Blues superam Swansea pela quinta fase da FA Youth Cup e garantem vaga entre as oito melhores equipes (Foto: Chelsea FC)

Mês de Janeiro dos Sub-18 dos Blues: Goleadas e liderança do campeonato inglês confirmadas

O ano começou de maneira excepcional para os meninos do sub-18 dos Blues. A equipe teve quatro vitórias, todas por goleada, e um empate durante as cinco partidas que disputou em Janeiro. As goleadas mantiveram a equipe na liderança do grupo regional da Premier League e garantiram vaga nas quartas de final na FA Youth Cup.

Com Hat-Trick de Solanke, grande atuação de Abraham e golaço de Palmer, Chelsea massacra Huddersfield e garante classificação para a próxima fase da FA Youth Cup

Abraham cabeceou bonito para abrir caminho para goleada do Chelsea vs Huddersfield (Foto: Chelsea FC)
Abraham cabeceou bonito para abrir caminho para goleada do Chelsea vs Huddersfield (Foto: Chelsea FC)

A equipe sub-18 do Chelsea garantiu classificação na quinta fase da FA Youth Cup após uma enfática vitória frente ao Huddersfield por 6-1, jogando em Aldershot. O placar elástico começou a ser construído logo aos cinco minutos da primeira etapa. Jay Dasilva avançou pela lateral esquerda e cruzou no segundo pau para Tammy Abraham. O jogador, de elevada estatura, cabeceou sem chances para o arqueiro Tadgh Ryan, abrindo o placar para os Blues.

Dominic Solanke e Ola Aina, por pouco, não aumentaram o placar minutos depois. Contudo, o segundo gol era uma questão de tempo. Após cobrança de escanteio de Musonda a bola sobrou para Izzy Brown. O jogador devolveu para Musonda que cruzou novamente na área. A bola sobrou para Abraham que dominou no peito e bateu de esquerda para marcar o segundo gol, dele e do Chelsea, na partida. Abraham estava impossível. O blue fez bela jogada individual pela direita, dando uma caneta no defensor do Huddersfield e passando a bola na medida para Dominic Solanke, que fechou de carrinho marcando o terceiro gol do Chelsea.

Faltando 10 minutos para o fim do primeiro tempo o Huddersfiled descontou. A bola foi recuada para o goleiro Collins. O arqueiro do Chelsea acabou chutando contra o corpo de Spencer e a bola foi morrer no fundo das redes. Entretanto, o Chelsea ampliou ainda no primeiro tempo. Boga deu bela arrancada do centro para a direita e cruzou rasteiro para Solanke, que não perdoou. 4-1 para o Chelsea.

Na segunda etapa, o Chelsea continuou avassalador. Após a bola sobrar na área, Solanke dominou e bateu alto, sem chances para Ryan. Foi o sétimo gol de Solanke nas últimas três partidas e o vigésimo na temporada. Fraser Horsefall por pouco não diminui para o Huddersfield. Após falta cobrada na área o jogador acertou o travessão de Collins.

Ainda sobrou tempo para Kasey Palmer, o artilheiro dos gols bonitos, fazer mais uma obra prima. O jogador recebeu passe e bateu de fora da área, no ângulo esquerdo de Ryan, definido o placar em 6-1.

Evidente que Joe Edwards estava extremamente satisfeito com o resultado do seu time. Contudo o treinador dos Blues conteve o animo e ainda vê pontos de melhoria na equipe.

“Nós conversamos antes do jogo sobre ter a posse da bola e movimentar-nos rapidamente. Eu acho que, apesar de não marcar tantos gols no segundo tempo, o nosso ritmo e rotação foram muito melhores que o a do adversário, mas eu ainda sinto que temos muito mais a dar nesta competição“.

Chelsea: Bradley Collins; Ola Aina, Fikayo Tomori, Jake Clarke-Salter (Ruben Sammut), Jay Dasilva; Charlie Colkett (c) (Kyle Scott), Charly Musonda, Jeremie Boga; Tammy Abraham, Dominic Solanke, Izzy Brown (Kasey Palmer).

