A TEMPORADA – Parte 01

.
A temporada 2009/2010 para o Chelsea começou com a chegada do novo técnico: Carlo Ancelotti, vindo do Milan. Junto com ele as modestas contratações de Zhirkov, Turnbull, Matic e Sturridge. Em contrapartida, deixaram Stamford Bridge Shevchenko, Pizarro, entre outros.

JULHO

Já na metade do mês o Chelsea começou sua pré-temporada com partidas disputadas nos Estados Unidos. Vitória contra o Seattle Sounders por 2×0 e título do World Football Challenge 2009, onde os Blues derrotaram o Inter de Milão (2-0), o Milan (2-1) e o América do México (2-0).

AGOSTO

Dando continuidade à pré-temporada o Chelsea continuou disputando amistosos em agosto. Entre eles um empate com o Reading, da segunda divisão, por 2×2.

Na primeira partida oficial da época, o Chelsea enfrentou o Manchester United na disputa da Supercopa da Inglaterra (FA Community Shield). No tempo normal a partida terminou empatada. Nos pênaltis, deu Chelsea.

Ainda em agosto começou a disputa da Premier League. Vitórias contra Hull City, Sunderland, Fulham e Burnley fizeram com que o Chelsea terminasse o mês na liderança da competição.
.

SETEMBRO

Em setembro, mais três partidas válidas pelo Campeonato Inglês. Sucessos contra Tottenham e Liverpool, e o primeiro revés no comando de Ancelotti, 3×1 para o Wigan.

Na estréia da Copa da Liga Inglesa, vitória modesta por 1×0 em cima do QPR.

Também em setembro os Blues fizeram duas partidas pela Liga dos Campeões da Europa, vencendo ambas por 1×0, contra Porto e Apoel.
OUTUBRO

No mês de outubro o Chelsea marcou 20 gols e perdeu apenas uma partida das 6 disputadas. Ao término do mês a equipe estava classificada na Chamnpions League, na Copa da Liga Inglesa e ainda liderava a Premier League.

NOVEMBRO

O destaque de novembro ficou por conta das vitórias contra Manchester United e Arsenal. Este último, for de casa, por 3×0. Na Liga dos Campeões, venceu o Porto e empatou com o Atlético de Madri.
.

DEZEMBRO

Em dezembro as coisas desandaram para o Chelsea. Foram conquistados apenas 30% dos pontos disputados.

No início do mês, eliminação nos pênaltis da Copa da Liga Inglesa para o Blackburn e empate em casa com o fraco Apoel. Terminada a fase de grupos da Liga dos Campeões, o Chelsea figurava em 1º lugar de seu grupo, com 14 pontos.
O mês só não foi trágico graças as vitórias contra Portsmouth e Fulham, válidas pela Premier League, que deram ao Chelsea o direito de virar o ano líder.
.

Comentários

Category: Chelsea Brasil - ImprensaConteúdos Especiais

Tags:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.