Screenshot_13

A consolidação de Nathan Aké e o desenvolvimento de outros emprestados

Nascido em Gravenhage, na Holanda, Nathan Aké tem 21 anos e se juntou ao Chelsea vindo do Feyenoord no verão europeu de 2011. Titular na vitória do Watford do último final de semana contra o Arsenal no Emirates Stadium por 2 a 1 pela FA Cup, é um jogador versátil, um defensor que pode jogar tanto centralizado quanto na esquerda, mas também se sente confortável atuando no meio-campo, principalmente como volante.

Depois de uma grande primeira temporada atuando pelos jovens dos Blues, em que conquistou tanto a FA Cup quanto a Premier League sub-21, era ocasionalmente relacionado para as partidas do maior escalão, e foi promovido de vez ao time principal em janeiro de 2014 à pedidos de José Mourinho, muito por causa da saída de Ryan Bertrand.

Aké foi promessa da base do ADO Den Haag antes de ser do Feyenoord (Foto: Scott Heavey)
Aké foi promessa da base do ADO Den Haag antes de ser do Feyenoord (Foto: Scott Heavey)

Logo aos 17 anos, estreou pelo Chelsea numa partida contra o Norwich, no Carrow Road, como substituto de Juan Mata. Foram mais quatro participações e o prêmio de Jovem do Ano do clube. Ele fez seu primeiro jogo como titular em uma vitória por 2 a 1 sobre o Everton, em Stamford Bridge, e atuou no 6 a 0 contra o Maribor pela Champions League, sendo substituto de Cesc Fàbregas e dando uma assistência para Eden Hazard marcar o segundo gol.

Jovem e inexperiente, porém habilidoso, atraiu interesse de clubes. No dia 25 de março do ano passado, foi emprestado ao Reading por um único mês e arrancou grandes elogios do então técnico Steve Clarke, lenda do Chelsea. Fez cinco jogos – todas as partidas naquele mês -, mas não marcou nenhum gol.

Retornou ao Chelsea e assinou um novo contrato que o mantém vinculado ao clube até agosto de 2020. Logo após isso, foi emprestado ao recém-promovido Watford até o final da temporada e, desde então, já tem 22 jogos pela equipe local. Com uma nota média de 7.22, um índice de 3.4 desarmes, 3.3 interceptações e apenas uma falta por partida*, Aké vem se tornando uma grande esperança para o time dos Blues.

Ele mesmo acredita que pode se tornar parte do time principal. Em entrevista ao periódico britânico Telegraph, reconhece que é uma tarefa difícil, mas que se estiver em seu melhor nível, consegue um lugar:

“Claro que quero ser (jogador do Chelsea). Todos sabem que é difícil para jovens. Se você trabalhar duro e mostrar o que pode fazer – como estou fazendo no Watford –, a oportunidade aparecerá. Acredito nisso e estou tentando. É meu objetivo.”

* Dados do WhoScored

Muita ação por toda a Europa com os emprestados pelo Chelsea

Patrick Bamford fez sua primeira partida como titular pelo Norwich em um empate por 0 a 0 contra o Manchester City e quase fez sua aparição ser memorável quando acertou uma bola na trave antes de ser substituído ao minuto 67. Pela FA Cup, Michael Hector esteve no time do Reading que perdeu para o Crystal Palace.

Na Championship, John Swift jogou 76 minutos da derrota para o QPR, que é treinado pelo ex-Chelsea Jimmy Floyd Hasselbaink.

Pelo Campeonato Francês, Jérémie Boga teve impacto no time do Stade Rennais que empatou com o Lyon em 2 a 2. Ele entrou como substituto e esteve no lugar certo e na hora certa para empatar o placar.

Em terras holandesas, Lewis Baker quase fez um grande gol na derrota do Vitesse para o Feyenoord por 2 a 0. Enquanto isso, Marco van Ginkel continua a toda forma e foi parte do time que empatou com o Heerenveen, o primeiro tropeço desde que o meio-campista chegou ao time de Eindhoven.

Na Serie A, Juan Cuadrado ajudou a Juventus a continuar sua grande fase dando a assistência para o único gol marcado por Paulo Dybala na vitória contra o Sassuolo. Mohamed Salah esteve em forma também, dando passe para o gol de Edin Dzeko na vitória por 2 a 1 da Roma sobre a Udinese.

Pela Bundesliga, Andreas Christensen esteve impecável na vitória do Borussia Mönchengladbach sobre o Eintracht Frankfurt por 3 a 0, e o alemão Marko Marin fez o único gol, de falta, na vitória do Trabzonspor sobre o Merzin, pelo Campeonato Turco.

Por último, Christian Atsu esteve em campo nos minutos finais da vitória do Málaga sobre o Sporting Gijón.

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: