola pro fundo do gol, deixando o Chelsea em vantagem. Vantagem essa que foi ameaçada minutos após o gol. Autor do tento inglês, Tomori cometeu pênalti, mas o goleiro Collins caiu no canto esquerdo e defendeu a cobrança do time parisiense.

As equipes continuaram se atacando e criando oportunidades. No segundo tempo, o PSG chegou ao gol de empate aos 58 minutos, com Meite em um chute cruzado. Mas o Chelsea não se abalou com o gol sofrido e apenas três minutos depois, voltou a ficar na frente do marcador, com Palmer. O final da partida trouxe pitadas de emoção para os Blues. Chances e mais chances eram criadas pelo PSG, mas sempre parando no goleiro Collins, que inclusive, fez uma defesa nos acréscimos para garantir o bicampeonato europeu para o Chelsea.

Com mais um título, a molecada do Chelsea manda mais um aviso, só que agora para Antonio Conte. Um pedido de confiança em um trabalho que já vem mostrando resultados a muito tempo. Rumores de que alguns jovens da primeira conquista terão mais oportunidades no time próxima temporada. Nada mais justo para premiar uma das melhores bases da Europa.

Compartilhe

Comments

Category: UEFA Youth League