Gols: Abraham 5, 28; Solanke 31, 38, 77; Palmer 87

Huddersfield: Tadhg Ryan, Bradley Carroll, Jack Senior, Jamie Spencer, Nat Pells, Jacob Hanson (Sam Warde), Jack Boyle, Regan Booty, Rekeil Pyke (Danny Kane), Fraser Horsefall, Adam Porritt (Liam Coogans)

Gol: Spencer 35

No primeiro de 2015 válido pelo campeonato inglês, equipe sub-18 do Chelsea fica no empate contra o West Brom

No retorno dos Young Blues ao campeonato nacional o Chelsea conquistou um empate frente ao West Brom e aumentou para cinco pontos a vantagem na liderança. O jogo, ocorrido em uma um belo dia de sol, começou bastante movimentado. O goleiro Collins fez boa defesa após finalização de Jack Fitzwater. Cinco minutos depois, foi Abraham quem desperdiçou boa chance após assistência de Christie-Davies.

Mesmo fora de casa, foram os Blues quem controlaram o jogo nos 25 minutos seguintes, tendo a maior posse de bola e as melhores chances. Contudo, quem marcou o primeiro gol foi o West Brom Albion. Fitzwater deu passe cruzado e o defensor Ezewele não desperdiçou, abrindo o placar para os donos da casa. Abraham ainda teve a oportunidade de igualar o placar na primeira etapa, mas o goleiro Hall assegurou a vantagem do time da casa no primeiro tempo.

O Chelsea começou agressivo a segunda etapa. Adamczyk perdeu boa oportunidade chutando pra fora e Hall defendeu finalização de Scott.  De modo similar ao primeiro tempo, o Chelsea tinha a posse da bola e o controle do jogo, mas encontrava dificuldade de entrar na defesa do Albion. Quando os Young Blues encontravam espaço foram parados pela grande atuação do arqueiro Hall. Adamczyk bateu forte, mas o arqueiro do West Brom espalmou a bola por cima do travessão.

Contudo, a pressão do Chelsea foi recompensada. Após cruzamento da esquerda, Suljic subiu mais alto que a defesa para igualar o placar. O placar persistiu até o final e os dois times saíram com um ponto a mais na tabela de classificação.

O treinador Joe Edwards ressaltou a raça do time, mas admitiu-se receoso com a qualidade do futebol demonstrado.

“Estamos satisfeitos com a atitude que o time mostrou, mas um pouco decepcionado com a qualidade do nosso desempenho. Nós mostramos uma boa atitude no final, quando estávamos pressionando por um gol. É um dia frustrante para nós em geral, porque nós falamos sobre queremos ganhar este campeonato e estes são jogos em que temos que estar conquistando vitórias”.

Chelsea: Bradley Collins; Charlie Wakefield (Faiq Bolkiah), Ola Aina, Ali Suljic, Josh Grant; Ruben Sammut (George Brady), Mukhtar Ali, Kyle Scott; Isaac Christie-Davies (Miro Muheim), Tammy Abraham, Hubert Adamczyk

Gol: Suljic 90

West Brom: Matthew Hall, Joshua Ezewele, Jack Hallahan, Bradley Sweeney, Jack Fitzwater, Robbie McCourt, Chay Scrivens (George Cater), Philip Gannon (c), Andre Wright, Zachary Elbouzedi, Ben Miller (Kyle Edwards)

Gol: Ezewele 29

Chelsea goleia “canários” e mantém ponta do campeonato inglês

Chelsea supera Norwich por 5-0, sem dificuldades (Foto: Chelsea FC)
Chelsea supera Norwich por 5-0, sem dificuldades (Foto: Chelsea FC)

Jogando em casa, os Blues golearam o Norwich por 5-0 para garantir a liderança da liga nacional sub-18. Contudo, foram os visitantes que iniciaram o jogo de modo agressivo. Benny Ashley-Seal arrematou na trave e no rebote o goleiro Thompson foi mais rápido para agarrar a bola.

Durante os primeiros 20 minutos, os Blues foram melhorando gradualmente e o arqueiro do Norwich, Aston Oxborough, foi testado. O goleiro defendeu as tentativas de Adamczyk, Sammut, Ali e Grant. Contudo, aos 33 minutos, Adamczyk bateu rasteiro, sem chances para o goleiro do Norwich, abrindo o placar. Couzens teve a chance de igualar a partida de imediato, mas bateu fraco facilitando a intervenção tranquila de Thompson. Kyle Scott, que entrara em campo aos 36 minutos do primeiro tempo, finalizou a 25 metros de distancia e ampliou o marcador, definindo o placar do primeiro tempo em 2-0 para o Chelsea.

O Norwich buscou um jogo mais ofensivo na segunda etapa, entretanto, a equipe de Edwards estava bem postada e não deu chances ao adversário. Foi o Chelsea quem quase ampliou em finalização de Bolkiah para mais uma intervenção precisa de Oxborough. Aos 15 minutos, o Chelsea chegou ao terceiro gol. Muhein dominou a bola a 25 metros do gol e finalizou sem chances para Oxborough.

O goleiro Thompson também fez boa defesa em tentativa de Couzens, garantindo o “Clean Sheet”. Thammy Abraham entrou em campo, e não demorou muito para balançar as redes. O atacante levou a melhor na disputa física com a defesa e finalizou para dentro das redes. O mesmo Abraham deu números finais ao duelo após se posicionar bem para receber um passe e finalizar longe do alcance de Aston Oxborough. Abraham, artilheiro da competição, marcou assim o seu 23° gol na temporada.

Chelsea: Jared Thompson; Charlie Wakefield, Ali Suljic, George Brady, Josh Grant; Ruben Sammut (c), Mukhtar Ali, Isaac Christie-Davies (Kyle Scott); Miro Muheim (Fikayo Tomori), Faiq Bolkiah (Tammy Abraham), Hubert Adamczyk

Gols: Adamcyzk 33; Scott 43; Muheim 59; Abraham 76, 89

Norwich: Aston Oxborough, Louis Ramsay, Kofi Boateng (Emerson Sambu), Henry Pollock, Joe Crowe, Callum Ellesley, Harley Black (Louis McIntosh), Devante Aransibia, Benny Ashley-Seal, Todd Cantwell (c), George Couzens

Chelsea arrasa Swansea em casa e assegura vaga nas quartas de final da FA Youth Cup

Blues superam Swansea pela quinta fase da FA Youth Cup e garantem vaga entre as oito melhores equipes (Foto: Chelsea FC)
Blues superam Swansea pela quinta fase da FA Youth Cup e garantem vaga entre as oito melhores equipes (Foto: Chelsea FC)

A equipe sub-18 dos Blues teve uma atuação convincente frente os galeses do Swansea, jogando em Cobham, e asseguraram uma vaga nas quartas de final da competição. Logo de início, o Chelsea mostrou que iria requisitar a sua vaga entre as oito melhores equipes do torneio. Após cinco minutos iniciais com posse de bola quase que exclusiva do Chelsea, os Young Blues abriram o marcador aos 14 minutos com o artilheiro Abraham finalizando sem chances para o goleiro Thomas. Os goleiros dos dois clubes foram exigidos quando Thomas parou Colkett e Collins evitou que Daniel James igualasse o duelo. A equipe do Chelsea ampliou o placar nos acréscimos do segundo tempo quando Colkett passou a bola para Abraham que marcou seu segundo gol na partida.

Mal iniciou a segunda etapa e os Blues já ampliaram a vantagem. Abraham achou Solanke que não perdoou, marcando o seu gol na Youth Cup e o vigésimo terceiro na temporada. Poucos minutos depois Collins fez grande defesa em finalização de Adnan Maric, evitando que os “cisnes” diminuíssem o marcador. Minutos depois Abraham fez o quarto gol do Chelsea, selando o seu “hat-trick” na partida. O Chelsea ainda aumentaria o placar com gols de Kasey Palmer, que entrara durante o segundo tempo e Solanke, chutando rasteiro sem chances para Thomas, definindo o placar em 6-0.

Joe Edwards falou, após o jogo, sobre a sua satisfação com a classificação para as quartas-de-final, mas observou que ainda há melhorias necessárias para a equipe lutar pelo título.

“Começamos bem, mas eu acho que o começo confortável arrastou-nos para um pouco de uma falsa sensação de segurança. Eu senti que poderíamos estar fazendo muito mais. É uma curva de aprendizado para nós”.

Chelsea: Bradley Collins; Ola Aina, Fikayo Tomori (Ali Suljic), Jake Clarke-Salter, Jay Dasilva; Charlie Colkett (c), Charly Musonda; Tammy Abraham (Mukhtar Ali), Kyle Scott, Jeremie Boga (Kasey Palmer); Dominic Solanke.

Gols Abraham 14, 45+1, 73; Solanke 46, 88; Palmer 78

Swansea: Lewis Thomas, Aaron Lewis, Cai Owens, Adnan Maric, Keston Davies (c), Joe Rodon, Stephen Fallon (Jamie Latham), Dylan Thomas, Owain Jones, Kyle Kopp (Liam Cullen), Danie James.

Chelsea goleia Aston villa por 8-3 e dispara na liderança da tabela do campeonato inglês

A equipe sub-18 do Chelsea aumentou a sua liderança para oito pontos de vantagem com uma impressionante vitória neste sábado (31). O jovem atacante Ike Ugbo marcou um hat-trick, enquanto os meio-campistas Mukhtar Ali e Charlie Wakefield marcaram dois gols cada e Kyle Scott converteu uma penalidade para dar ao time de Joe Edwards mais uma grande vitória.

Haviam oito alterações em relação a equipe que venceu o Swansea City pela FA Youth Cup na partida anterior. George Brady sofreu uma lesão e com um a menos os Blues viram o Villa abrir o placar. No entanto, os Young Blues, que entraram no jogo como líderes do campeonato e haviam batido o Aston Villa por 12-1 no jogo em casa em outubro, reagiu rapidamente e marcou quatro gols em sequência. Ugbo empatou o depois Wakefield avançou pela direita e marcou o segundo. O capitão Scott converteu um pênalti após Ugbo ser derrubado na área marcando o terceiro. Os mesmos ainda marcariam uma vez cada e o Chelsea entrou no intervalo vencendo por 5-2.

Na segunda etapa, os Blues marcaram mais três gols, com Ugbo completando seu hat-trick e Ali arrematando de longa distância. A vitória dá ao Chelsea uma folga de oito pontos na liderança do campeonato, com quatro jogos restantes para o final do regional.

O treinador Edwards elogiou a capacidade de equipe de se adaptar a uma nova forma de jogar fora de casa.

“Nós mudamos a formação para um 3-4-2-1 que foi projetado para garantir que estaríamos sólidos na parte de trás e povoar o meio-campo. A parte interessante da partida foi como acertamos o contra-ataque e tivemos várias chances reais na frente do gol. Queríamos um bom desempenho hoje, mas também sabíamos que era importante obter alguns pontos contra uma equipe que estava atrás de nós, em segundo na liga. Por isso foi um bom dia para nós “.

Chelsea: Bradley Collins; Charlie Wakefield, Ali Suljic, George Brady (Trevoh Chalobah), Fikayo Tomori (Miro Muheim), Josh Grant; Ruben Sammut, Mukhtar Ali; Kyle Scott (c) (Hubert Adamczyk), Isaac Christie-Davies; Ike Ugbo

Blue Sub-18 do mês: Tammy Abraham

Tammy Abraham. Com boas atuações e muitos gols o jovem foi escolhido o jogador do mês da equipe sub-18 dos Blues (Foto: Chelsea FC)
Com boas atuações e muitos gols o jovem foi escolhido o jogador do mês da equipe sub-18 dos Blues (Foto: Chelsea FC)

Com atuações destacáveis e vários gols, principalmente na FA Youth Cup, Abraham foi o jovem destaque da equipe sub-18 dos Blues neste mês de Janeiro. Os dois gols marcados frente o Huddersfield e o hat-Trick contra o Swansea confirmaram a boa fase do jovem atleta do Chelsea. Além dos gols marcados, Abraham ainda auxiliou os Blues com importantes assistências. Suas qualidades residem a sua boa finalização, altura avantajada e boa mobilidade, que permite ao atleta atuar como referência ou em movimentação pelos lados do campo.

Compartilhe

Comments

Category: Sub-18

Tags: