Italiano chega para colocar seu estilo em prática

A chegada do estilo italiano: o primeiro dia de Antonio Conte no Chelsea

Muita movimentação, um pouco de gritaria e gestos sem fim. Comportamentos tipicamente italianos marcaram o primeiro dia de Antonio Conte no centro de treinamento de Cobham, em Londres. Sem a divulgação de vídeos, pouco podemos inferir sobre os trabalhos iniciais, porém, imagens divulgadas pelo Chelsea, juntamente com relatos de presentes no treinamento comprovam que uma nova filosofia pode ser colocada em prática. Filosofia essa que pode ser ideal à recuperação de um time sem o brilho de outras temporadas.

Jornalistas do periódico Daily Mail, que acompanharam a primeira atividade, viram logo um exercício de campo reduzido com trabalhos de passes curtos e posse de bola. Como já conhecemos do futebol italiano, formações com três zagueiros fazem muito sucesso, e Conte pensa o mesmo. Assim foi construída sua vitoriosa passagem pela Juventus, mas não há garantias de que o sistema funcione da mesma maneira na Inglaterra. Palavras de Gianluca Zambrotta, seu ex-colega, reafirmam as ideias táticas italianas:

“Ainda não tive a oportunidade de conversar com ele sobre como irá jogar, mas tenho certeza de que irá experimentar algo novo”. – comentou o ex-lateral à Sky Sports.

Italiano chega para colocar seu estilo em prática
Italiano chega para colocar seu estilo em prática

Tais palavras apenas comprovam que a formação com três zagueiros deve chegar a Stamford Bridge. Nos últimos anos, Louis Van Gaal utilizou a formação pelo Manchester United, Maurico Pocchetino, no Tottenham e Jurgen Klopp, no Liverpool. Entretanto, nunca foram suas primeiras opções de jogo, e, além disso, nenhum campeão inglês se baseava no esquema de três zagueiros.

A preparação de Conte para o novo desafio é um fato, o sucesso com a Juventus e seleção italiana são grandes exemplos. Sua autoconfiança e exigência podem nos lembrar daquele português marrento, tão idolatrado em Londres mas que agora está do outro lado, e sua vontade de vencer só deve trazer bons frutos. Ainda podemos esperar que ele viabilize reforços defensivos – jogar com alas no atual plantel dos Blues é suicídio – e crie o entrosamento ideal nos homens do ataque. Seu jeito de trabalhar já deu certo no Chelsea, porém em outras mãos – o estilo italiano de Ancelotti e a mentalidade de Mourinho, agora é necessário reerguer esse time com uma nova ideia, que traga todo o grupo dentro de um projeto vitorioso.

Conte no Treinamento - 13/07/16

Compartilhe

Comments

Category: Chelsea Football Club

Tags: